Após ataques de bolsonaristas, Padre Zezinho desabafa e deixa as redes sociais

Após a celebração de Nossa Senhora da Aparecida, que ocorreu na última quarta-feira (12), Padre Zezinho, da Congregação do Sagrado Coração de Jesus, fez um anúncio importante.

O padre denunciou ataques de apoiadores do atual presidente Jair Bolsonaro (PL). Em post no Facebook, ele diz estar cansado de dar espaço para os fiéis “super politizados, irados e insatisfeitos”.

Padre Zezinho se afasta das redes sociais
O padre anunciou, também, que ficará sem se manifestar nas redes sociais até o dia seguinte ao segundo turno das eleições para presidente, que será disputado por Bolsonaro e Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

“Depois das ofensas de hoje contra os papas, contra os bispos, contra mim, com calúnias e palavras de baixo calão, estou fechando esta página até dia 31 de outubro”, escreveu.

Ele ainda diz que o triste é “que as ofensas são todas de católicos radicais que preferiram o seu partido político ao catecismo católico”.

Para o padre, eles “acharam candidatos mais católicos do que papas e bispos, cujos documentos nunca leram. A bíblia nada lhes diz. Só conhecem as passagens políticas que ajudam o seu partido. Padre bom é o que vota como eles”.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s