Alerta para risco de desastre nuclear na Ucrânia gera temor internacional

Em meio a constantes bombardeios na região da usina de Zaporizhia e trocas de acusação entre Rússia e Ucrânia pela responsabilidade dos ataques, a comunidade internacional teme por um eventual desastre nuclear.

As tropas russas tomaram o controle do complexo nuclear em meados de março, mas a usina continuou sendo operada por técnicos ucranianos. Segundo informações cedidas à CNN por uma funcionária que não quis se identificar, cerca de 35% a 40% dos trabalhadores deixaram suas funções.

Na quinta-feira (18), o Ministério da Defesa russo revelou que considera fechar a usina, provocando um alerta da agência nuclear estatal ucraniana de que isso poderia resultar em uma catástrofe.

A “evolução negativa” da central pode fazer a Rússia ‘colocar a 5ª e 6ª centrais’ na ‘reserva fria’, o que levaria ao encerramento da central nuclear de Zaporizhia”, disse o ministério em comunicado, culpando a Ucrânia por bombardear o local.

As autoridades ucranianas negam que tenham tido responsabilidade e culpam os russos pelos ataques que danificaram o complexo. A Energoatom, empresa de energia nuclear estatal ucraniana, disse que a perspectiva de fechar a usina aproximaria “o cenário de um desastre de radiação”.

Isso porque um colapso no fornecimento de energia interromperia o resfriamento da água das barras de combustível da usina. Sem energia de rede, geradores a diesel de reserva entrariam em ação. Se eles falhassem, teríamos “uma situação mais séria”, disseram autoridades ocidentais.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s