Putin diz para chefe de agência nuclear que situação da usina de Zaporizhzhia é “preocupante”

O presidente russo, Vladimir Putin, disse ao chefe da agência de vigilância nuclear das Organização das Nações Unidas (ONU) nesta terça-feira (11) que a situação na usina nuclear de Zaporizhzhia, na Ucrânia, é “preocupante”, acrescentando que Moscou está “aberta” ao diálogo.

Antes de sua reunião com Rafael Grossi, diretor geral da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), em São Petersburgo, Putin disse:

Vemos que hoje há elementos de uma politização excessivamente perigosa de tudo relacionado à atividade nuclear. Esperamos muito que, graças aos seus esforços, possamos reduzir toda a retórica e normalizar essa área de nossa cooperação, apesar de todas as turbulências e processos complexos que estão ocorrendo no cenário mundial

Putin acrescentou que está “feliz” por discutir “todos os assuntos que são de interesse mútuo para nós e podem até causar preocupação a alguém. Bem, para nós também. Por exemplo, no que diz respeito à situação em torno da central nuclear de Zaporizhzhia. De qualquer forma, estamos abertos a esse diálogo e estamos felizes em vê-lo.”

Grossi disse que a discussão de hoje é “muito importante e indispensável”, já que “temos questões que têm a ver com segurança nuclear, segurança nuclear em particular na usina nuclear de Zaporizhzhia”.

“Como você sabe, venho demonstrando esforços para tentar evitar um acidente nuclear que pode ser muito prejudicial em termos gerais e em particular na região”, disse Grossi a Putin.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s