Maior central nuclear da Europa é bombardeada

A central nuclear de Zaporizhzhia – a maior usina da Europa – foi fortemente bombardeada na manhã deste domingo (20), informou a Agência Internacional de Energia Atômica (IEAE). Segundo inspetores da agência que estão na usina, ao menos 12 explosões foram registradas no local.

A IEAE monitora a situação em Zaporizhzhia em uma missão especial, acordada entre as três partes há dois meses, após a comunidade internacional manifestar muita preocupação com um alto risco de um acidente nuclear pior que o de Chernobyl.

O grande desafio é que Rússia e Ucrânia sempre se acusam pela autoria dos bombardeios.

Neste domingo, ocorreu o mesmo. O Exército da Rússia acusou a Ucrânia pelos novos ataques. Moscou disse, no entanto, que o nível de radiação permanece “dentro das normas”.

Kiev “não para suas provocações destinadas a criar uma ameaça de catástrofe provocada pelo homem na central nuclear de Zaporizhzhia”, afirmou o Exército russo em um comunicado. No sábado (19) e no domingo, as forças ucranianas dispararam mais de “20 projéteis de grande calibre” contra a central, a maior da Europa, segundo a nota.

Kiev ainda não se pronunciou.

Os projéteis explodiram entre os blocos número 4 e 5 e atingiram o teto de um “edifício especial” próximo aos blocos, ainda de acordo com a Rússia.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s