Ministério Público do Trabalho registra 238 denúncias de assédio eleitoral no fim de semana do segundo turno

O Ministério Público do Trabalho (MPT) recebeu 238 denúncias de assédio eleitoral somente neste fim de semana do segundo turno. O número foi compilado pela instituição entre as 18h da última sexta-feira (28) e 11h deste domingo (30).

Em todo o segundo turno, já são 2.481 queixas. As denúncias representam um crescimento de quase 11% em comparação ao último boletim divulgado pelo MPT na sexta-feira, quando 2.243 denúncias haviam sido contabilizadas.

Entre as regiões do país, o Sudeste tem o maior número de queixas no segundo turno, com 979 registros. O Sul (735) e o Nordeste (432) aparecem na sequência. As regiões com os menores números de denúncias são o Norte (129) e o Centro-Oeste (206).

Ainda segundo os números do MPT, Minas Gerais lidera o ranking de estados com o maior número de denúncias registradas: 571. Em seguida, estão o Paraná (282), São Paulo (260) e Rio Grande do Sul (231).

Até o momento, 1.895 empresas foram denunciadas. As denúncias são apresentadas pelos trabalhadores.

Durante o período eleitoral inteiro das eleições de 2018, apenas 212 queixas foram apresentadas ao Ministério Público do Trabalho contra 98 empresas.

O assédio eleitoral é uma prática criminosa adotada por empresas para tentar influenciar o voto de empregados por meio de ameaças, coação e promessas de benefícios.

Segundo o MPT, os empregadores podem ser punidos pela Justiça Eleitoral e pela Justiça do Trabalho. Em alguns casos, a punição pode chegar a quatro anos de prisão e multa.

A instituição está em plantão desde sábado (29) para orientar e receber denúncias de empregados.

As denúncias de assédio eleitoral podem ser registradas no site do MPT ou pelo aplicativo de denúncias de ilícitos eleitorais do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o “Pardal”, disponível para Android e iOS. A denúncia pode ser sigilosa.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s