“Bolsonaro em Aparecida comportou-se como Agente de Satanás”, diz bispo

Bispo emérito residente da Diocese de Luz, dom Mauro Morelli afirmou nas redes sociais que Jair “Bolsonaro (PL) em Aparecida comportou-se como Agente de Satanás”, criticando o uso eleitoreiro do presidente e as agressões e balbúrdia promovida por apoiadores no Santuário de Aparecida nesta quarta-feira, 12 de outubro, durante as celebrações do Dia de Nossa Senhora Aparecida.

“Bolsonaro em Aparecida comportou-se como Agente de Satanás. Desrespeitou a Mãe de Jesus e seus outros filhos e filhas, peregrinos famintos de vida com dignidade e esperança. Com seus endiabrados seguidores deveriam ser presos em flagrante como arruaceiros. São Miguel, cuidado”, tuitou o bispo referindo-se ao arcanjo da justiça na crença católica, que é também considerado o chefe supremo do exército celestial contra as forças das trevas.

Aos 87 anos, dom Mauro reside em São Roque de Minas, na Serra da Canastra, onde quer um centro inter-religioso de discussão sobre o meio ambiente e uma área dedicada à agricultura familiar.

O religioso é um grande expoente na luta contra fome e a desnutrição materno-infantil no Brasil, tendo sido responsável por projeto como o Fome Zero e da Ação da Cidadania contra a Fome junto com Hebert de Souza, o Betinho. Dom Mauro foi membro do Comitê Permanente de Nutrição da ONU. Sua renúncia ao Governo Diocesano foi aceita em 30 de março de 2005, pelo Papa São João Paulo II, tornando-se bispo emérito.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s