Gana registra primeiros casos do letal vírus de Marburg

Dois casos da doença provocada pelo vírus de Marburg, uma febre hemorrágica quase tão letal quanto o ebola, foram registrados em Gana -os primeiros do país-, anunciaram, neste domingo (17), autoridades sanitárias ganesas.

Em 8 de julho, amostras de sangue de duas pessoas da região de Ashanti (sul) sugeriram a presença do vírus de Marburg. As amostras foram enviadas ao Instituto Pasteur de Dacar (IDP) para a confirmação do diagnóstico, informou o Serviço de Saúde de Gana (GHS).

“Os exames adicionais realizados no IDP do Senegal corroboraram os resultados”, declarou em nota publicada neste domingo Patrick Kuma-Aboagye, diretor-geral do GHS.

“Esta é a primeira vez que Gana confirma o vírus de Marburg”, acrescentou.

A doença do vírus de Marburg é transmitida aos seres humanos por morcegos frugívoros e se propaga pelo contágio direto com fluidos corporais de pessoas infectadas, superfícies e materiais, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).

A OMS anunciou o fim do primeiro surto do vírus de Marburg na África Ocidental em setembro de 2021, 42 dias depois de um único caso ter sido identificado na Guiné.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s