Diocese de Afogados da Ingazeira realiza Romaria de Cristo Rei e abertura do Ano Vocacional

A diocese de Afogados da Ingazeira celebrou neste domingo (20) a Solenidade de Cristo Rei do Universo, encerramento do Ano Litúrgico e abertura do Ano Vocacional na diocese.

O terceiro Ano Vocacional da Igreja no Brasil será celebrado de 20 de novembro de 2022 a 26 de novembro de 2023. A iniciativa comemora os 40 anos do primeiro ano temático dedicado à reflexão, oração e promoção das vocações no país.

Inspirado no Documento Final do Sínodo dos Bispos sobre “Os jovens, a fé e o discernimento vocacional” o tema do Ano Vocacional 2023 é “Vocação: Graça e Missão” e o lema “Corações ardentes, pés a caminho” (cf. Lc 24, 32-33).

A acolhida às caravanas aconteceu na Paróquia de São Francisco de Assis, em Afogados, de onde saíram em procissão até o patamar da Catedral do Senhor Bom Jesus dos Remédios, local em que aconteceu a Santa Missa presidida pelo bispo diocesano, dom Egidio Bisol, e concelebrada pelos padres da diocese.

Na homilia, dom Egidio falou sobre o sentido desse dia para os cristãos. “A Solenidade do Cristo Rei que motiva todos os anos a romaria diocesana nos leva a refletir sobre a Realeza de Jesus. O texto do Evangelho nos provoca: que Rei é esse? Condenado, torturado, um crucificado. Diante das autoridades judaicas, Jesus confirma sua realeza, mas revela também de forma clara sua forma nova de Reinar, não a partir do mandar ou desmandar, subjugando o povo a interesses egoístas, mas com a força do amor, da misericórdia, da justiça aos pobres e humilhados. Jesus torna-se Rei, não dominando, as pessoas e as consciências manipulando com ideologias, mas conduzindo como Pastor as multidões cansadas e abatidas rumo a verdadeira liberdade”, disse dom Egidio.

Sobre o Ano Vocacional, o bispo disse que todos somos todos vocacionados. “Somos todos vocacionados a trabalhar para a construção do Reinado de Jesus aqui nesse lugar. Em primeiro lugar os cristãos leigos e leigas, hoje é dia do leigo. São chamados a trabalhar com o fermento do Evangelho as diversas realidades em que vivem, família, escola, trabalho… a serviço de tal tarefa ímpar, de colaborar na implantação do Reinado de Jesus no mundo, se coloca o Ano Vocacional que estamos celebrando. A vocação a vida e também vocação a missão, todos somos chamados a missão. Hoje, de maneira especial, nossa Igreja diocesana quer se comprometer a serviço do pão em todas a mesas e da paz como realidade a ser construída todo dia”, frisou.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s