A misteriosa queda de um avião no mar Báltico

Um jato privado Cessna caiu no domingo (4) em circunstâncias misteriosas no mar Báltico, na região da costa da Letônia. Destroços e combustível foram encontrados no local.

A trajetória da aeronave, que teria quatro pessoas a bordo, começou no sul da Espanha com destino à cidade alemã de Colônia. Mas durante o percurso ela mudou a rota em direção ao mar Báltico e, por isso, passou a ser seguida por aviões da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), aliança militar capitaneada pelos Estados Unidos.

Segundo pilotos da Otan e autoridades da Suécia, durante a aproximação não foi possível avistar ninguém na cabine de comando da aeronave privada.

“Controladores de tráfego aéreo não conseguiram se comunicar com a tripulação da aeronave”, afirmou a Autoridade de Aviação Civil da Letônia, em comunicado sobre o incidente. Segundo o órgão, o Cessna 551 tinha registro da Áustria, mas o dono da aeronave estava na Espanha.

De acordo com o site FlightRadar24, que monitora dados de voos ao redor do mundo, o avião decolou da cidade espanhola de Jerez de la Frontera às 8h56 (horário de Brasília) e quase cinco horas depois começou a perder velocidade e altitude.

O jornal alemão Bild afirma que a tripulação da aeronave reportou problemas de pressurização logo depois da decolagem. Mas o contato por rádio se perdeu logo depois de a aeronave deixar o espaço aéreo espanhol.

Além dos jatos de países da Otan que seguiram a aeronave, equipes de resgate de Letônia, Suécia e Lituânia também foram mobilizadas em direção ao local da queda, próximo à cidade de Ventspils (Letônia).

Lars Antonsson, líder das equipes de resgate da Suécia, afirmou à agência de notícias AFP que a aeronave caiu quando ficou sem combustível e que nenhum vestígio humano foi localizado até agora. “As chances de se localizar sobreviventes são mínimas.”

Antonsson disse também não ter “qualquer explicação” sobre o incidente, e que “só resta especular”, mas “as pessoas a bordo estariam claramente incapacitadas nessas condições (de perda de pressão)”.

Não há informações oficiais sobre quem estaria a bordo da aeronave, mas a imprensa alemã relatou que os quatro ocupantes eram o piloto e uma família (um pai, uma mãe e a filha deles) ainda não identificados.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s