‘Lamento’, diz Bolsonaro sobre atentado contra Cristina Kirchner

O presidente Jair Bolsonaro disse no início da tarde desta sexta-feira (2) que lamenta a tentativa de assassinato da vice-presidente da Argentina, Cristina Kirchner.

O atentado ocorreu na noite de quinta (1º) quando Cristina chegava na casa dela, em Buenos Aires. Enquanto ela saudava apoiadores, um homem, identificado como Fernando Andrés Sabag Montiel, um brasileiro de 35 anos, apontou uma arma para a vice-presidente.

A arma falhou e Montiel acabou detido.

“Eu já mandei uma notinha. Eu lamento. Agora, quando eu levei a facada, teve gente que vibrou por aí. Lamento, já tem gente que quer botar na minha conta já esse problema. E o agressor ali, ainda bem que não sabia mexer com arma. Se soubesse, teria sucesso no intento”, disse Bolsonaro ao repórter da Rádio Gaúcha Eduardo Matos durante evento de campanha no Rio Grande do Sul.

Essa foi a primeira manifestação de Bolsonaro ou do governo brasileiro sobre o atentado, que ocorreu na noite de quinta. Políticos e autoridades, do Brasil e do exterior, já haviam manifestado repúdio à tentativa de assassinato de Cristina.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s