Em e-mail às universidades, MEC diz que errou e ofertou bolsas duplicadas do Prouni na 2ª chamada

O Ministério da Educação (MEC) afirmou nesta quinta-feira (8), em e-mail aos coordenadores de instituições de ensino, que errou e ofertou bolsas duplicadas na 2ª chamada do Programa Universidade Para Todos (Prouni).

Na mensagem à qual o g1 teve acesso, a pasta diz que as inconsistências detectadas serão corrigidas “com a exclusão das bolsas equivocadamente geradas pelo sistema”. Informa também que todas as operações realizadas no SisProuni desde 4 de setembro deverão ser refeitas pelas universidades.

Até a última atualização desta reportagem, o MEC não havia respondido se alguns dos alunos pré-selecionados na lista divulgada em 1º de setembro perderão suas vagas no Prouni.

Histórico de problemas

Por meio das notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), o Prouni oferta bolsas de estudo parciais e integrais em instituições de ensino privadas.

São duas edições por ano. A do 2º semestre de 2022 vem sendo marcada por uma série de problemas:

SUMIÇO DE VAGAS: Em 3 de agosto, candidatos relataram que vagas ofertadas no sistema durante as inscrição “sumiram” e que a classificação parcial não estava aparecendo no site.

ATRASO NOS DADOS: Em 12 de agosto, universidades e entidades do ensino superior acusaram o MEC de atrasar a divulgação de dados do Prouni e comprometer o processo de matrícula dos alunos.

INSTABILIDADE NO SISTEMA: Em 29 de agosto, data em que a 2ª chamada deveria ter sido divulgada, o sistema ficou instável e impediu que os alunos visualizassem os resultados. No dia seguinte, o MEC adiou os prazos do processo seletivo.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s