Fachin atende a pedido do governo e autoriza campanha sobre prevenção da varíola dos macacos

O ministro Luiz Edson Fachin, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Edson Fachin, autorizou nesta terça-feira (16) o governo federal a veicular no rádio e na TV a campanha sobre prevenção da varíola dos macacos.

Ao tomar a decisão, Fachin atendeu a um pedido do Ministério das Comunicações. O governo chegou a pedir que a campanha não tivesse data para acabar, mas o ministro do TSE limitou a veiculação das peças a este mês.

Propagandas institucionais são proibidas a menos de 3 meses da eleição, e o primeiro turno deste ano está marcado para 2 de outubro.

Há, no entanto, exceções na lei, como o interesse público. E este foi o entendimento de Fachin ao liberar a campanha.

Pela decisão de Fachin, será permitida somente a identificação do Ministério da Saúde, órgão responsável pela campanha, sem que haja “qualquer publicidade institucional passível de configurar o uso abusivo da máquina pública para promoção do atual governo federal”, ocasionando, conforme o ministro “desequilíbrio na disputa eletiva”.

O presidente Jair Bolsonaro (PL) é candidato à reeleição.

Luiz Edson Fachin também determinou que o site a ser usado precisa ser exclusivo da campanha de prevenção da varíola dos macacos.

Portanto, pela decisão, o governo não poderá direcionar os usuários a links que levem a outros sites.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s