Lula diz a ministros do STF que vai ser criterioso com suas duas indicações à corte

Blog da Andreia Sadi

O presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disse na quarta (9), em conversa com ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), que será criterioso ao escolher seus dois nomes para a corte. Lula terá direito a duas indicações após as aposentadorias de Ricardo Lewandowski e Rosa Weber.

Na avaliação de ministros ouvidos pelo blog, a conversa teve caráter institucional e de harmonia entre os Poderes. “O tom é de voltar à vida normal com a convivência entre os Poderes”, disse um ministro ao blog.

No encontro, Lula se queixou de cercos, ataques e violência política estimuladas durante o governo Bolsonaro contra ele e petistas – e ministros da Corte concordaram.

Estavam presentes, inclusive, os dois indicados de Jair Bolsonaro (PL) para a corte: André Mendonça e Kassio Nunes Marques.

Lula aproveitou a reunião para registrar que nunca cogitou contestar resultado de eleição – ganhando ou perdendo – e que nunca viu um pós-eleições com tanta violência.

Sobre política de armas alargada no governo Bolsonaro, Lula citou casos envolvendo tragédias com crianças e disse que tudo que puder revogar sobre o tema, o fará.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s