‘Barbaridade’, ‘ação terrorista’, ‘desrespeito’… Presidenciáveis repudiam ofensa de bolsonarista a Vera Magalhães

Candidatos à Presidência da República utilizaram as redes sociais nesta quarta-feira (14) para repudiar a ofensa e a intimidação feitas pelo deputado estadual Douglas Garcia (Republicanos-SP) à jornalista Vera Magalhães, após o debate da TV Cultura desta terça-feira (13).

Com o celular em punho, Garcia se aproximou de Vera e disse que ela é “uma vergonha para o jornalismo”.

A frase é a mesma usada pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) contra a jornalista durante o debate da Band entre candidatos à Presidência.

Postulantes ao Palácio do Planalto classificaram como “barbaridade”, “ação terrorista” e “desrespeito” a conduta do parlamentar. Candidato do PL à reeleição, Jair Bolsonaro ainda não comentou o assunto nas redes sociais.

Garcia, que é candidato a deputado federal, estava na comitiva do ex-ministro e candidato ao governo de São Paulo Tarcísio de Freitas (Republicanos). Nas redes sociais, Tarcísio alegou que não viu o ocorrido e criticou a postura do correligionário, sem citar o nome dele.

Em nota conjunta, o jornal “O Globo” e a Rádio CBN, veículos para os quais Vera Magalhães trabalha, classificaram como “inaceitável” o ataque feito por Douglas Garcia. As empresas também afirmaram que o deputado estadual promoveu um “atentado” à imprensa livre; e que o episódio prova que a conduta de Bolsonaro no debate da Band “gera agressões subsequentes”.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s