Agência nuclear chega nesta segunda a usina ucraniana sob risco de acidente radioativo; Moscou acusa Kiev de novo ataque

Após meses tentando uma visita, o diretor geral da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) anunciou nesta segunda-feira (29) que está a caminho da central nuclear ucraniana de Zaporizhzhia, a maior usina da Europa e que está sob risco alto de um acidente radioativo sem precedentes.

“Chegou o dia, a missão da AIEA está a caminho de Zaporizhzhia. Devemos proteger a segurança da Ucrânia e da maior central da Europa”, escreveu Rafael Grossi, diretor da agência, no Twitter. Ele anunciou que a equipe chegará “no final desta semana”. Grossi solicitou por vários meses uma visita da AIEA à central e alertou para o “risco real de uma catástrofe nuclear” por conta de bombardeios à usina. Moscou e Kiev se acusam mutuamente de atacar a usina, atualmente sob domínio dos russos.

Na semana passada, durante negociações após apelos da comunidade internacional, os governos dos dois países concordaram com a inspeção da agência nuclear.

Também nesta segunda-feira (29), o Kremlin acusou a Ucrânia de tentar um novo ataque à usina e disse ter derrubado um drone das Forças Aéreas ucranianas que tentava um novo bombardeio.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s