Esbarrão derruba retrato de Temer no dia de reunião de transição no Planalto

No mesmo dia em que coordenadores da equipe de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) foram ao Planalto, nesta quinta-feira (3), para tratar da transição de governo, o quadro oficial do ex-presidente Michel Temer (MDB), desafeto dos petistas, foi derrubado sem querer por um integrante da imprensa e quebrou.

Integrantes do PT acusam Temer de ter ajudado na articulação para o impeachment de Dilma Rousseff (PT). Ele assumiu o governo após o impedimento da petista.

Pouco antes da chegada da equipe de Lula, algumas pessoas ficaram amontoadas perto do local onde haveria uma entrevista a jornalistas. Atrás há uma galeria com os quadros de todos os presidentes da República, uma sequência de fotos preto e branco dos ex-ocupantes do cargo. A foto de Jair Bolsonaro, o presidente em exercício, é colorida.

Nesse momento, algum profissional de imprensa esbarrou de forma não intencional no quadro de Temer, que caiu e teve seu vidro quebrado. O quadro depois foi recolocado, mas ainda com uma rachadura.

A equipe do governo eleito realizou na tarde desta quinta-feira (3) a primeira reunião com integrantes da gestão Bolsonaro, para dar início às atividades de transição.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s