Morre mulher que retirou tumor de 46 kg em cirurgia de emergência no Rio de Janeiro

A mulher de 45 anos que passou por uma cirurgia de emergência para a retirada de um tumor de 46 kg, em Itaperuna, no Rio de Janeiro, morreu na tarde de domingo (11). De acordo com o médico cirurgião que realizou a cirurgia, Glaucio Boechat, a paciente vinha apresentando sinais de melhora. Contudo, onze dias após o procedimento, ela sofreu uma parada parada cardiorrespiratória e não resistiu.

Segundo o médico, a alta do CTI estava programada para esta segunda (12), mas a paciente não resistiu.

No dia 31 de agosto, a paciente procurou a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade por conta de falta de ar e dores no abdômen. Ela foi transferida para o hospital, e a equipe médica decidiu fazer a internação e o procedimento cirúrgico.

A mulher era natural da cidade de Volta Grande, em Minas Gerais, mas já morava em Itaperuna há aproximadamente 10 anos. Na época, a família da paciente relatou à equipe médica, que ela já estava com esse tumor há 5 anos. Por conta do tumor, a mulher estava pesando 150 kg.

O material retirado foi encaminhado para uma biópsia para ser analisado. Boechat explicou que como não acompanhou o histórico da paciente desde o início, não conseguia confirmar a origem do tumor, mas acreditava ter iniciado no útero.

Em seu perfil no Instagram, o médico destacou que os pacientes nunca devem negligenciar qualquer sintoma. “Ao primeiro sinal, procurar auxílio médico, visando um diagnóstico precoce, possibilitando ao profissional buscar intervenções enquanto há controle no processo evolutivo da doença”, escreveu.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s