Todos os posts de Alexandre Rafael

Brasil receberá doação de 47 mil itens de kit intubação da Irlanda

O Ministério da Saúde vai receber uma doação de 47 mil medicamentos utilizados no chamado kit intubação. Os insumos, considerados pela pasta como essenciais para tratar casos graves de Covid-19, foram enviados pelo governo da Irlanda.

De acordo com o ministério, foram distribuídos, este ano, mais de 14 milhões de medicamentos hospitalares – incluindo aqueles utilizados para intubação orotraqueal, “garantindo os estoques e o atendimento” a pacientes internados com quadros graves.

Deputado Luis Miranda e senador Marcos do Val se desentendem em intervalo da CPI da Covid

O deputado Luis Miranda (DEM-DF) e o senador Marcos do Val (Podemos-ES) se desentenderam durante intervalo de sessão e foi necessária a intervenção de outros parlamentares.

Em um vídeo com trecho da transmissão da CPI que está circulando nas redes sociais é possível ver Marcos do Val dar uma “ombrada”. Os senadores Humberto Costa (PT-PE), Eliziane Gama (Cidadania-MA) e Randolfe Rodrigues (Rede-AP) separando a dupla.

O presidente da CPI Omar Aziz havia suspendido temporariamente a sessão após uma confusão iniciada depois que o senador Marcos Rogério (DEM-RO) apresentou documentos descontextualizados. 

Confira o vídeo:

Governadores não são obrigados a depor na CPI, decide STF

O Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF), em votação na quinta-feira (24), decidiu que os governadores podem comparecer à CPI da Pandemia na condição de convidados, mas não como convocados. A maioria dos ministros acompanhou o entendimento da relatora, ministra Rosa Weber, para quem a convocação de governadores fere a Constituição em dispositivos como a separação de Poderes, caracterizando intervenção federal não prevista pela Carta Magna.

Por meio da da Advocacia do Senado, a CPI recorreu da decisão de Rosa Weber, que tornou facultativa a presença do governador do Amazonas, Wilson Lima, na CPI. O depoimento ocorreria em 10 de junho. A ministra concedeu habeas corpus preventivo a Lima. Ainda que fosse ao Senado, o governador teria direito a permanecer em silêncio, já que foi denunciado pela Procuradoria-Geral da República e não deveria fazer prova contra si.

Lima é investigado na Operação Sangria, da Polícia Federal, que apura roubo de dinheiro no combate à pandemia, por meio de suposta organização criminosa no estado, envolvida principalmente na compra de respiradores.

No dia 10 de junho, o presidente da CPI, Omar Aziz (PSD-AM), lamentou a ausência do governador do Amazonas.

Respeitamos a decisão da ministra, mas temos de recorrer. Acredito que o governador perde uma oportunidade ímpar de esclarecer ao Brasil, e principalmente ao povo amazonense, o que ocorreu no Estado. Não é uma coisa rotineira: falou oxigênio, pessoas perderam vidas”, lamentou.

O senador Eduardo Braga (MDB-AM) foi outro que criticou a ausência do governador.

“Foi uma oportunidade que perdeu de esclarecer à opinião pública, explicar por que que tinha R$ 478 milhões depositados no fundo de saúde e mesmo assim faltou oxigênio, faltaram medicamentos e leitos. Tivemos várias situações, compra de ventiladores em lojas de vinho”, disse Braga.

Assim como o gestor do Amazonas, outros governadores acionaram o STF para pedir a suspensão de “qualquer ato da CPI referente a convocação”, o que acabou sendo acatado pela maioria dos ministros da Corte na decisão da quinta-feira.

No twitter, o senador Eduardo Girão (Podemos-CE) criticou a posição do STF.

“É todo dia um 7×1 diferente: meu requerimento que deu origem à CPI previa investigar todas as esferas do Executivo. Foi desrespeitado pelo STF! Ao deixar governadores de fora, nossa Justiça torna-se cega não pela imparcialidade, mas por fechar os olhos para a corrupção”, criticou.

Rogério Carvalho (PT-SE) sugeriu à mesa da CPI transformar todos os requerimentos de convocação de governadores em convite.

Serra Talhada recebe lote da vacina da Janssen

Serra Talhada recebeu nesta sexta-feira (25) o primeiro lote de vacinas da Janssen.

A coordenadora da XI Gerência Regional de Saúde (Geres), Karla Millena, comemorou o reforço uma vez que o imunizante é dose única, e vai acelerar o ritmo de vacinação na Capital do Xaxado.

Serra foi escolhida devido aos altos índices de contaminação do novo coronavírus. São quase dez mil infectados e o número de óbitos se aproxima dos 160. Também chegaram doses das vacinas CoronaVac e Pfizer.

“Este lote da Janssen veio apenas para seis cidades de Pernambuco, Recife, Garanhuns, Arcoverde, Afogados da Ingazeira e Serra Talhada, devido ao cenário epidemiológico. Isso vai acelerar a vacinação, uma vez que é dose única”, declarou Millene.

Segundo a diretora da XI Geres, a definição de quem será vacinado, faixa etária e outras orientações, será de responsabilidade da Secretaria Municipal de Saúde (SMS).

Vereadora de Piancó-PB morre vítima de complicações da Covid-19

Após vários dias internada no Hospital Regional da cidade de Piancó-PB, morreu nesta quinta-feira (24) a vereadora, Erilene Alves da Silva Lacerda (Progressistas), 40 anos.

A parlamentar havia testado positivo para o novo Coronavírus no dia 2 do corrente mês e, desde então, lutava pela vida no Hospital Regional de Piancó, onde ficou intubada porque estava com 80% dos pulmões comprometidos.

Seu quadro só piorava e ela teve que ser colocada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), onde não resistiu e veio a óbito, deixando o esposo viúvo e dois filhos órfãos de mãe.

Carreira

Erilene se elegeu vereadora pela primeira vez em Piancó, no ano de 2012, com 382 votos pelo PSDB.

Em 2016, segundo registros do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE), ela não Concorreu a reeleição, mas em 2020, tornou a disputar a vereança e venceu com 395 sufrágios.(Informações Portal Heleno Lima)

Banco do Brasil abre concurso com 76 vagas em Pernambuco e salário inicial de R$ 3 mil

O Banco do Brasil abriu edital de concurso de nível médio para escriturário com 76 vagas de nível médio para Pernambuco, sendo 41 para contratação imediata e 35 para formação de cadastro da reserva.

Em todo o País, a seleção tem 4.480 vagas, das quais 2 mil vagas são para Escriturário – Agente Comercial, mais 2 mil de cadastro reserva, para atuação nas unidades de negócios; e 240 vagas de Escriturário – Agente de Tecnologia, e outras 240 de cadastro de reserva, com foco em Conhecimentos de TI. As vagas de tecnologia são exclusivas para Brasília-DF.

A remuneração inicial é de R$ 3.022,37, com jornada de trabalho de 30 horas semanais. De acordo com o edital do concurso, há benefícios como vale-refeição de R$ 831,16 por mês, vale-transporte, auxílio-creche e previdência completar.

De acordo com o banco estatal, ainda há a possibilidade de ascensão e desenvolvimento profissional; participação nos lucros ou resultados; auxílio a filho com deficiência e previdência complementar. Os funcionários do BB possuem ainda acesso à Universidade Corporativa Banco do Brasil (UniBB).

As inscrições, com custo de R$ 38, podem ser feitas até o dia 28 de julho no site da Cesgranrio, banca que organiza o certame. A prova será feita em 26 de setembro, com os protocolos de prevenção contra a Covid-19.

Em Pernambuco, há vagas para três micrroregiões, como o Banco do Brasil chama as subdivisões de localizações de suas unidades. As provas serão feitas no Recife; em Caruaru, no Agreste; e em Petrolina, no Sertão.

Para participar, é preciso ter certificado de conclusão ou diploma de curso de nível médio expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação e pelo menos 18 anos completos até a data da contratação.

“O cargo de escriturário possui nomenclaturas específicas para uso no relacionamento com o mercado, que variam de acordo com a unidade em que o funcionário está lotado. Para este concurso, os candidatos podem concorrer para Agente Comercial, que trabalha na rede de agências do BB, em todo o país, ou para Agente de Tecnologia, que assume na área de Tecnologia, em Brasília”, explicou o Banco do Brasil, em nota, as especificidades das vagas dispostas.

Do total das vagas, 5% são reservadas para pessoas com deficiência e 20% para candidatos autodeclarados pretos ou pardos. As demais são de ampla concorrência.

Provas
As provas irão conter questões de Conhecimentos Básicos (25 questões): Língua Portuguesa, Língua Inglesa, Matemática e Atualidades do Mercado Financeiro e Conhecimentos Específicos (45 questões), de acordo com a vaga pretendida.

Para as vagas de Agente de Tecnologia (exclusivas para Brasília): Probabilidade e Estatística, Conhecimentos Bancários e Tecnologia da Informação. 

Para as vagas de Agente Comercial: Matemática Financeira, Conhecimentos Bancários, Negociação e Vendas e Conhecimentos de Informática. 

No momento da inscrição, o candidato deverá escolher a UF/Macrorregião/Microrregião e a cidade de realização das provas.

Os candidatos também terão uma prova de redação, mas serão corrigidas apenas as de candidatos que estiverem classificados, na prova de questões objetivas, em uma posição que não ultrapasse o dobro do somatório do total de número de vagas e do número de cadastro de reserva conforme tabela prevista no edital.

De acordo com o banco estatal, há a possibilidade de ascensão e desenvolvimento profissional; participação nos lucros ou resultados; vale-transporte; auxílio-creche; auxílio a filho com deficiência e previdência complementar. Os funcionários do BB possuem ainda acesso à Universidade Corporativa Banco do Brasil (UniBB).

“A seleção externa tem validade de um ano, a contar da data de publicação do Edital de Homologação dos resultados finais, podendo ser prorrogada, uma única vez, por igual período”, comunicou o banco.

Divisão das vagas em Pernambuco

Local de prova – Petrolina
Municípios: 
Afogados da Ingazeira, Afrânio, Araripina, Arcoverde, Belém do São Francisco, Bodocó, Cabrobó, Carnaíba, Cedro, Custódia, Dormentes, Exu, Flores, Floresta, Ibimirim, Inajá, Ipubi, Itapetim, Lagoa Grande, Mirandiba, Moreilândia, Ouricuri, Parnamirim, Petrolândia, Petrolina, Salgueiro, Santa Maria da Boa Vista, Santa Terezinha, São José do Belmonte, São José do Egito, Serra Talhada, Serrita, Sertânia, Tabira, Tacaratu, Trindade, Triunfo e Tuparetama

Vagas imediatas: 12
Cadastro de reserva: 6

Local de prova – Caruaru
Municípios:
 Agrestina, Água Preta, Águas Belas, Alagoinha, Aliança, Altinho, Amaraji, Barreiros, Belém de Maria, Belo Jardim, Bezerros, Bom Conselho, Bom Jardim, Bonito, Brejão, Brejo da Madre de Deus, Buenos Aires, Buíque, Cachoeirinha, Camocim de São Félix, Canhotinho, Capoeiras, Carpina, Caruaru, Catende, Chã Grande, Condado, Correntes, Cumaru, Cupira, Escada, Feira Nova, Gameleira, Garanhuns, Glória do Goitá, Goiana, Gravatá, Iati, Itaíba, João Alfredo, Jurema, Lagoa de Itaenga, Lagoa do Carro, Lagoa dos Gatos, Lajedo, Limoeiro, Macaparana, Machados, Nazaré da Mata, Orobó, Palmares, Panelas, Passira, Pedra, Pesqueira, Pombos, Quipapá, Ribeirão, Rio Formoso, Sairé, Saloá, Sanharó, Santa Cruz do Capibaribe, São Bento do Una, São Caetano, São João, São Joaquim do Monte, São José da Coroa Grande, São Vicente Ferrer, Sirinhaém, Surubim, Tamandaré, Taquaritinga do Norte, Timbaúba, Toritama, Tupanatinga, Venturosa, Vicência e Vitória de Santo Antão.

Vagas imediatas: 12
Cadastro de reserva: 10

Local de prova – Recife
Municípios: Abreu e Lima, Cabo de Santo Agostinho, Camaragibe, Igarassu, Ipojuca, Jaboatão dos Guararapes, Moreno, Olinda, Paulista, Recife, São Lourenço da Mata

Vagas imediatas: 17
Cadastro de reserva: 19

TSE inicia compra de urnas para 2022 sem impressoras

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) vai iniciar na próxima terça-feira (29) o processo de compra de até 176 mil urnas eletrônicas para serem usadas nas eleições de 2022. A previsão de gasto é de R$ 980,8 milhões com a aquisição dos equipamentos. Segundo o edital de licitação, não foi incluída a compra de impressoras.

Ou seja: se o Congresso Nacional aprovar o voto impresso para as próximas eleições, a Justiça Eleitoral vai precisar desembolsar mais dinheiro. Segundo o TSE, do ponto de vista técnico, é possível realizar ajustes para acoplar módulos impressores de votos em todos os modelos de urna – inclusive os novos.

Poeta Cícero Alves morre em São Paulo

Morreu em São Paulo o poeta Cícero Alves, vítima de um acidente de trabalho. Em contato com o Blog do Marcello Patriota a esposa de Lázaro disse que Cícero estava trabalhando e caiu de cima de uma laje em construção.

O poeta foi socorrido, mas não resistiu e veio à óbito. O sepultamento será hoje em São Paulo.  Cícero Alves participava de programas de poesia na Gazeta FM de São José do Egito.

Em nota, a Gazeta FM e o Blog do Marcello Patriota se solidarizaram com os amigos e a familiares. Cícero era irmão do poeta Lázaro Pessoa e de Lilito Alves.

Sobe o número de mortos em desabamento de prédio na região de Miami; há 159 desaparecidos

Subiu para 4 o número de mortos no desabamento parcial de um prédio na região de Miami, nos Estados Unidos. A prefeita Daniella Levine Cava confirmou os números na manhã desta sexta-feira (25).

Estima-se que 159 ainda estejam desaparecidos. As equipes de resgate ainda trabalham nos escombros do prédio para tentar encontrar pessoas.

Cães farejadores e drones estão sendo usados nas tentativas de resgates.

A prefeita Levine Cava afirmou na quinta-feira que ainda não se sabia qual era o destino de cerca de 100 pessoas, mas que, talvez, uma parte não estivesse no prédio no momento do colapso.

Outras 102 pessoas que poderiam estar no edifício foram localizadas e estão seguras.

Logo após o desabamento, 37 pessoas foram resgatadas da estrutura. Somente duas estavam debaixo dos destroços, nesse primeiro momento. Segundo as autoridades, 10 pessoas ficaram feridas — 4 delas precisaram de atendimento em hospital. Uma pessoa morreu.

Famílias de pessoas que podem estar sob os escombros aguardam em um centro comunitário perto do local onde houve o desabamento. Os familiares aguardam os resultados de exames de DNA de alguns dos corpos que foram retirados do local.

O governador da Flórida, Ron DeSantis, declarou estado de emergência, o que significa que o estado terá acesso a recursos federais para o resgate.

Aprovação do governo Bolsonaro cai para 24% e reprovação sobe para 49%, aponta pesquisa Ipec

Pesquisa Ipec divulgada nesta quinta-feira (24) mostra os seguintes percentuais de avaliação do governo do presidente Jair Bolsonaro:

Ótimo/bom: 24%

Regular: 26%

Ruim/péssimo: 49%

Não sabe/não respondeu: 1%

A pergunta feita pelo instituto foi “Na sua avaliação, o governo do presidente Jair Bolsonaro está sendo”, com as opções “Ótimo”, “bom”, “regular”, “ruim” ou “péssimo”. Somados, os itens “ótimo” e “bom” correspondem ao percentual de aprovação da administração; e os itens “ruim” e péssimo”, ao de reprovação.

O levantamento do Ipec foi feito de 17 a 21 de junho e ouviu 2.002 pessoas em 141 municípios.

A margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais para mais ou para menos e o nível de confiança, de 95%.

O Ipec foi criado por ex-executivos do Ibope Inteligência após o seu encerramento. O novo instituto de pesquisa atua na área de consultoria e inteligência em pesquisas de mercado, opinião pública e política.

Um dos aspectos pesquisados diz respeito à aprovação da maneira de governar do presidente. Nesse caso, a pergunta feita foi: “E o(a) sr(a) aprova ou desaprova a maneira como o presidente Jair Bolsonaro está governando o Brasil?” Sobre este quesito, os resultados foram:

Aprova: 30%

Desaprova: 66%

Não sabe ou não respondeu: 4%

No levantamento anterior, 38% dos entrevistados aprovavam a maneira de governar de Bolsonaro, 58% desaprovavam e 5% não souberam ou não responderam.

Bolsonaro tira máscara de criança para posar para fotos em visita ao RN

Em visita ao RN nesta quinta-feira (24), o presidente Jair Bolsonaro não usou máscara em nenhuma das solenidades que participou e nem para cumprimentar apoiadores. Em Pau dos Ferros o presidente pegou uma criança no colo por cima da grade e baixou a máscara do menino para fazer fotos.

O uso de máscara para prevenção à Covid-19 é obrigatório no Rio Grande do Norte desde maio de 2020. O decreto estadual, no entanto, não estabelece multa.

No município de Jucurutu, durante a cerimônia de assinatura da liberação de recursos para as obras da Barragem de Oiticica, o presidente Jair Bolsonaro pediu para a poetisa Larissa Dantas, de 10 anos de idade, tirar a máscara para declamar o cordel que fez para ele. Depois que a menina baixou a máscara, Bolsonaro fez sinal de “joinha”, aprovando a atitude.

Uso de máscaras

Estudos sobre transmissão por vacinados e reinfecção pela Covid-19 comprovam a importância da máscara para frear a circulação do vírus e controlar a pandemia.

O infectologista Marcelo Otsuka ressalta que a máscara é uma política de saúde pública contra o coronavírus “no mundo todo” e que apenas os países que conseguiram controlar o vírus já começaram a flexibilizar o uso do item pelos vacinados.

“Poderemos começar a deixar de usar a máscara somente quando vacinarmos 75% da população no país e a taxa de infecção caia significativamente, para 0,3 ou 0,5 e se mantenha estável. Atualmente, nossa taxa de infecção é de cerca de 1,0. É muito alta”, diz Otsuka.

O presidente Jair Bolsonaro quer desobrigar uso de máscara por vacinados no país. No início de junho ele pediu uma parecer sobre o assunto ao ministro da Saúde, Marcelo Queiroga.

Prédio desmorona parcialmente na região de Miami

Parte de um prédio residencial de 12 andares desmoronou nesta quinta-feira (24) em Surfside, na região de Miami, nos Estados Unidos. O edifício fica de frente para o mar.

A polícia do condado de Miami-Dade, que abriga as cidades da região metropolitana, confirmou uma morte e disse que 37 pessoas foram resgatadas da estrutura – destas, 35 estavam na parte que não desabou por inteiro, e apenas duas estavam sob destroços.

Segundo as autoridades, 10 pessoas ficaram feridas das quais quatro precisaram ser levadas ao hospital. Uma pessoa foi retirada sem vida dos escombros.

Ao menos 99 pessoas que estariam no prédio não puderam ser contatadas pelas equipes de resgate. Outros 102 moradores, que não estavam no local do incidente, já foram identificados e estão em segurança.

O governador da Flórida, Ron DeSantis, disse que esse é um dia trágico e que as equipes seguem os esforços para identificar quaisquer sobreviventes.

A prefeitura anunciou que deve receber breve uma autorização emergencial do governo federal para acessar o fundo de emergências para ajudas na busca e apoio às vítimas do incidente.

A comissária Sally Heyman disse em entrevista à TV local que os agentes tentam contato telefônico com os moradores que poderiam estar passando as férias de verão em outro endereço.

O porta-voz dos bombeiros afirmou em entrevista coletiva que apenas duas pessoas foram retiradas dos escombros até o momento e que não se sabe quantas pessoas estão desaparecidas.

O prefeito de Surfside, Charles Burkett, afirmou que as buscas “não serão algo rápido”. “Vai ser algo que deve durar até a próxima semana“.

O Ministério de Relações Exteriores da Argentina anunciou que ao menos 10 cidadãos do país sul-americano estariam entre os moradores do prédio. Um deles foi resgatado com vida, mas 9 seguem desaparecidos, segundo reportagens do “Clarín” e “La Nación”.

Um comunicado do governo do Paraguai informa que ao menos 6 cidadãos do país estariam desaparecidos. Em entrevista à rádio paraguaia, o chanceler Euclides Acevedo confirmou que entre os seis estaria Sophia López Moreira, a irmã da primeira-dama do país, e seu marido Luis Pettengil.

Primeiro lote com 62.250 doses da vacina da Janssen chega a Pernambuco

Pernambuco recebeu, na manhã desta quinta-feira (24), novas vacinas contra a Covid-19. O lote chegou ao Aeroporto Internacional do Recife/Guararapes – Gilberto Freyre às 11h13, trazendo, pela primeira vez, os imunizantes da Janssen, com 62.250 unidades, que serão aplicadas em dose única.

Na mesma remessa também chegaram mais 117.800 vacinas da Coronavac/Butantan, que devem ser utilizadas para a primeira e segunda doses. Os novos insumos já foram entregues ao Programa Estadual de Imunização (PNI-PE), que conferiu a carga e iniciou a separação para envio às Gerências Regionais de Saúde (Geres), que já ocorre a partir da madrugada desta sexta-feira (25).

As doses recebidas da Coronavac/Butantan serão destinadas à imunização de guardas municipais, trabalhadores do transporte coletivo e população privada de liberdade.

Os municípios, porém, também poderão dar seguimento à campanha em outros grupos ou por faixa etária, de acordo com a organização de cada um, já que muitas cidades já iniciaram a vacinação de alguns desses públicos.

“Mas vale ressaltar que as vacinas estão sendo enviadas aos municípios para utilização em primeiras e segundas doses. Assim, é necessário que cada cidade se organize e preserve os quantitativos que serão destinados à segunda aplicação”, observou o governador Paulo Câmara.

O secretário estadual de Saúde, André Longo, reiterou a advertência, alertando que o município que usar todo o quantitativo da Coronavac/Butantan apenas como primeira dose irá gerar um déficit mais à frente. “Precisamos evitar que essa situação se repita. Os gestores devem manter uma organização e controle rígido de seus estoques para que a população possa completar seus esquemas vacinais”, acrescentou Longo.

Já as doses da vacina da Janssen, segundo o que foi acordado com os gestores municipais na Comissão Intergestores Bipartite (CIB), serão destinadas ao Recife, na Região Metropolitana, além de Caruaru e Garanhuns, no Agreste, e Arcoverde, Serra Talhada e Afogados da Ingazeira, no Sertão.

O imunizante será distribuído da seguinte forma: Recife (31.125 doses), Caruaru (16.230 doses), Garanhuns (6.175), Arcoverde (3.555 doses), Afogados da Ingazeira (1.800 doses) e Serra Talhada (3.365 doses).

A superintendente de Imunizações da Secretaria de Saúde, Ana Catarina de Melo, afirmou que Pernambuco está recebendo metade do quantitativo da Janssen que havia sido pactuado inicialmente com o Ministério da Saúde. “Logo que cheguem mais doses enviadas pelo governo federal, iremos completar e finalizar a entrega das vacinas da Janssen, conforme pactuado inicialmente com esses seis municípios”, explicou.

Como as doses da Janssen estão indo para essas seis maiores cidades, a superintendente ressaltou que todos os demais municípios do Estado serão recompensados com mais unidades da Pfizer para darem continuidade aos seus programas de imunização.

Com essas entregas, Pernambuco totaliza mais de 5 milhões de doses recebidas. Foram, especificamente, 5.172.510, sendo 2.141.960 da Coronavac/Butantan; 2.630.170 da Astrazeneca/Oxford/Fiocruz; 338.130 da Pfizer/BioNTech; e 62.250 da Janssen.

Taxa de ocupação de UTIs em Pernambuco fica abaixo de 80% pela primeira vez em sete meses

A taxa de ocupação de UTIs em Pernambuco atingiu a marca de 79% nesta quinta-feira (24), registrando o menor índice desde 24 de novembro do ano passado. No momento, há 368 leitos de terapia intensiva disponíveis para pacientes de Covid-19 em todo o Estado, o que significa que não há mais fila de espera por vagas.

O Estado tem, atualmente, 1.812 leitos ativos de UTI, sendo a sexta maior rede do país e a maior de todos os Estados das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste.

A maior capacidade de atendimento dos casos graves de Covid-19 também se reflete em outro índice importante. Pernambuco tem a segunda menor taxa de mortalidade em decorrência do novo coronavírus no Brasil em 2021, ficando atrás apenas do Maranhão.

O ranking é publicado semanalmente pela Organização Panamericana da Saúde (OPAS), entidade ligada à Organização Mundial da Saúde (OMS).

“É fundamental destacar esse momento porque ele é fruto de muito trabalho e dedicação, sobretudo dos nossos profissionais de saúde e de todos que têm feito a sua parte, usando máscara, evitando aglomerações e mantendo as mãos higienizadas. Precisamos continuar valorizando esses cuidados”, frisou o governador Paulo Câmara, em pronunciamento.

Bases do SAMU Regional aprovadas após vistoria

O Cimpajeú noticiou a vistoria de bases descentralizadas em vários municípios da região. A finalidade foi checar se estão de acordo com as diretrizes de implantação do SAMU. Em basicamente todas as bases visitadas nos últimos dias, houve aprovação das instalações.

Em Afogados da Ingazeira, a visita foi guiada pelo Secretário de Saúde municipal, Artur Amorim. Na vistoria de base descentralizada no município de Carnaíba, acompanharam a Secretária de Saúde do município, Alessandra Noé, Joelma Clementino, Diretora Administrativa da Unidade Mista Dr° José Dantas Filho, Thiago Siqueira, Técnico em edificações e Michael Jackson Medeiros, Engenheiro Civil.

Em Flores, a vistoria de base descentralizada teve a presença do prefeito Marconi Santana e da Secretária de Saúde, Madalena Brito. Em Ingazeira, o trabalho foi acompanhado pelo prefeito Luciano Torres, que também coordena o Cimpajeú. Em Iguaracy, o prefeito Zeinha Torres acompanhou a visita.

O blog já havia anunciado a vistoria em Serra Talhada, acompanhada pela prefeita Márcia Conrado. Técnicos inspecionaram viaturas e instalação de rádios móveis nas ambulâncias de suporte básico (USB) e ambulâncias de suporte avançado (USA).

Quando estiver funcionando em sua totalidade, o SAMU Consorciado da III Macrorregião de Saúde cobrirá uma área de 8.652.340,20 km², atendendo uma população estimada de 860.421 mil pessoas, distribuídas entre 35 cidades localizadas no Sertão do Pajeú, Sertão do Moxotó e Sertão Central. Na primeira fase o serviço atenderá as cidades de Serra Talhada, Flores, Manari, Iguaracy, Ingazeira, Afogados da Ingazeira, Carnaíba, Petrolândia, São José do Egito, Sertânia e Itapetim.

Em meio a flexibilizações, Pernambuco diz ter aplicado mais de 3,9 milhões de doses

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou, nesta quarta-feira (23), 2.358 novos casos da Covid-19. Entre os confirmados, 150 (6%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 2.208 (94%) são leves. Agora, Pernambuco totaliza 542.173 casos confirmados da doença, sendo 48.927 graves e 493.246 leves, que estão distribuídos por todos os 184 municípios pernambucanos, além do arquipélago de Fernando de Noronha.

Além disso, o boletim registra um total de 458.189 pacientes recuperados da doença. Desses, 27.759 eram pacientes graves, que necessitaram de internamento hospitalar, e 430.430 eram casos leves. Também foram confirmados laboratorialmente 64 novos óbitos, sendo 26 femininos e 36 masculinos, ocorridos entre os dias 18 de abril de 2021 e 22 de junho de 2021. 

As novas mortes são de pessoas residentes dos municípios de Afogados da Ingazeira (3), Agrestina (1), Belo Jardim (1), Bezerros (1), Bodocó (1), Bom Jardim (1), Buíque (1), Cabo de Santo Agostinho (1), Camaragibe (2), Caruaru (1), Chã Grande (1), Escada (1), Exu (1), Flores (1), Garanhuns (1), Goiana (1), Granito (1), Jaboatão dos Guararapes (1), Lajedo (1), Nazaré da Mata (1), Olinda (1), Paulista (3), Pesqueira (1), Petrolina (1), Primavera (1), Recife (27), Riacho das Almas (1), Salgueiro (1), São Caitano (1), São Lourenço da Mata (1), Serrita (1), Timbaúba (1) e Vitória de Santo Antão (1). Com isso, o Estado totaliza 17.407 mortes pela doença.

Segundo o boletim, os pacientes tinham idades entre 19 e 93 anos, além de um bebê de seis meses de idade do sexo feminino. As faixas etárias são: 0 a 9 (1), 10 a 19 (1), 30 a 39 (6), 40 a 49 (11), 50 a 59 (24), 60 a 69 (4), 70 a 79 (10), 80 ou mais (7). Do total, 37 tinham doenças preexistentes: doença cardiovascular (21), diabetes (16), obesidade (10), hipertensão (5), tabagismo/histórico de tabagismo (3), doença respiratória (2), doença renal (2), etilismo/histórico de etilismo (2), doenças cromossômicas (2), doença neurológica (1) e câncer (1) – um paciente pode ter mais de uma comorbidade. Um não tinha comorbidades e os demais seguem em investigação.

Com relação à testagem dos profissionais de saúde com sintomas de gripe, em Pernambuco, até agora, 30.235 casos foram confirmados e 53.022 descartados. As testagens entre os trabalhadores do setor abrangem os profissionais de todas as unidades de saúde, sejam da rede pública (estadual e municipal) ou privada.


Balanço da vacinação

De acordo com o governo do estado, Pernambuco aplicou 3.970.075 doses da vacina contra a Covid-19, chegando a 2.916.269 pernambucanos já vacinados com a primeira dose. Ao todo, foram feitas a primeira dose em 304.383 trabalhadores de saúde; 26.073 povos indígenas aldeados; 43.367 em comunidades quilombolas; 7.700 idosos em Instituições de Longa Permanência; 665.377 idosos de 60 a 69 anos; 399.662 idosos de 70 a 79 anos; 203.295 idosos de 80 anos e mais; 1.554 pessoas com deficiência institucionalizadas; 17.967 trabalhadores das forças de segurança e salvamento; 375.848 pessoas com comorbidades; 28.348 pessoas com deficiência permanente; 52.455 gestantes e puérperas; 152.713 pessoas de 40 a 49 anos; 378.119 pessoas de 50 a 59 anos; 946 pessoas em situação de rua, 690 pessoas privadas de liberdade; além de 257.772 trabalhadores de serviços essenciais.

Em relação à segunda dose, já foram beneficiados 219.152 trabalhadores de saúde; 25.702 povos indígenas aldeados; 5.302 em comunidades quilombolas; 5.771 idosos institucionalizados; 302.456 idosos de 60 a 69 anos; 328.463 idosos de 70 a 79 anos; 160.308 idosos de 80 anos e mais; 1.181 pessoas com deficiência institucionalizadas e 5.471 trabalhadores das forças de segurança e salvamento; totalizando 1.053.806 que já finalizaram o esquema vacinal.

Ministro de Minas e Energia descarta racionamento de energia

O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, descartou hoje (23) a necessidade de racionamento de eletricidade. Em audiência pública da Comissão de Minas e Energia da Câmara dos Deputados, o ministro alertou para a importância de medidas que evitem o risco de interrupção no fornecimento em horários de pico e a dependência do próximo período úmido.

Segundo o ministro, em 2020, a condição dos reservatórios era de normalidade, mas com a diminuição de chuvas entre outubro do ano passado e maio deste ano, 2021 já começou em uma situação pior. Atualmente, os reservatórios das regiões Sudeste e Centro-Oeste, responsáveis por 70% da geração de energia do país, estão com apenas 30,2% de sua capacidade.

“Se nós tivermos uma repetição das chuvas de 2020 em 2021, nós podemos chegar, se nada for feito, a uma condição bastante desfavorável ao final desse ano, em novembro e dezembro, com os nossos reservatórios abaixo de 20%”, disse.

Bento Albuquerque afirmou que o plano de ação posto em prática desde outubro de 2020 tem 40 itens, como o acionamento das usinas termelétricas; o aumento da importação de eletricidade da Argentina e Uruguai; e uma campanha para estimular o uso racional de energia; além de um programa com a indústria para reduzir o consumo no horário de pico.

Outras providências listadas pelo ministro de Minas e Energia são a antecipação de obras em usinas e linhas de transmissão e o suprimento de combustível para as usinas já em funcionamento. Desde maio, uma Sala de Situação instalada na Casa Civil da Presidência da República monitora a situação hídrica do país.

Bento Albuquerque ressaltou que não é possível comparar a crise atual com as que aconteceram em 2001 e 2014.

É importante ressaltar que a nossa capacidade instalada mais do que dobrou, saindo de 81 GW para 186 GW de 2001 para 2021. A representação da matriz hidráulica era cerca de 85%; hoje ela corresponde a 61%. A nossa matriz também se diversificou bastante, principalmente, com energias renováveis”, observou.

PE: indicadores da Covid-19 caem pela terceira semana seguida

Pela terceira semana consecutiva, Pernambuco apresentou redução dos indicadores da Covid-19, de acordo com informações repassadas pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE). A semana epidemiológica 24, a última encerrada, teve 1.395 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), menor número desde o mês de março. Em comparação com a semana 23, a redução de 21%. Até mesmo na 3ª Macrorregião, que era a região mais preocupante, também houve queda nos casos de SRAG de 21% em uma semana e 23% em 15 dias.

Seguindo essa tendência, a solicitação por leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) também apresentou redução, coincidentemente, com o mesmo percentual de queda dos casos de SRAG: 21% – e 23% em duas semanas. Com isso, pela 1ª vez em 7 meses, desde novembro do ano passado, a taxa de ocupação dos leitos de terapia intensiva está abaixo de 80%. 

Apesar da tendência de queda nos indicadores, o secretário André Longo ressaltou que a população precisa ficar atenta para evitar um novo recrudescimento da doença e alertou para os cuidados durante os festejos juninos. Ele, inclusive, citou a grande quantidade de veículos transitando na Avenida Abdias de Carvalho no final da tarde, no bairro da Torre, principal corredor para as cidades do interior.

”Nos deixa preocupado o que acabamos de ver na Abdias de Carvalho, com todo mundo descendo para o interior, onde os níveis de contaminação estão um pouco maiores. Quem está indo que tenha consciência de evitar festas e grandes encontros, mesmo em locais privados, ponde possa haver aumento de contaminação. Cuidado com os deslizes nesse fim de semana. A gente sabe que o preço da falta de cuidado poderá ser um recrudescimento da doença em 15 dias e com mais pessoas internadas e mais pressão sobre o sistema de saúde, gerando novas filas de espera por leitos”, pontuou o secretário de Saúde de Pernambuco, André Longo.

Ele voltou a bater na tecla de que os números positivos não significam que o jogo está ganho. Inclusive, mesmo com a queda na taxa de ocupação dos leitos de UTI lembrou que ainda há muita gente internada e em estado grave. “Apesar de animadores, os indicadores não significam que vencemos a pandemia. O vírus continua entre nós e, neste momento, 1.750 pessoas estão internadas, lutando pela vida, em leitos de UTI das redes pública e privada. Assim como já vimos em outros momentos, o comportamento negligente no São João poderá cobrar seu preço. Comemore esta noite de São João com segurança, porque só protegendo a vida, poderemos superar a pandemia e seguir em frente”, disse o secretário. 

Apesar do início da vacinação dos profissionais da educação, não há uma previsão para as aulas retornarem exclusivamente no formato presencial. André Longo ressaltou o sucesso da imunização no ensino básico, com a quantidade de pessoas vacinadas com a primeira dose acima do previsto, chegando a 126 mil pessoas. “Chegamos a mais de cem por cento, foi um público maior do que estava previsto. Agora estamos buscando atingir a meta no ensino superior, que nesse momento está com 66,8% (17.422) do pessoal vacinado com primeria dose. Mas ainda é cedo para se falar em ensino presencial. Com o decorrer do processo de vacinação,. no futuro poderemos falar dessa retomada do ensino presencial”.

Barroso, do STF, rejeita ação de Bolsonaro contra decretos estaduais que limitaram circulação

O ministro Luís Roberto Barroso, do STF (Supremo Tribunal Federal), rejeitou a ação em que o presidente Jair Bolsonaro pediu a derrubada de três decretos que estabeleceram, em maio, medidas de lockdown e de toque de recolher no Rio Grande do Norte, Pernambuco e Paraná.

Na ação, o governo alegava que as medidas “não se compatibilizam com preceitos constitucionais” como a liberdade ir e vir.

No processo, assinado por Bolsonaro e pelo advogado-geral da União, André Mendonça, o Executivo federal disse que não estava questionando decisões anteriores do STF sobre a competência de estados e municípios na adoção de medidas de enfrentamento da pandemia.

A petição afirma, no entanto, que o Brasil é o quarto país do mundo que mais aplicou doses da vacina e que o avanço da vacinação no país “é fato superveniente juridicamente relevante”.

Barroso, porém, afirmou que os decretos respeitam a decisão do STF sobre a autonomia dos entes da federação na gestão da pandemia e que as medidas estão “voltadas à contenção do contágio de Covid-19″.

O STF já decidiu, reiteradamente, que, em matéria de proteção à vida, à saúde e ao meio ambiente, devem se observar os princípios da prevenção e da precaução, de modo a que, na dúvida, se adotem as medidas mais protetivas aos bens em questão”, escreveu o ministro.

O magistrado também afirmou que o governo “não comprovou” que os decretos ainda estão em vigor e citou que a duração deles estava prevista para ir apenas até o início de junho.

Caso os diplomas não estejam mais em vigor, sequer seria o caso de debater a sua suspensão. Frise-se, ademais, que as ações foram propostas no final da vigência de cada diploma normativo e que o pedido de cautelar, dada a gravidade da situação, deveria contar com manifestação da parte contrária”, afirmou.

Apesar de os decretos não estarem mais em vigor, o ministro disse que é importante tomar uma decisão sobre o caso para a “pacificação do conflito que esta ação manifesta“.

Na ação, Bolsonaro havia afirmado que os governos estaduais não mostraram comprovação “técnica minimamente consensual sobre a eficácia da proibição de locomoção no horário noturno, em que o trânsito de pessoas é sabidamente discreto, se comparado com o fluxo observado em outros horário”.

A ação também diz que, mesmo se houvesse recomendação amparada em robusto conselho médico, a completa interdição de circulação de pessoas seria excessivamente onerosa e poderia ser substituída por restrições parciais voltadas a apenas determinadas zonas urbanas com maior movimento.

O argumento dos governadores, segundo a AGU e Bolsonaro, “é completamente inadequado e despido de qualquer traço científico (teórico ou empírico), traduzindo uma avaliação injustificadamente discriminatória do comportamento de pessoas que transitam pelo espaço público no período noturno, e presumindo uma tendência social de desrespeito da ordem pública“.

Na petição, eles afirmam que a implementação de qualquer medida restritiva no atual contexto depende de lastro técnico idôneo e deve ser espacial e temporalmente limitada. Assim, o governo diz que os três decretos não demonstram ter “correlação técnica com os fins perseguidos, o que torna o ato administrativo inválido“.

Em Afogados, prefeitura promove mais um edição do Música em Movimento nas festividades de São João

O ciclo junino é a mais importante festa do Nordeste. A que reúne todas as mais importantes tradições do povo nordestino e sertanejo. A que vivenciamos com um misto de religiosidade e festa.

É no São João que nossa alma verdadeiramente se entrega à celebração. Fogueiras, fogos, comidas de milho, quadrilhas juninas, forró legítimo.

Infelizmente, nesses últimos dois anos, estamos contidos, curtindo de nossas casas, relembrando a nostalgia dos anos anteriores à pandemia.

Mas pra não deixar passar em branco totalmente esse momento tão importante, a Secretaria de Cultura e Esportes de Afogados da Ingazeira levou a música do período junino para as ruas do município.

Em um percurso itinerante, os músicos Leandro Cavalcanti, Edinho Oliveira e Cacá Malaquias, levaram o melhor da música nordestina para a população, a que estava em casa e a que precisou ir à rua cumprir seus afazeres.

“Ainda não estamos podendo celebrar a nossa principal festa por conta da pandemia. Por isso levamos a alegria da música, do nosso forró, para que as pessoas possam celebrar, ainda que distanciadas, esse momento. Que o ano que vem, com o avanço da vacinação, possamos retomar plenamente as comemorações desse período,” destacou Augusto Martins, Secretário de Cultura de Afogados.

Pernambuco registrou, nesta quarta-feira (23), mais 2.358 casos e 64 mortes por Covid-19

Pernambuco registrou, nesta quarta-feira (23), mais 2.358 casos e 64 mortes por Covid-19, segundo balanço divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE).

Com a atualização, o Estado soma 542.173 infecções – 48.927 graves e 493.246 leves – e 17.407 mortes em decorrência do coronavírus desde o início da pandemia.

Entre os registros confirmados nesta quinta, há 150 de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag), equivalente a 6% do total, e outros 2.208 (94%) de casos leves.

As 64 mortes ocorreram entre os dias 18 de abril de 2021 e essa terça-feira (22).

Queiroga se irrita com pergunta sobre Covaxin e abandona entrevista

Investigado pela CPI da Covid do Senado, o ministro Marcelo Queiroga (Saúde) se irritou com uma pergunta sobre a vacina indiana Covaxin e, assim como costuma fazer o presidente Jair Bolsonaro quando não gosta de um questionamento, abandonou a entrevista aos jornalistas.

Queiroga falou nesta quarta-feira (23) com os jornalistas após cerimônia de lançamento de um fórum sobre proteção de fronteiras.

Inicialmente, o ministro foi questionado sobre o que faria em relação à vacina indiana Covaxin. À Folha de S.Paulo, o deputado Luis Miranda (DEM-DF) afirmou que alertou Bolsonaro sobre indícios de irregularidade na negociação do Ministério da Saúde para a compra do imunizante.

O deputado é irmão de Luís Ricardo Fernandes Miranda, chefe da divisão de importação do Ministério da Saúde, que relatou ao MPF (Ministério Público Federal), em depoimento em 31 de março, revelado pela Folha, ter sofrido pressão incomum para assinar o contrato.

Queiroga disse que o governo não comprou nenhuma dose do imunizante. “Todas as vacinas que têm registro definitivo da Anvisa ou emergencial, o Ministério considera para aquisições.

“Então, esperamos este tipo de posicionamento para tomar uma posição acerca não só dessa vacina, mas de qualquer outra vacina que obtenha registro emergencial ou definitivo da Anvisa porque já temos hoje um número de doses de vacina contratados acima de 630 milhões“, afirmou Queiroga.

Um outro jornalista perguntou então se o governo federal compraria a vacina mesmo com preço mais alto que os demais imunizantes. Foi neste momento que o ministro se irritou.

“Eu falei em que idioma? Eu falei em português. Então, não foi comprado uma dose sequer da vacina Covaxin nem da Suptinik”, disse o ministro.

Os repórteres explicaram que a pergunta se referia a uma intenção futura. Queiroga disse que “futuro é futuro” e deixou a entrevista sem responder a outras indagações.
 
A compra da vacina pelo governo Jair Bolsonaro entrou na mira do MPF (Ministério Público Federal) e da CPI da Covid, no Senado.
 
A Procuradoria da República no DF, no curso de um inquérito civil público, apontou cláusulas benevolentes no contrato assinado entre a Precisa Medicamentos e a pasta; quebra contratual, com o desrespeito dos prazos acertados; e suspeita de favorecimento à empresa, que faz a intermediação da vacina mais cara -US$ 15 (R$ 80,70) por dose- dentre as adquiridas pelo ministério.
 
Como revelou a Folha de S.Paulo, o Ministério Público Federal enxergou indícios de crime e desmembrou a investigação. A parte relacionada à aquisição da vacina Covaxin foi enviada no último dia 16 para um ofício da Procuradoria que cuida de combate à corrupção.
 
No despacho que desmembrou o procedimento, a procuradora Luciana Loureiro citou a “temeridade do risco” assumido pelo Ministério da Saúde com a contratação relacionada à Covaxin, “a não ser para atender a interesses divorciados do interesse público“.
 
“A omissão de atitudes corretivas da execução do contrato, somada ao histórico de irregularidades que pesa sobre os sócios da empresa Precisa e ao preço elevado pago pelas doses contratadas, em comparação com as demais, torna a situação carecedora de apuração aprofundada, sob duplo aspecto, cível e criminal”, afirmou a procuradora no despacho.

Adolescente morre após cair no chão e ficar desacordado ao ser agredido por colega dentro de escola pública de referência

Um estudante de 17 anos morreu após cair no chão e ficar desacordado ao ser agredido por outro aluno, de 15 anos, dentro de uma escola pública de referência no bairro do Curado 1, em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife. As informações são da Secretaria de Educação e Esportes de Pernambuco.

A Polícia Civil investiga o caso, que aconteceu na terça-feira (22) em um corredor da Escola de Referência em Ensino Médio Frei Romeu Peréa, durante o intervalo das aulas.

Inicialmente, a secretaria se referiu ao caso como uma “brincadeira” entre os colegas, mas, posteriormente, enviou uma nota classificando o ocorrido como uma “agressão”. O governo também disse que a equipe da escola prestou o socorro imediato de Mateus Henrique Leal de Souza, que foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Curado, onde morreu.

No texto, a secretaria também afirmou que acionou policiais militares da Patrulha Escolar. E que, ao chegar à escola, a Polícia Militar “conduziu o estudante agressor, de 15 anos, ao Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), por se tratar de um caso de crime contra a vida“. O nome dele não foi divulgado.

Homicídio culposo

O adolescente de 15 anos foi ouvido na delegacia na terça-feira (22), na presença da mãe e do gestor da escola. Ainda segundo o governo do estado, foi instaurado um procedimento especial de menor (PEM) tipificado, inicialmente, como homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

O estudante fica sob a guarda dos responsáveis e os autos da investigação devem ser encaminhados ao Ministério Público de Pernambuco, para providências cabíveis, de acordo com o governo estadual. A secretaria também lamentou o fato e afirmou estar apoiando as famílias dos jovens.

Por meio de nota, a Polícia Civil declarou que um ato infracional por homicídio culposo foi registrado pela Força Tarefa de Homicídios da Região Metropolitana Sul. “O corpo foi encaminhado para o IML [Instituto de Medicina Legal] da capital. As investigações seguirão até a completa elucidação”, disse a corporação, no texto.

Polícia prende dois suspeitos de assassinar a tiros funcionário da Celpe e deixar outro ferido em São Lourenço da Mata

A Polícia Civil prendeu dois suspeitos de assassinar a tiros um funcionário da Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) e ferir outro em São Lourenço da Mata, no Grande Recife, no dia 7 de junho. Os trabalhadores realizavam uma inspeção quando foram baleados.

A Operação No-Break, que resultou nas prisões da dupla suspeita dos crimes, aconteceu na terça-feira (22), mas foi divulgada nesta quarta-feira (23). Em nota, a polícia informou que também foram cumpridos cinco mandados de busca e apreensão domiciliar.

Informações sobre as prisões, como o local onde ocorreram, e sobre os suspeitos, como idades e se têm passagem anterior pela polícia, devem ser divulgados pela corporação em coletiva de imprensa da corporação nesta quarta-feira (23).

O assassinato e a tentativa de homicídio ocorreram na Avenida Oito de Maio, no bairro de Chã de Tábua. As duas vítimas estavam dentro do carro da Celpe quando foram atingidas por disparos de arma de fogo. Ejanilson Severino Batista, de 39 anos, morreu no local e Wellington José Cardoso, de 28 anos, foi socorrido.

Segundo a Polícia Civil, dois homens chegaram em uma motocicleta e atiraram nos dois funcionários da Celpe, os quais eram responsáveis pelo serviço de inspeção, que consiste em fiscalizar medidores de energia, o gasto de energia das residência e também o funcionamento das redes elétricas.

As marcas de, pelo menos, nove disparos foram encontradas no veículo da companhia usado pelas vítimas. As investigações foram iniciadas pelo Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP). O delegado Victor Leite esteve no local da ocorrência, mas não quis falar com a imprensa.

A Celpe, em parceria com o Disque-Denúncia, ofereceu uma recompensa de até R$ 100 mil para quem fornecesse informações sobre os dois homens que cometeram os crimes.

De acordo com a Polícia Civil, participaram da operação 25 policiais, entre agentes, delegados e escrivães. A ação foi assessorada pela Diretoria de Inteligência da corporação e contou com o apoio do Grupo Especializado em Perícias de Inteligência da Polícia Civil.

Licitação da Prefeitura do Recife para compra de cestas básicas é julgada irregular pelo TCE-PE

A Segunda Câmara do Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE-PE) julgou irregular uma licitação realizada pela Prefeitura do Recife para a compra de cestas básicas para os alunos da Rede Municipal de Ensino no valor de R$ 43.134.046,16 em três lotes, seguindo diretrizes do Banco Mundial. O julgamento ocorreu na última quinta-feira (17), e o seu resultado foi publicado no Diário Oficial do TCE-PE nessa segunda (21).

As cestas básicas foram adquiridas em meio à pandemia da covid-19 na gestão do ex-prefeito Geraldo Julio (PSB), atual secretário de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, para atender as famílias das crianças que estavam em casa, sem aulas presenciais.

Trata-se do Processo Licitatório nº 004/2020 – Pregão Eletrônico nº 004/2020, cujo edital foi publicado no dia 5 de maio de 2020. O TCE-PE abriu uma auditoria para investigar a regularidade do certame, o que motivou o julgamento da sua regularidade.

A prefeitura tentou realizar o pregão com recursos de empréstimo com o Banco Mundial, mas houve uma negativa do agente financeiro. A secretaria de Administração do Recife realizou o certame seguindo as normas previstas para licitações envolvendo o Banco Mundial, na expectativa de prorrogação de um contrato com a instituição, o que não ocorreu.

De acordo com a auditoria, a administração municipal não retomou a fase de negociação de preços depois disso, o que vai de encontro ao Princípio da Indisponibilidade do Interesse Público. Além disso, ressaltou que “a tentativa de negociação de obter preços mais vantajosos é um poder-dever do pregoeiro”.