Análise: Como foi o último debate presidencial

Os estilos dos candidatos estão consolidados. Cada um com sua personalidade e falando para sua bolha.

Diferente do debate da band, Lula foi mais preparado para o debate. Bolsonaro carimbou Lula com alguns adjetivos: “mentiroso”, “bandido” e tantos outros.

Outro favor interessante é que a alta agressividade cansou os candidatos. No resumo da ópera eles bateram onde doía.

Esse debate muda a rota até domingo? Em linhas gerais, não. Não há mudança alguma no cenário.

Bolsonaro usou o tom agressivo. Lula partiu para o lado mais emocional. Bolsonaro tentou provocar, mas Lula não caiu.

O presidente precisava golear para tirar algum proveito eleitoral do debate. Não só não goleou, como perdeu. Pode não ter sido goleado, mas perdeu.

O bolsonarista reforçou a pauta de costumes. O petista falou mais aos pobres.

Analiso que, com esse debate não foi possível angariar o voto dos indecisos. Ninguém furou a bolha.

O resultado eu conto no domingo na ‘Marcha de Apuração do blog’.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s