Jornalista russa contrária à guerra na Ucrânia é considerada culpada

A jornalista de TV russa Marina Ovsyannikova foi considerada culpada nesta quinta-feira (28) por desacreditar as Forças Armadas do país em postagens nas redes sociais condenando as ações da Rússia na Ucrânia.

“As evidências confirmam a culpa de Ovsyannikova”. Não há razão para duvidar de sua autenticidade”, disse o juiz após uma curta audiência na qual Ovsyannikova descreveu o processo como “absurdo”.

Entenda o caso
Por volta das 21h30, no horário de Moscou, de segunda-feira (14), o principal noticiário da emissora estatal russa Channel One foi interrompido por uma mulher com um cartaz que pedia aos espectadores que “não acreditassem na propaganda” e “parassem a guerra” na Ucrânia.

“E não acreditam na propaganda, aqui eles contam mentiras. Russos contra a guerra”, continua os dizeres da faixa.

O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, comentou o caso em uma teleconferência nesta terça-feira: “no que diz respeito a essa senhora, isso é vandalismo”.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s