Integrantes dos grupos da transição deverão assinar termo contra vazamento de informações

Os integrantes da equipe de transição de governo terão que assinar um termo de integridade. O documento vai determinar que informações sensíveis não poderão ser vazadas nem utilizadas em benefício pessoal.

A assinatura do termo será uma condição para que os convidados permaneçam no grupo.

A iniciativa partiu do grupo de Transparência, Integridade e Controle. A minuta do texto ficou pronta na terça-feira (22) e foi entregue para análise do vice-presidente eleito e coordenador da transição, Geraldo Alckmin. O vice-presidente vai analisar o texto e sugerir eventuais mudanças.

A equipe de transição tem 31 grupos temáticos com mais de 300 participantes. Desses, somente 14 são remunerados.

Agenda da transição
Nesta quarta-feira (23), os diversos grupos da transição terão uma série de compromissos.

O grupo de Saúde terá reuniões com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), com o atual ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, e com secretários de Saúde de estados e municípios.

O grupo de Justiça tem encontros com o presidente do Tribunal de Contas da União (TCU), Bruno Dantas, e com comandantes das polícias militares.

O coordenador da transição, Geraldo Alckmin, vai participar de reunião do conselho político da equipe do governo eleito. Ele terá também encontro com prefeitos.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s