Bolsonaro nomeia ex-ministro derrotado nas eleições para presidência da Embratur

O ex-ministro do Turismo Gilson Machado (PL) foi nomeado para a presidência da Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo, a Embratur. A medida foi publicada nesta sexta-feira (18) no Diário Oficial da União.

A nomeação ocorre a dois meses do fim do mandato do presidente Jair Bolsonaro (PL) e vale por quatro anos. Machado deixou o cargo de ministro em março deste ano para concorrer a uma vaga no Senado por Pernambuco, nas eleições de outubro. No entanto, ele não conquistou a cadeira na Casa.

De acordo com a Lei nº 14.002, o ato de nomeação da presidência da Embratur é revogável por uma vez dentro do período do mandato de quatro anos. Dessa forma, é possível que, no próximo mandato de presidente da República, a troca na direção da agência ocorra.

Gilson Machado assumiu o Ministério do Turismo em dezembro de 2020 e, antes disso, já havia sido presidente da Embratur.

O Diário Oficial também traz a nomeação de Silvio Santos do Nascimento, até então presidente da agência, para o cargo de diretor de marketing, inteligência e comunicação da Embratur.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s