Putin declara lei marcial em quatro cidades da Ucrânia

O presidente russo, Vladimir Putin, disse nesta quarta-feira (19) que vai introduzir a lei marcial nas quatro regiões da Ucrânia anexadas em setembro – Kherson, Zaporizhzhia, Donetsk e Luhansk.

Em um decreto publicado também nesta quarta, Putin restringiu o movimento de entrada e saída de civis de oito regiões russas e anexadas por Moscou: Krasnodar, Belgorod, Bryansk, Voronezh, Kursk e Rostov, todas próximas à Ucrânia, e os territórios da Crimeia e Sebastopol, que a Rússia anexou ilegalmente em 2014.

As medidas, com quase oito meses de guerra, marcaram a mais recente escalada de Putin para combater uma série de grandes derrotas nas mãos das forças ucranianas desde o início de setembro.

Em declarações televisionadas a membros de seu Conselho de Segurança, Putin também instruiu o governo a estabelecer um conselho de coordenação especial sob o comando do primeiro-ministro, Mikhail Mishustin.

A implementação da lei marcial chegaram no mesmo dia em que funcionários russos instalados em Kherson, uma das quatro regiões ocupadas, começaram a expulsar civis da cidade com a alegação de um ataque ucraniano iminente.

Putin disse que as medidas que ele estava ordenando aumentariam a estabilidade da economia, indústria e produção em apoio ao que a Rússia chama de operação militar especial.

“Estamos trabalhando para resolver tarefas muito complexas e de grande escala para garantir um futuro confiável para a Rússia, o futuro de nosso povo”, disse ele.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s