Bolsonaro diz que ‘não se justifica passar fome’ porque população pode requerer Auxílio Brasil

O presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou durante entrevista nesta quinta-feira (20) ao podcast Inteligência Ltda que “não se justifica passar fome” porque a população carente pode requerer o Auxílio Brasil.

“Então, tem gente que passa fome, passa. Mas não se justifica passar fome porque você pode requerer [Auxílio Brasil]. E, com R$ 20 por dia, eu sei que não é muita coisa, mas dá pra você comprar por exemplo 2 quilos de frango no supermercado”, apontou o candidato à reeleição.

A participação do presidente no canal atingiu a maior audiência simultânea de um podcast, no YouTube. Às 21h04, 1.728.691 espectadores acompanhavam a transmissão.

Até então, o recorde era do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) que acumulou a marca de 1,1 milhão de acessos simultâneos durante entrevista ao Flow Podcast.

Fome
Para receber o Auxílio Brasil, é necessário que o beneficiário atualize o Cadastro Único, usado pelo governo federal para saber quais são as famílias de baixa renda que podem ter acesso ao programa social.

No entanto, os beneficiários estão enfrentando filas para cumprir essa exigência. Por esse motivo, o prazo para a atualização foi prorrogado por 30 dias.

Bolsonaro já havia negado a escalada da fome em outras entrevistas. Ao participar em agosto do programa Pânico, da Jovem Pan, o presidente disse que no Brasil, não se vê gente “pedindo pão” na porta de padaria.

Ele comentava uma declaração da senadora Simone Tebet (MDB-MS), que citou que 33 milhões de pessoas passam fome no país.

Um levantamento da Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional, divulgado em junho, apontou que o Brasil soma cerca de 33,1 milhões de pessoas sem ter o que comer diariamente.

Uma outra pesquisa, elaborada pela Fundação Getúlio Vargas, também de junho deste ano, mostrou que quase um terço dos brasileiros tem menos de meio salário mínimo para passar o mês.

Segundo a fundação, o contingente de pessoas com renda domiciliar per capita até R$ 497 mensais atingiu 62,9 milhões de brasileiros em 2021, cerca de 29,6% da população total do país. O dado corresponde a 9,6 milhões a mais que 2019.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s