Delegado diz que são Fake News rumores sobre caso Claudinha

Segundo divulgado no blog de Nill Júnior, o Delegado de Afogados da Ingazeira, Lucas Carvalho, informou ao comunicador Júnior Cavalcanti, para o programa Manhã Total, da Rádio Pajeú, que não passam de “boatos maldosos” informações que circulam em redes sociais apontando suposta investigação paralela no caso da morte de Cláudia Nunes Lima, a Claudinha, ocorrida no domingo, dia 9.

A morte chocou a cidade de Afogados da Ingazeira. Ela era esposa de Valcélio, o Val, professor de Educação Física e responsável pela Escolinha de Futebol Atletas do Amanhã. Até o marido, enlutado pela morte da esposa, foi envolvido em notícias falsas e insinuações.

Fake News apontando uma suposta autoria de crime e não suicídio estão circulando nas redes sociais. “Não há nem remotamente essa possibilidade. São boatos maldosos. Todos os elementos apontam para suicídio”, disse o Delegado.

Claudinha dava aula de reforço em sua residência, no bairro Costa. Ela foi encontrada morta pelo esposo, depois que este retornou da igreja. Val e Claudinha tinham um bebê de dois meses, mais dois filhos maiores. Eles congregavam na Igreja Presbiteriana. Os indícios são de suicídio motivado por depressão pós-parto.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s