Sobe de 157 para 240 número de casos notificados de varíola dos macacos em PE; estado tem 19 confirmações

O número de casos notificados de varíola dos macacos (monkeypox) em Pernambuco subiu de 157 para 240. O novo boletim foi divulgado, nesta quinta (18), pela Secretaria Estadual de saúde (SES-PE). O informativo anterior saiu na segunda (15). Do total de registros, 207 estão em investigação.

Ainda segundo o boletim mais recente da SES-PE, o número de confirmações subiu de 15 para 19. Também houve alta na quantidade de casos descartados, saindo de dez para 14.

Os pacientes com casos confirmados moram nas seguintes cidades:

Recife (12)
Jaboatão dos Guararapes (3)
Bodocó (1)
Paulista (1)
Petrolina (1)
Surubim (1)

Todos eles são homens e estão em isolamento domiciliar. Nove têm entre 20 e 29 anos. Sete doentes estão na faixa etária entre 30 e 39 anos. Três têm entre 40 e 49 anos.

Segundo o governo, “em todos os casos confirmados, as equipes de vigilância conseguiram identificar vínculo epidemiológico entre os pacientes e pessoas que apresentaram histórico de viagem e/ou que se deslocaram para fora do estado, em locais que já confirmaram transmissão autóctone da doença”.

As pessoas com casos em investigação moram nas seguintes cidades:

Recife (36)
Olinda (27)
Jaboatão dos Guararapes (20)
Paulista (14)
Belo Jardim (10)
Limoeiro (9)
Cabo de Santo Agostinho (7)
Pesqueira (7)
Caruaru (6)
Abreu e Lima (5)
Carpina (4)
Vitória de Santo Antão (4)
Araripina (3)
Ferreiros (3)
Ipojuca (3)
Petrolina (3)
São José do Egito (3)
Bom Jardim (2)
Buíque (2)
Cabrobó (2)
Camaragibe (2)
Floresta (2)
Gameleira (2)
Garanhuns (2)
Igarassu (2)
São João (2)
Tabira (2)
Afogados da Ingazeira (1)
Alagoinha (1)
Araçoiaba (1)
Camocim de São Félix (1)
Goiana (1)
Itamaracá (1)
Inajá (1)
Ipubi (1)
Itaquitinga (1)
Jucati (1)
Lagoa do Carro (1)
Nazaré da Mata (1)
Passira (1)
Paudalho (1)
Pedra (1)
Pombos (1)
Rio Formoso (1)
Salgueiro (1)
Serra Talhada (1)
Tacaimbó (1)
Timbaúba (1)
Venturosa (1)
Vertentes (1)

Os casos notificados estão sendo acompanhados pelas equipes de vigilância epidemiológica municipais. Segundo o estado, são 120 homens e 87 mulheres nessa situação.

Ao todo, 47 pessoas têm entre 20 e 29 anos e 42 estão na faixa etária entre 10 e 19 anos. Há 35 pessoas na faixa entre 30 e 39 anos, 32 que têm entre 40 e 49 anos e 20 crianças de até 9 anos.

Por fim, estão nessa condição 18 pessoas entre 50 e 59 anos e 13 com 60 anos ou mais.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s