Bloqueio de bolsonaristas em rodovia de SC impede passagem de grávida em trabalho de parto

Uma mulher em trabalho de parto não conseguiu passar por um bloqueio na BR-101, em Balneário Camboriú, no Litoral Norte, na terça-feira (1º).

Ao tentar chegar no Hospital Ruth Cardoso após a bolsa estourar, a moradora de Porto Belo, na mesma região, precisou acionar uma ambulância para negociar a passagem e ser conduzida. Mesmo liberados, as barricadas forçaram desvio de rota e atraso no atendimento.

O casal ficou preso ao bloqueio na região do Morro do Boi. No local, um grupo insatisfeito com o resultado das eleições fechou a rodovia. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionado pelo companheiro da mulher.

“Por sorte não era nada mais grave, ela não tinha contrações. Ainda bem que não era uma criança engasgada, um infarto ou alguma outra situação onde os minutos fazem muita diferença”, disse um servidor do Samu que preferiu não ser identificado.

Os bloqueios já resultaram no comprometimento de distribuição de vacinas, falta de combustível em postos e suspensão de viagens de ônibus em diversas cidades. Paciente que precisam de hemodiálise também não conseguiram atendimento.

Os bloqueios ilegais também impedem que jovem com doença rara receba nutrição que a mantém viva.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s