Visita de Pelosi a Taiwan é “clara provocação”, diz Rússia

A Rússia definiu a visita da presidente da Câmara dos Representantes, Nancy Pelosi, a Taiwan como uma “clara provocação” dos Estados Unidos contra a China. Em comunicado divulgado nesta terça-feira (2), o Ministério das Relações Exteriores da Rússia defendeu que o país tome as “medidas necessárias” para defender sua soberania.

“Vemos a visita [de Nancy Pelosi] como uma clara provocação no espírito da linha agressiva dos EUA de contenção abrangente da República Popular da China. Acreditamos que as relações entre os lados do Estreito de Taiwan são um assunto puramente interno da China. O lado chinês tem o direito de tomar as medidas necessárias para proteger sua soberania e integridade territorial na questão de Taiwan”, diz trecho da mensagem.

No comunicado, a Rússia reafirmou o reconhecimento do Governo da República Popular da China como o único governo do país e pediu que os EUA não se envolvam com a questão política na região.

“Pedimos a Washington para que se abstenha de ações que prejudiquem a estabilidade regional e a segurança internacional e reconheça a nova realidade geopolítica, na qual não há mais espaço para a hegemonia norte-americana”, diz trecho do comunicado.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s