Papa Francisco pede desculpas por ações da Igreja contra a população indígena no Canadá

O Papa Francisco pediu desculpas nesta segunda-feira (25) por conta dos abusos feitos pela Igreja católica em diversas regiões do Canadá durante o século XIX e até meados dos anos 1970.

“Vim à sua terra para lhes contar pessoalmente a minha dor, implorar o perdão, a cura e a reconciliação de Deus, para expressar minha proximidade e rezar com vocês e por vocês”, disse o Papa Francisco.

Diversas crianças indígenas foram separadas de suas famílias e obrigadas a estudar nos locais determinados pela Igreja. Acredita-se que neste período mais de 150 mil crianças passaram por esses internatos, onde muitas foram vítimas de violência e cerca de 5 mil morreram.

Um dos anfitriões do evento, o chefe Randy Ermineskin da Nação Ermineskin Cree, esperou pelo papa em um estacionamento próximo e fez um balanço da importância histórica do dia.

“Meus familiares falecidos não estão mais aqui conosco, meus pais foram para a escola residencial, eu fui para a escola residencial”, disse ele à Associated Press, vestido com um tradicional cocar cree de penas. “Eu sei que eles estão comigo, eles estão ouvindo, eles estão assistindo.”

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s