Ucrânia anuncia contraofensiva no sul do país, dominado pela Rússia, e já dispara foguetes contra cidade

O governo da Ucrânia anunciou nesta segunda-feira (29) que deu início a uma contraofensiva para recuperar o controle de cidades e povoados no sul do país, a região que a Rússia conquistou de forma mais veloz e agressiva desde o início da invasão ao país vizinho, em 24 de fevereiro.

O objetivo da missão é recuperar principalmente pontos estratégicos do território ucraniano no sul dominado pelos russos, como as cidades de Mariupol e Kherson.

Nesta segunda mesmo, forças ucranianas lançaram foguetes na cidade de Nova Kakhovka, que está ocupada pelos russos, deixando-a sem água ou energia, disse a autoridade local (um aliado dos russos) à agência de notícias RIA. A cidade fica a leste de Kherson.

“Hoje iniciamos ações de ofensiva em várias direções, incluindo na região de Kherson”, anunciou a porta-voz do Comando Militar do Sul da Ucrânia.

Segundo o Comando Militar do Sul, mais de dez depósitos de munição da Rússia em cidades no sul da Ucrânia já foram destruídos, o que “enfraqueceu definitivamente o inimigo”. O resto da operação segue em sigilo.

A Ucrânia tem falado sobre a contraofensiva há cerca de dois meses, desde que a guerra no país entrou em uma nova fase, na qual, segundo especialistas a Rússia começou a diminuir o ritmo dos ataques e se preparar para uma guerra de longa duração, focando em estabelecer seu poder em cidades e regiões já conquistadas.

Já Kiev, abastecida com armas e artilharia enviadas constantemente por países europeus e os Estados Unidos, começou a avançar no plano de reconquistar seus territórios.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s