Alvo de insinuação homofóbica, Leite diz ‘não ao preconceito’

O ex-governador Eduardo Leite (PSDB) se manifestou na tarde desta quinta-feira (13) após insinuação feita durante a propaganda política do seu oponente ao governo do Rio Grande do Sul, Onyx Lorenzoni (PL). Leite escreveu “Não ao preconceito! O amor, o respeito e a tolerância falam mais alto” em sua conta no Twitter.

Em sua primeira propaganda eleitoral no segundo turno, veiculada em rádio nesta quinta (13), Onyx disse que, caso vença a eleição, o estado terá “uma primeira-dama de verdade”. Sem mencionar o episódio, Leite seguiu a mensagem citando demonstrações contra a homofobia:

“Nesses tempos tão difíceis, onde tentam a todo custo nos separar uns dos outros, é motivador ver a sociedade e a opinião pública majoritariamente unidas para condenar demonstrações de homofobia”, afirmou ainda o candidato.

Na propaganda, o candidato do PL diz ter certeza de que “os gaúchos e as gaúchas entenderam que vão ter, se for da vontade deles, do povo gaúcho, um governador e uma primeira-dama de verdade, que são pessoas comuns e que tem uma missão de servir e transformar a vida dos gaúchos para melhor.”

No RS, o início da propaganda eleitoral foi adiado a pedido das duas campanhas. Onyx Lorenzoni é casado com a personal trainer Denise Veberling Lorenzoni, que foi assessora parlamentar do senador Davi Alcolumbre (União Brasil) até 2021.

Em julho de 2021, em entrevista ao programa Conversa com Bial, Eduardo Leite declarou publicamente, pela primeira vez, que é gay. O candidato tucano ao governo do RS namora o médico Thalis Bolzan.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s