Após contas reprovadas por governo Bolsonaro, Regina Duarte terá que devolver R$ 319 mil da Lei Rouanet

A empresa da atriz Regina Duarte terá que devolver um alto valor ao Governo Federal. O recurso solicitado de volta foi captado em 2018 por meio da Lei Rouanet para a produção de uma peça teatral. A artista, que foi secretária especial do Ministério da Cultura de Bolsonaro entre março e maio de 2020, terá que destinar o recurso de volta para o Fundo Nacional de Cultura. O valor é de R$ 319,6 mil.

A verba faz parte de um montante inicial de R$ 321 mil, captados anteriormente para a produção do espetáculo “Coração Bazar”, produzido pelo grupo “A Vida é Sonho Produções Artísticas Ltda”, da qual a atriz é sócia. Esse recurso seria utilizado para a “montagem e apresentações do espetáculo teatral”, que tem autoria de Lenita Sá e adaptação dramatúrgica de Lauro César Muniz.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s