Mulher descobre tumor de 46 kg ao ir para o hospital tratar falta de ar

Uma mulher de 45 anos foi surpreendida quando, ao procurar atendimento médico por apresentar um quadro de falta de ar, descobriu um tumor de 46 kg. A paciente, que teve a identidade preservada, não fazia ideia da patologia e achava ter apenas ganhado peso nos últimos anos.

O caso aconteceu em Itaperuna, no Rio de Janeiro. Responsável pela cirurgia de emergência, o cirurgião geral do Hospital São José do Avaí, Glaucio Boechat, afirmou à Folha de Pernambuco que, em 22 anos de carreira, foi a primeira vez que operou um tumor tão grande.

“Foi o maior tumor que já vi! Não apenas que operei! Foi um grande desafio que envolveu várias equipes”, contou.

Segundo o profissional de saúde, a paciente deu entrada no hospital na última segunda-feira (29), com falta de ar e anemia. Ela teria sido levada para o Centro de Tratamento Intensivo (CTI) e, apenas após ser estabilizada, teve condições de realizar uma tomografia que identificou o tumor no abdome.

Durante o procedimento, que durou cerca de duas horas, foi necessária a presença de 10 profissionais de saúde, entre eles o cirurgião, três anestesistas, dois residentes de cirurgia e quatro auxiliares de enfermagem.

“Devido à gravidade do quadro e a falta de ar cada vez maior, optamos pela cirurgia. A operação era de altíssimo risco devido ao tamanho do tumor e das condições da paciente […] Não tivemos muita preparação, pois a cirurgia foi de urgência. Foi só o tempo dos médicos do CTI compensarem ela um pouco e logo operamos”, explicou Boechat.

Mulher não desconfiava de tumor

Ainda segundo o cirurgião, a paciente, que tem 1,45m de altura e pesava em torno de 150 kg, não desconfiava estar com o tumor. Nos últimos cinco anos, a mulher acreditava estar apenas ganhando peso, por isso, só procurou o atendimento de saúde quando passou a sentir dificuldade para respirar.

Segundo o médico Glaucio Boechat, a cirurgia foi um sucesso. A paciente está evoluindo bem e, apesar de ainda estar no CTI, já respira sem aparelhos e segue conversando e se alimentando normalmente.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s