Caminhoneiros fecham rodovias contra resultado das urnas após derrota de Bolsonaro

Grupos de caminhoneiros bolsonaristas começaram a fechar rodovias em ao menos 12 estados contra a vitória de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) sobre Jair Bolsonaro (PL) para a Presidência da República. Os bloqueios se iniciaram horas após o anúncio da vitória do petista, que foi oficializada às 19h57 deste domingo (30).

Até por volta de 10h20 desta segunda-feira (31), havia 52 protestos nos seguintes estados: Bahia, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraná, Rio de Janeiro, Rondônia, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo.

Nesta manhã, a maior parte dos bloqueios era total, sem que qualquer veículo fosse liberado para passar nas vias tomadas pelos caminhoneiros. No entanto, houve locais onde veículos como ambulância ou carros de passeio eram autorizados pelos caminhoneiros a seguir viagem.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) tem afirmado estar negociando com os caminhoneiros, mas não tem adotado medidas para desbloquear as rodovias. De acordo com a corporação, ao todo são 70 pontos de bloqueio. A PRF, no entanto, não informou onde cada trecho fica. De acordo com a PRF, o Distrito Federal também teve bloqueios, mas o g1 apurou que eles se concentram em cidades goianas do Entorno do DF.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s