Pernambuco registra 36 casos de superfungo Candida auris em dois hospitais públicos

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) confirmou, nesta segunda-feira (15), o total de 36 casos do superfungo Candida auris em unidades de saúde da rede pública estadual. Os primeiros registros reconhecidos oficialmente aconteceram em janeiro deste ano. Um homem de 67 anos e uma mulher de 70 anos, internados no Hospital da Restauração (HR), área central do Recife.

Agora, a SES-PE confirma 41 notificações, sendo 36 confirmados, 1 descartado, e 4 em investigação. Os casos foram registrados nos hospitais da Restauração (HR), no Recife, e Miguel Arraes, em Paulista, na Região Metropolitana. A levedura – tipo de fungo que possui apenas uma célula – é motivo de preocupação nas autoridades sanitárias por ser resistente à maioria dos fungicidas existentes e, em alguns casos, a todos. Isso levou a espécie a receber o apelido de superfungo.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s