Polícia da Nicarágua detém bispo que faz críticas ao presidente Daniel Ortega

O bispo de Matagalpa, Rolando Álvarez, que faz críticas ao presidente da Nicarágua, Daniel Ortega, foi detido na madrugada desta sexta-feira (19). O governo do país e a Igreja Católica têm se enfrentado nas últimas semanas.

Os agentes invadiram a cúria da cidade, onde ele estava há duas semanas, e o transferiram para Manágua, a capital.

A polícia afirmou em um comunicado que o bispo está em uma residência em Manágua, mas não disse quem é o dono da casa. O comunicado também informa que o bispo Álvarez teve encontros com seus parentes e com o cardeal e arcebispo de Manágua, Leopoldo Brenes.

A polícia afirmou que ele foi transferido da cúria de Matagalpa para Manágua “com respeito e observância de seus direitos”.

No entanto, Vilma Núñez, presidente do Centro Nicaraguense de Direitos Humanos (Cenidh), afirmou que a intervenção policial na cúria ocorreu com violência.

A polícia especificou que tomou a decisão de tirar Álvarez da cúria de Matagalpa porque o bispo persistiu em suas atividades “desestabilizadoras e provocativas”.

Oito padres, seminaristas e um laico que estavam com Álvarez na cúria também foram levados para Manágua. Estão todos sob investigação.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s