Em Serra, Teresa manda indireta: “Em terra de Maria Bonita, coronel não se cria”

O ato do pré-candidato a presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), em Serra Talhada, no Sertão, está sendo marcado por indiretas aos adversários. Ao lado da prefeita do município, Márcia Conrado (PT), a pré-candidata ao Senado, Teresa Leitão (PT), afirmou que “em terra de Maria Bonita, coronel não se cria”.

“Não teria Lampião sem Maria Bonita. Em terra de Maria Bonita, coronel não se cria”, afirmou Teresa Leitão.

No município, o grupo da gestora municipal acabou dividido nas eleições deste ano. De um lado, o ex-prefeito Luciano Duque decidiu apoiar a pré-candidatura de Marília Arraes ao Governo do Estado, enquanto do outro, Márcia seguiu com a Frente Popular.

A saída de Duque não foi bem digerida pelo PT. O partido teria considerado a debandada de Luciano como uma “traição”, já que o ex-prefeito era uma das maiores lideranças do PT e considerado uma das prioridades para a eleição de deputado estadual.

Além de Duque, uma outra importante liderança de Serra Talhada, o deputado federal Sebastião Oliveira (Avante), se tornou vice da pré-candidatura de Marília Arraes. Com os bastidores políticos da cidade fervilhando, não é estranho o tom mais elevado entoado pelas lideranças no município.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s