Todos os posts de Alyson Nascimento

Graduado em Letras Graduando em Jornalismo Radialista (Apresentador do programa Clube do Sócio ) - Rádio Pajeú Chefe de Gabinete - Prefeitura de Afogados da Ingazeira

Zelensky acusa Rússia de “terrorismo insano” em reação ao ataque ao shopping

O presidente ucraniano Volodymyr Zelensky acusou a Rússia de ter “terroristas totalmente insanos” em referência ao ataque aéreo em um shopping em Kremenchuk, no centro da Ucrânia. O bombardeio deixou ao menos 18 mortos.

Nesta terça-feira (28), Zelensky disse o mundo deve parar com o “terror russo”.

“Estes não são ataques de mísseis fora do alvo em jardins de infância, escolas, shopping centers, prédios de apartamentos, são ataques calculados dos invasores. A Rússia deve ser reconhecida como um patrocinador estatal do terrorismo. O mundo pode e , portanto, deve parar o terror russo”, afirmou o presidente ucraniano.

O ataque ao shopping na segunda-feira (27), além de deixar 18 mortos, deixou dezenas de desaparecidas. Líderes na cúpula do G7 na Alemanha chamaram o ataque de “abominável” e “um crime de guerra”.

A União Européia chamou o ataque de “ato hediondo”, acrescentando em um comunicado.

“O bombardeio contínuo de civis e objetos civis é repreensivo e totalmente inaceitável e equivale a um crime de guerra”, diz a nota da entidade.

Respondendo ao ataque, Moscou disse que atingiu uma fábrica de armas e munições fabricadas no Ocidente, vizinha ao que chamou de shopping “inoperante”.

Pulseira inteligente detecta infecção por Covid-19 dois dias antes dos sintomas surgirem, aponta estudo

Desenvolvida para rastrear em tempo real o período fértil de mulheres, a pulseira Ava conseguiu detectar os primeiros indícios fisiológicos da Covid-19 em pessoas infectadas dois dias antes do surgimento dos sintomas, de acordo com estudo publicado neste mês na revista científica “BMJ Open”.

O trabalho reuniu cientistas em um consórcio internacional, com participantes da Alemanha, da Holanda e do Canadá, sob liderança de pesquisadores suíços. Os pesquisadores analisaram dados de mais de 1,1 mil pessoas no ano de 2020.

Dentre elas, 127 tiveram casos de Covid-19 confirmados e 68% das pessoas infectadas tiveram mudanças em parâmetros corporais percebidos pelo algoritmo criado pelos cientistas. Os cálculos matemáticos interpretaram dados gerados pela pulseira dois dias antes dos sintomas surgirem.

Disponível comercialmente por US$ 279 (cerca de R$ 1,5 mil), a Ava possui três sensores que medem cinco parâmetros fisiológicos: frequência respiratória, frequência cardíaca, variabilidade da frequência cardíaca, temperatura da pele do punho e perfusão da pele (passagem de líquido através do sistema circulatório ou linfático).

Os dados cruciais para a identificação da Covid-19 foram a frequência cardíaca e respiratória, que apresentaram mudanças expressivas. Ao surgimento dos sintomas, foi constatada uma respiração a mais por minuto durante a noite, aceleração cardíaca de 0.87 batidas por minuto e aumento da temperatura do pulso em 0,18°C.

Usada apenas durante o sono, o dispositivo coleta dados a cada dez segundos e requer pelo menos quatro horas de sono relativamente ininterrupto. Para obter as informações, os participantes sincronizaram suas pulseiras com um aplicativo para celular ao acordar, transferindo dados do dispositivo para o sistema da Ava.

A Ava é o primeiro acessório weareble voltado para a medição da fertilidade que possui o aval da Food and Drug Administration (FDA), agência reguladora dos Estados Unidos. Atualmente, está em fase de teste na Holanda com 20 mil pessoas participantes. Os resultados da eficácia do acessório como estratégia de saúde pública no combate à pandemia deve sair ainda este ano.

Oposição deve protocolar pedido de CPI do MEC nesta terça e espera leitura no plenário na quarta

A oposição ao governo do presidente Jair Bolsonaro deve protocolar nesta terça-feira (28) o pedido de abertura da CPI do MEC. O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) espera que a leitura do requerimento no plenário do Senado seja feita na quarta (29).

A leitura do requerimento é uma etapa necessária para a instalação de uma CPI. Quem decide se fará a leitura e se ela deverá ser feita é o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), depois de examinar se a CPI atende os requisitos para funcionar.

Um dos requisitos é que o requerimento seja assinado por, no mínimo, 27 dos 81 senadores (um terço). Randolfe diz já ter as assinaturas suficientes. Outro ponto que o requerimento deve apresentar é o fato a ser investigado e a duração dos trabalhos.

“Pacheco me informou que, protocolado [o requerimento], fará a leitura do requerimento”, disse Randolfe.

Segundo interlocutores de Pacheco, o presidente do Senado vai ouvir líderes da Casa antes de tomar a decisão sobre a CPI.

Denúncias no Ministério da Educação
A CPI pretende investigar as denúncias de corrupção no Ministério da Educação que surgiram nos últimos meses.

A oposição ganhou impulso para levantar as assinaturas após a prisão do ex-ministro Milton Ribeiro, em operação da Polícia Federal na semana passada. Depois Ribeiro foi solto pela Justiça.

O ex-ministro foi demitido em março, quando as denúncias foram divulgadas pela imprensa. Ele é suspeito de participar de um suposto esquema de liberação de verbas do MEC para projetos em municípios em troca de propina.

Também foram presos pela PF os pastores Gilmar Santos e Arilton Moura, que, segundo as investigações, tinha trânsito livre no MEC e eram privilegiados por Ribeiro.

Conforme denúncias feitas por prefeitos, o pastor Arilton Moura cobrava propina em dinheiro, ouro e até por meio da compra de bíblias para conseguir liberar verbas no Ministério da Educação.

Eleições 2022: Anderson Ferreira é o mais rejeitado, seguido de Danilo Cabral, mostra pesquisa

A pesquisa eleitoral Real Time Big Data mostra a intenção de voto para o Governo de Pernambuco e, também, ao Senado. Mas, além disso, o levantamento divulgado nesta segunda (27) pela Record/TV Guararapes indica a taxa de rejeição dos pré-candidatos ao Campo das Princesas.

De acordo com a pesquisa eleitoral, Anderson Ferreira (PL) é o pré-candidato ao Governo mais rejeitado. Ele é apoiado oficialmente pelo presidente Jair Bolsonaro (PL), que não desfruta de uma boa avaliação em Pernambuco.

Danilo Cabral (PSB), pré-candidato governista, aparece em segundo lugar na taxa de rejeição, num empate técnico com Anderson. Seu padrinho político, o governador Paulo Câmara (PSB), também não tem boa avaliação no estado. Confira o ranking de rejeição:

Anderson Ferreira (PL): 25%
Danilo Cabral (PSB): 22%
Marília Arraes (SD): 21%
Wellington Carneiro (PTB): 20%
João Arnaldo (PSOL): 18%
Jones Manoel (PCB): 18%
Claudia Ribeiro (PSTU): 17%
Raquel Lyra (PSDB): 15%
Miguel Coelho (UB): 14%
Esteves Jacinto (PRTB): 14%
Jadilson Bombeiro (PMB): 12%

Dando forma a outro empate técnico com o pré-candidato do PSB, Marília Arraes (SD) ficou em terceiro lugar. Ela deixou o PT neste ano para concorrer ao Governo e busca uma associação informal com o ex-presidente Lula (PT).

Raquel Lyra (PSDB), que aparece em segundo lugar na intenção de voto, ganhou um trunfo, aparecendo com apenas 15% de rejeição. Miguel Coelho (UB), outro nome forte na disputa, ficou com 14%.

A taxa de rejeição é a porcentagem de eleitores que afirmam não votar de maneira alguma em determinado candidato. Ela indica um teto para o crescimento de cada nome.

A pesquisa eleitoral Real Time Big Data foi encomendada pela Record. Para o levantamento, foram entrevistados 1.500 eleitores de Pernambuco. A margem de erro é de três pontos percentuais, para mais ou para menos, com intervalo de confiança de 95%.

Na corrida ao Senado em Pernambuco, Mendonça Filho e Armando Monteiro ocupam os primeiros lugares

A pesquisa eleitoral Real Time Big Data, além da intenção de voto para o Governo de Pernambuco, mostra também como está a disputa pelo Senado no estado. O levantamento traz novidades em relação aos cenários testados.

As principais diferenças desta pesquisa eleitoral, se comparada à Exame/Ideia ou mesmo ao Paraná Pesquisas, é a inclusão dos nomes de Armando Monteiro (PSDB) e Mendonça Filho (União Brasil), juntos, como pré-candidatos ao Senado.

Nem Armando nem Mendonça foram lançados como pré-candidatos, mas cogita-se que o ex-senador volte a disputar vaga na Câmara Alta na chapa liderada por Raquel Lyra (PSDB).

Mendonça Filho (UB): 23%
Armando Monteiro (PSDB): 21%
Teresa Leitão (PT): 10%
Gilson Machado (PL): 8%
André de Paula (PSD): 6%
Eugênia Lima (PSOL): 1%
Branco ou nulo: 14%
Não sabe ou não respondeu: 17%

A pesquisa eleitoral Real Time Big Data entrevistou 1.500 eleitores, entre os dias 24 e 25 de junho. A margem de erro é de três pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é 95%.

Avião com o cantor Felipe Araújo arremete duas vezes antes de pousar em São Luís para o São João da Thay

Uma aeronave em que estava o cantor sertanejo Felipe Araújo precisou arremeter duas vezes, na noite de segunda-feira (27), enquanto se aproximava do Aeroporto Internacional Hugo da Cunha Machado, em São Luís, devido ao mau tempo.

O cantor é uma das atrações musicais do São João da Thay, evento beneficiente idealizado pela atriz e digital influencer, Thaynara OG, que acontece nesta terça-feira (28), em São Luís. O g1 Maranhão fará a transmissão e cobertura em tempo real a partir das 20h.

O voo que, estava programado para decolar no fim da tarde do Aeroporto Internacional Pinto Martins, só conseguiu pousar em São Luís por volta das 20h30. A capital registrou um tempo chuvoso durante a noite de segunda e parte da madrugada desta terça-feira (28).

Esta é a primeira vez em que ele participa do evento. Em seguida, o sertanejo seguiu para um jantar pré-evento, realizado pela maranhense, em uma casa de festas na Avenida dos Holandeses, em São Luís. Ao chegar ao local, o cantor foi abordado por fãs e recebeu o carinho do público.

“Jantar hoje do São João da Thay e bem atrasadinho também, né? Vamos ‘simbora’ que eu estou atrasadinho já”, disse o cantor por meio de uma rede social.

Ao menos 49 morrem em incêndio em prisão na Colômbia, diz imprensa local

Ao menos 49 pessoas morreram por conta de um incêndio no presídio de Tuluá, no oeste da Colômbia, nesta terça-feira (28), segundo a imprensa do país.

Segundo o site de notícias “Caracol”, o Instituto Nacional Penitenciário e Carcerário da Colômbio confirmou o número de mortes.

Os prisioneiros, ainda de acordo com o site, tentavam uma fuga em massa e, para distrair funcionários do presídio, atearam fogo em colchões durante a troca de turno dos guardas.

As chamas, no entanto, saíram do controle e tomaram todo o edifício do pavilhão 8 do presídio, que tem cerca de 200 presidiários. No total, o presídio de Tuluá, que fica a cerca de 90 quilômetros de Cali, tem quase 1.300 pessoas presas, e organizações não governamentais do país denunciam superlotação e condições precárias no local.

O site do jornal “El Tiempo” afirma que outras 30 pessoas ficaram feridas e que o incêndio já foi controlado.

Petrolina tem o diesel mais caro de Pernambuco

Em Pernambuco, o diesel mais caro está em Petrolina. Na maior cidade do Sertão do Estado, é preciso desembolsar em média R$ 7,45 pelo litro do combustível. Por lá, no bairro Antonio Casimiro, o preço do litro do diesel S10 pode ser encontrado por R$ 8,30. Valor acima da média nacional.

Segundo levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) considerando o período de 19 a 25 de junho, o preço médio do diesel no Brasil atingiu a marca de R$ 7,56. Número que inclusive ultrapassou pela primeira vez, desde 2004, o preço médio da gasolina em todo território brasileiro, marcando atualmente R$ 7,39.

Pesquisa Real Time, em Pernambuco, mostra Marília em primeiro seguida por Raquel Lyra

A pesquisa eleitoral Real Time Big Data, divulgada no fim desta segunda-feira (27), mostra a intenção de voto para a disputa pelo Governo de Pernambuco. Os números, divulgados pela Record, indicam estabilidade na parte de cima do ranking, mas, pela primeira vez, Danilo Cabral (PSB) aparece com dois dígitos.

De acordo com a pesquisa eleitoral, Marília Arraes (SD) lidera com dez pontos percentuais de vantagem sobre Raquel Lyra (PSDB). De acordo com a pesquisa Exame/Ideia, divulgada no início do mês, a deputada liderava, mas num empate técnico com a ex-prefeita.

Na parte de baixo, Danilo Cabral chegou pela primeira vez aos dois dígitos. Apesar de não ser possível fazer um comparativo direto, o número indica que o pré-candidato governista pode ter começado a crescer. Ele aparece empatado com Miguel Coelho (UB) e pouco atrás de Anderson Ferreira (PL).

Confira o ranking:

Marília Arraes (SD): 27%
Raquel Lyra (PSDB): 18%
Anderson Ferreira (PL): 12%
Danilo Cabral (PSB): 10%
Miguel Coelho (UB): 10%
João Arnaldo (PSOL): 1%
Wellington Carneiro (PTB): 1%
Jones Manoel (PCB): 1%
Esteves Jacinto (PRTB): 0%
Jadilson Bombeiro (PMB): 0%
Claudia Ribeiro (PSTU): 0%
Brancos e nulos: 9%
Não souberam ou não responderam: 11%

Terça-feira (28) será de volta do calor no Sudeste e chuvas no Sul e Nordeste

A terça-feira (28) trará o retorno do calor em várias partes do Brasil, principalmente nas regiões Sul e Sudeste, que vinham com frio desde a semana passada. No Rio Grande do Sul e Santa Catarina, as temperaturas melhoram um pouco, mas chove em algumas partes do dia. No Paraná, a máxima chegará a até 23°C.

Já no Sudeste, os dias começam frios, mas ao longo da manhã e tarde o sol aparece com força em São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. Tempo quente também aparece no Centro-Oeste, com Palmas (TO) sendo a capital mais quente do país, chegando a 34°C. São Paulo chega a 25°C e o Rio de Janeiro, 27°C.

Uma massa de ar seco se espalha por grande parte do Brasil e deixa a umidade do ar bastante baixa em alguns municípios. Fora desta lista, no entanto, estão alguns no Nordeste: as chuvas seguem com alguma força no Grande Recife – onde chove sem parar há exatamente um mês – , em Salvador e em Aracaju.

Santa Casa de BH confirma duas mortes de pacientes após incêndio; causas dos óbitos serão investigadas

A assessoria de imprensa da Santa Casa de Belo Horizonte confirmou, no fim da noite dessa segunda-feira (27), as mortes de dois pacientes após incêndio que atingiu o 10º andar da unidade de saúde.

A instituição afirma que as pessoas, que não tiveram nomes e idades divulgados, não sofreram queimaduras. Os corpos serão encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) para que as causas dos óbitos sejam investigadas.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o fogo se alastrou depois que uma saída de oxigênio apresentou problemas em um dos quartos do décimo andar.

Foram mais de 950 pessoas evacuadas e 15 transferidas para outros hospitais.

O hospital informou que tinham 931 pacientes e que todos foram retirados, receberam atendimento médico e depois autorizados a retornar para a Santa Casa.

Após vistoria, a corporação afirmou que não houve dano estrutural no prédio.

Por meio de nota, a Defesa Civil de Belo Horizonte também informou que não foram registrados danos estruturais no prédio da Santa Casa. Ainda conforme o órgão, foram verificados danos no revestimento, mobilhas e parte elétrica. Área preventiva foi isolada.

Enquanto os militares debelavam o incêndio, pacientes, acompanhantes e funcionários tiveram que ficar nas ruas do entorno da Santa Casa.

Só no início da madrugada desta terça-feira (28) foi possível o retorno para as dependências do hospital.

“Esse incêndio se iniciou no 10º andar, onde funciona a UTI desse hospital e teria sido provocado, a princípio, devido a um vazamento de O2 (oxigênio) combinado com a pane, um colapso de um determinado equipamento. Imediatamente, as equipes do Corpo de Bombeiros realizaram o combate ao incêndio e evacuaram todo o hospital, especialmente aquelas pessoas que poderiam ser evacuadas naquele momento. O incêndio já foi debelado, não existe risco e não existe o registro de vítimas”, detalhou o tenente Pedro Aihara , porta-voz do Corpo de Bombeiros.

Cerca de um hora antes, o Corpo de Bombeiros já havia informado que não foram registradas mortes por queimaduras.

“Não houve nenhum tipo de óbito em decorrência direta do incêndio. Nenhuma pessoa que, por uma questão de queimadura, por inalação de fumaça ou por outro produto da combustão, ela tenha se transformado em óbito. O que ocorre é que, durante o momento de transferência, houve alguns óbitos já confirmados de vítimas que, pelo fato do 10º andar ser de Centro de Terapia Intensiva existiam várias vítimas graves, e algumas dessas vítimas vieram a óbito nesse momento da transferência. O que a direção do hospital realiza neste momento é a investigação, esses corpos vão ser conduzidos ao IML para que possa ser verificado se o óbito foi em decorrência da transferência ou do próprio quadro de saúde que esses pacientes apresentavam”, afirmou o tenente Pedro Aihara , porta-voz do Corpo de Bombeiros.

O que diz a Santa Casa
Leia a íntegra da nota:

“Acerca do incêndio ocorrido na ala C do 10º andar da Santa Casa BH, a instituição informa que os pacientes foram remanejados e submetidos a uma avaliação pelo corpo assistencial. A área onde ocorreu o incêndio encontra-se interditada pelo Corpo de Bombeiros e Defesa Civil e as demais áreas voltaram ao seu funcionamento regular.

No momento do início do incêndio, haviam 931 pacientes internados. Os que se encontravam no 10º e 9º andares foram removidos, mas já estão retornando e recebendo a devida assistência. Foram registrados dois óbitos de pacientes que apresentavam quadro clínico grave. Os corpos estão sendo encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML).

A Santa Casa BH agradece o trabalho realizado pela Polícia Militar de Minas Gerais, Corpo de Bombeiros Militar, Defesa Civil e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência. Ressalta, ainda, o trabalho e a disposição dos funcionários e brigadistas da instituição”.

Idosa morre atropelada por ônibus em avenida da Zona Sul do Recife

Uma idosa morreu atropelada por um ônibus da linha 062 – Jardim Piedade, operado pela empresa Borborema, na manhã desta segunda-feira (27), na avenida Conselheiro Aguiar, em Boa Viagem, na Zona Sul do Recife.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o motorista perdeu o controle do ônibus e invadiu a parada. A idosa estava na parada e tentou correr, mas não conseguiu evitar o impacto e morreu no local.

Segundo relatos de transeuntes, a barra de direção do coletivo teria quebrado. O motorista terminou derrubando a parada de ônibus onde a mulher estava até parar alguns metros depois. A idosa chegou a ficar embaixo do ônibus. Causas e circunstâncias do acidente serão esclarecidas por perícia técnica.

“O motorista estava desesperado. Quando desceu do carro, botou a mão na cabeça”, afirmou à reportagem um taxista que passou pelo local do acidente. Imagens mostram a parada de ônibus destruída pelo impacto do coletivo e um poste quase no chão.

O Corpo de Bombeiros socorreu o motorista do coletivo. Ele estava em estado de choque após o atropelamento e apresentou um quadro hipertensivo. A corporação informou que o homem foi encaminhado a um hospital particular no bairro do Derby, área central do Recife.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado por volta das 8h31. A vítima foi encontrada já em óbito pelas equipes de resgate. Uma outra mulher que também estava na parada de ônibus e ficou em choque com a situação foi atendida pelo Samu. Ela não precisou ser transferida para uma unidade de saúde.

Agentes da Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU) foram acionados ao local. A companhia registrou o acidente às 8h42. A Neoenergia Pernambuco enviou uma equipe para realizar os procedimentos necessários devido à colisão com o poste.

O Grande Recife Consórcio de Transporte informou que “está acompanhando o trabalho da perícia para saber o que causou o acidente e tomar as medidas cabíveis”.

A reportagem entrou em contato com a Polícia Civil de Pernambuco e aguarda o retorno.

Desembargador suspende decisão judicial que obrigava IBGE a incluir ‘orientação sexual’ no Censo 2022

O presidente Tribunal Regional Federal da 1ª Região, desembargador federal José Amilcar Machado, suspendeu a decisão que obrigava o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) incluir perguntas sobre orientação sexual e identidade de gênero no Censo 2022.

A decisão é de sexta-feira (24), conforme havia sido adiantado pelo colunista do Jornal O Globo Lauro Jardim, mas só foi divulgada pelo IBGE nesta segunda-feira.

“O IBGE só vai se manifestar sobre a suspensão da liminar da Justiça Federal do Acre, pelo TRF1, depois que a AGU tiver sido intimada e examinado a decisão”, informou o órgão em nota.

O Censo 2022 está previsto para começar oficialmente no dia 1 de agosto.

O recurso apresentado pelo instituto contra a decisão tomada em 1ª instância pela Justiça Federal do Acre foi parcialmente deferido pelo magistrado. Em sua decisão, Machado enfatizou considerar “tão-somente da situação temporal e gerencial, e a inequívoca grave lesão à ordem pública, administrativa e econômica” que a modificação dos questionários básico e amostral do Censo 2022.

O levantamento censitário é a maior pesquisa de campo realizada no Brasil. Ele deveria ter sido feito em 2020, mas vinha sendo adiado por diversas razões. Sua realização ainda em 2022 foi determinada em decisão tomada pelo Supremo Tribunal Federal (STF), o que foi considerado pelo desembargador ao derrubar a decisão da 1ª instância.

Segundo o desembargador, o IBGE demonstrou “a impossibilidade de implementação” das questões sobre orientação sexual e identidade de gênero às vésperas da pesquisa ir a campo.

“Repito, portanto, que a presente decisão está adstrita a aspectos gerenciais e temporais, uma vez que o início do Censo está às portas, e sua não ocorrência, como assinalado, acarretaria mais males do que benefícios à população. No entanto, nada obsta, ou melhor, é imprescindível que, com um planejamento prévio, essas perguntas sejam inseridas nos Censos dos anos vindouros, ou mesmo”, reiterou o magistrado.

Machado se disse sensível às questões relacionadas à população LGBTQIA+, mas ponderou que “as ações no sentido de tratamento igualitário para a população LGBTQIA+, com o necessário respeito que todo ser humano merece, não é mais discutível”.

“O cuidado e o esforço dos governantes devem ser amplos e considerar todo cidadão, buscando o atendimento dos seus direitos e a proteção das suas garantias, o que demanda política pública própria, devida a essa minoria, sem discriminação alguma”, acrescentou o desembargador.

Conselho da Petrobras elege Caio Mário Paes de Andrade como novo presidente

O Conselho de Administração da Petrobras elegeu nesta segunda-feira (27) Caio Mário Paes de Andrade como o novo presidente da empresa.

“A Petróleo Brasileiro S.A. – Petrobras, informa que seu Conselho de Administração, em reunião realizada hoje, por maioria, nomeou o Sr. Caio Mário Paes de Andrade como Conselheiro de Administração da Petrobras até a próxima Assembleia Geral de Acionistas e o elegeu para o cargo de Presidente da companhia, este último com prazo de mandato até 13/04/2023”, informou a Petrobras, em comunicado.

Segundo a assessoria de imprensa da estatal, Paes de Andrade assumirá a presidência assim que assinar o termo de posse, cuja data ainda não foi informada.

Acionistas minoritários ainda tentam barrar a posse de Andrade. A Associação Nacional dos Petroleiros Acionistas Minoritários da Petrobras (Anapetro) entrou com uma representação na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) contra a nomeação de Caio Paes de Andrade para a presidência da estatal.

Atual secretário de desburocratização do governo federal, Andrade irá substituir José Mauro Coelho no comando da companhia. Mauro Coelho pediu demissão no dia 20 depois de ser pressionado pelo governo Jair Bolsonaro por causa do alta dos preços dos combustíveis.

Após a renúncia de Coelho, a Petrobras nomeou o diretor executivo de Exploração e Produção da companhia, Fernando Borges, como presidente interino, destacando que ele ficaria no comando da companhia até a posse do novo presidente na estatal.

Perto das 14h, as ações da Petrobras tinham alta de mais de 6% na B3.

Aliados classificam a decisão de Bolsonaro de ter Braga Netto como vice como ‘erro’ que pode ser ‘fatal’

Blog do Valdo Cruz

Aliados do presidente Jair Bolsonaro classificaram de um “erro”, que pode ser “fatal”, a decisão dele de ter como seu candidato a vice na campanha da reeleição o general Braga Netto, ex-ministro da Defesa e atualmente assessor especial da Presidência da República.

Líderes do Centrão estavam tentando convencer Bolsonaro a escolher a ex-ministra da Agricultura Tereza Cristina como a companheira de chapa.

Segundo um líder do Centrão, a decisão de Bolsonaro, que ele oficializou no domingo (26) durante entrevista para um canal na internet, o 4 por 4, já era esperada nos últimos dias, depois que o presidente chegou a admitir uma mudança no nome de seu vice, admitindo a hipótese de trocar Braga Netto por Tereza Cristina, mas não fez nenhum movimento para conversar com a ex-ministra da Agricultura sobre o tema.

A equipe do comitê de reeleição avaliava, com base em pesquisas, que a escolha de uma mulher, com excelente trânsito no agronegócio, ajudaria o presidente Jair Bolsonaro voltar a crescer nos levantamentos de intenção de voto. E também contribuiria para reduzir a rejeição do público feminino à candidatura do presidente da República à reeleição.

Agora, destacam aliados de Bolsonaro, se a economia não melhorar neste segundo semestre, dificilmente o presidente vai voltar a crescer nas pesquisas, ficando estacionado na casa dos 30%. Ele pode, de acordo com sua equipe, passar para o segundo turno, mas nesse cenário, com um vice general e a economia ruim, não ganha na etapa decisiva da eleição.

Bolsonaro disse que vai anunciar nos próximos dias o nome de Braga Netto como seu candidato a vice. O presidente sempre teve uma preferência pelo ex-ministro da Defesa como uma espécie de seguro contra um eventual processo de impeachment num segundo mandato.

O presidente teme que o Centrão, com um vice ligado ao grupo, possa repetir com ele o mesmo que o MDB fez com a ex-presidente Dilma Rousseff. Com o apoio de emedebistas, o Congresso abriu e aprovou o impeachment da petista, assumindo o seu então vice Michel Temer.

Christiane Pelajo assume o ‘Conexão GloboNews’ e Cecília Flesch, o ‘Em Ponto’, a partir da próxima segunda-feira, dia 4

Com uma trajetória de mais de 25 anos na Globo e parte do seleto grupo de profissionais que lançou a GloboNews, em 1996, Christiane Pelajo assume um novo desafio no canal de notícias a partir da próxima segunda-feira, dia 4 de julho.

De São Paulo, a jornalista passa a dividir o comando do ‘Conexão GloboNews’ – que vai ao ar de segunda a sexta-feira, das 9h às 13h – com Leilane Neubarth, no Rio de Janeiro, e Camila Bomfim, em Brasília.

Christiane Pelajo entra no lugar de José Roberto Burnier que, em abril, assumiu a apresentação do ‘SPTV 2ª edição’. Com vasta experiência na ancoragem de telejornais, durante 10 anos esteve à frente da bancada do ‘Jornal da Globo’ e, desde 2016, apresentava o ‘Edição das 16h’ na GloboNews.

“A vida é feita de movimentos e eu não consigo ficar parada. Estou pronta e cheia de gás para essa nova movimentação na minha vida profissional. Há 26 anos, eu apresento jornal todos os dias. Já dei inúmeros “boa noite” e “boa tarde” no ar. Chegou a hora do “bom dia”. Estou mais feliz ainda de participar do primeiro jornal da GloboNews ancorado por três mulheres”, comemora Pelajo.

Também no dia 4, Cecília Flesch assume a ancoragem do em ‘Em Ponto’, telejornal que abre o dia levando as primeiras informações para os assinantes, de segunda a sexta-feira, das 6h às 9h.

Cecília Flesch assume o comando no lugar de Julia Duialibi, que a partir de julho se dedicará a outro jornal. Há 17 anos na GloboNews, Cecília já trabalhou como produtora, editora, repórter, além de ter apresentado todos os telejornais do canal.

“Quero ser uma boa companhia no comecinho do dia, enquanto as pessoas se arrumam, tomam café ou fazem seus exercícios. Quero ajudar as pessoas a tirarem suas dúvidas sobre aquilo que não entenderam direito. Falaremos sobre como o dia está começando pelo país, sem deixar de lado, claro, as informações da política e da economia nacional. Aquilo que todo mundo precisa saber, que impacta na nossa vida e no nosso dia a dia”, diz Cecília.

Putin anuncia primeira viagem ao exterior desde o início da guerra na Ucrânia

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, vai fazer sua primeira viagem ao exterior desde o início da ofensiva contra a Ucrânia (no fim de fevereiro), com uma visita na terça-feira ao Tadjiquistão, uma ex-república soviética da Ásia central.

“Está prevista para terça-feira uma visita de trabalho do presidente Putin ao Tadjiquistão”, anunciou o porta-voz da presidência russa, Dmitri Peskov.

O chefe de Estado russo também tem uma visita agendada para quarta-feira ao Turcomenistão para participar em uma reunião de cúpula dos países do Mar Cáspio.

A última viagem ao exterior do presidente russo aconteceu em 4 e 5 de fevereiro, quando visitou a China para uma reunião com colega Xi Jinping por ocasião da cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno.

Pouco mais de duas semanas depois, ele determinou o início da operação de seu país na Ucrânia, após meses de tensão e apesar dos esforços diplomáticos para impedir um ataque de Moscou.

Desde então, Putin não fez nenhuma viagem, nem para visitar o aliado mais próximo, o presidente de Belarus, Alexander Lukashenko, que visitou diversas vezes a Rússia.

Durante a pandemia de Covid, Putin permaneceu em uma bolha sanitária muito rígida e viajou apenas três vezes ao exterior entre fevereiro de 2020 e fevereiro de 2022.

Em junho de 2021 ele se reuniu com o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, em Genebra, com o primeiro-ministro indiano Narendra Modi em Nova Délhi em dezembro de 2021 e depois com Xi em Pequim em fevereiro de 2022.

Shopping center é alvo de ataque na Ucrânia

Pelo menos duas pessoas morreram e 20 ficaram feridas em um ataque com mísseis russos ao atingir um shopping center no centro da Ucrânia nesta segunda-feira (27), disse uma autoridade de alto escalão.

Kyrylo Tymoshenko, vice-chefe do gabinete do presidente Volodymyr Zelensky, disse que nove dos feridos estão em estado grave após o ataque com mísseis na cidade de Kremenchuk.

Segundo o presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, o shopping contava com mais de 1000 civis dentro das suas instalações.

No momento ainda não havia detalhes sobre as vítimas, mas Zelensky disse: “É impossível imaginar o número de vítimas”.

“Nenhum perigo para o exército russo. Sem valor estratégico. Apenas a tentativa das pessoas de viver uma vida normal, que tanto irrita os ocupantes”, declaro

Kremenchuk, uma cidade industrial de 217.000 habitantes antes da invasão russa da Ucrânia em 24 de fevereiro, fica no rio Dnipro, na região de Poltava, e é o local da maior refinaria de petróleo da Ucrânia.

A Rússia ainda não se pronunciou.

Arquibancada desaba e deixa 5 mortos na Colômbia

Pelo menos 5 pessoas morreram e outras ficaram feridas depois que uma arquibancada desabou neste domingo (26) durante uma tourada em Tolima, na Colômbia.

Ainda não se sabe o número total de vítimas, e a imprensa colombiana cita números diferentes de feridos. O jornal El Tiempo, que menciona autoridades locais, diz que são 500 feridos. Já a rádio Caracol diz que são pelo menos 60.

O acidente aconteceu durante um evento tradicional de São Pedro, quando o público é incentivado a entrar na arena com os touros. Segundo a imprensa local, um touro escapou do estádio e causou pânico no município.

O touro que fazia parte da apresentação ainda não foi pego e está causando pânico nas ruas do Espinal. O município decretou alerta amarelo para poder atender a emergência em tempo hábil.

Em entrevista à rádio Caracol, o diretor da Defesa Civil, major Luis Fernando Vélez, disse que um grupo de voluntários está se preparando para apoiar os esforços de resgate.

Na redes sociais, o presidente eleito da Colômbia Gustavo Petro lamentou o acidente.

“Espero que todas as pessoas afetadas pelo desabamento consigam se recuperar. Isso já havia acontecido antes em Sincelejo. Peço aos prefeitos que não autorizem mais shows com a morte de pessoas ou animais”, escreveu o presidente eleito.

Bolsonaro diz que vai anunciar Braga Netto como vice “nos próximos dias”

Dois dias depois da revelação do áudio de uma interceptação telefônica que lhe rendeu suspeitas de vazamento de uma investigação sigilosa da Polícia Federal, o presidente Jair Bolsonaro disse na noite de ontem que vai anunciar “nos próximos dias” o ex-ministro Walter Braga Netto como vice em sua chapa. Ele destacou a atuação do general nas Forças Armadas e fez elogios a outros postulantes ao cargo, como a ex-ministra Tereza Cristina.

— Pretendo anunciar nos próximos dias o general Braga Netto como vice. Temos outros excelentes nomes como a Tereza Cristina (ex-ministra da Agricultura). O General Heleno quase foi meu vice lá atrás, entre tantos nomes de pessoas maravilhosas, fantásticas que vinham sendo trabalhados ao longo do tempo. Mas vice é só um — afirmou, em uma entrevista concedida ao programa 4 por 4 neste domingo.

Bolsonaro destacou que Braga Netto tem 45 anos de serviço na caserna e que foi interventor por quase um ano no Rio de Janeiro, além de assumir o comando do ministério da Defesa. Ele deixou o cargo e foi nomeado assessor da Presidência. Para ser candidato, Braga Netto terá que deixar o cargo até o início de julho, para ficar livre para disputa de um cargo ao lado de Bolsonaro.

— Eu admiro muito o Braga Netto. E é uma pessoa que vai, caso a gente consiga uma reeleição, ajudar e muito o Brasil aqui nos próximos anos. Eu que agradeço o Braga Netto por ter aceitado essa missão — afirmou.

Na mesma entrevista, Bolsonaro também voltou a sair em defesa do ex-ministro da Educação Milton Ribeiro, dizendo que foi preso “injustamente” e que não havia indícios mínimos de corrupção, apesar da operação da PF contra Ribeiro.

Bolsonaro, no entanto, não fez nenhum comentário sobre ter sido citado como suspeito de interferência no inquérito. Em uma interceptação telefônica, Milton relatou à sua filha que havia conversado com o presidente, e que Bolsonaro havia lhe dito acreditar que seu ex-ministro seria alvo de busca e apreensão. Por isso, a Polícia Federal e o Ministério Público Federal apontaram suspeitas de vazamento da investigação por parte de Bolsonaro.

— O caso do Milton agora, quem começou essa investigação foi a Controladoria-Geral da União, a CGU, a pedido do próprio Milton. O Milton achou que algo estava errado, algumas pessoas estavam ao seu lado a forma como era assediado e pediu a CGU que fizesse ali um pente fino em contratos e observar se a ação dessas pessoas — afirmou.

O presidente acrescentou que foi a partir desse relatório que a Polícia Federal abriu sua investigação:

— Até que aconteceu o dia D, né? O dia da da prisão do Milton. Deixo claro, vocês já divulgaram aí que o Ministério Público foi contra a prisão do Milton. Não tinha indícios mínimos ali de corrupção por parte dele. No meu entender, ele foi preso injustamente.

O presidente não comentou a menção feita por Millton Ribeiro em uma ligação telefônica com sua filha, no dia 9 de junho, interceptada pela PF. No telefonema com a filha, Milton Ribeiro afirmou o presidente estaria “com um pressentimento que eles podem querer atingi-lo através de mim, sabe?”.

Após cerca de quatro horas de voos suspensos, Aeroporto do Recife volta a operar normalmente

Após cerca de quatro horas em suspensão dos voos, o Aeroporto Internacional do Recife voltou a operar às 21h30 deste domingo (26). A empresa Aena Brasil, administradora do aeroporto, confirmou que as operações foram retomadas, podendo voltar os pousos e decolagens.

No fim da tarde deste domingo, às 17h12, o sistema de iluminação da pista de pouso e decolagem apresentou uma falha. O circuito de luzes é alimentado por dois sistemas de baterias independentes, e ambos apresentaram problemas.

Inicialmente, a previsão do retorno das atividades era às 19h. Toda a equipe de manutenção foi envolvida na solução do problema.

Por meio de nota, a Aena informou o retorno das operações e pediu desculpas pelos transtornos causados pela interrupção.

Cantor Tarik Lima e sua namorada morrem após colisão entre moto e carro, na BR-101, na Grande João Pessoa

O cantor Tarik Lima e a namorada dele, Gabrielle Oliveira, de 22 anos, morreram neste domingo (26), após um acidente na BR-101, em Bayeux, na Grande João Pessoa. Eles estavam em uma moto quando houve a colisão com um carro. A jovem que estava na garupa morreu no local. O músico foi levado ao Hospital de Trauma, mas não resistiu aos ferimentos.

Segundo a equipe de produção do cantor, Tarik se preparava para fazer uma cirurgia de amputação de uma das pernas devido a uma bactéria, mas sofreu uma parada cardíaca e morreu 24h após a morte da namorada, da qual ele já havia sido informado.

Conforme o Hospital de Trauma, o corpo do cantor já foi liberado e seguiu para o Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (Numol).

Nas redes sociais, fãs e amigos relataram que Tarik era um jovem que teria uma carreira de sucesso. “Tarik estava no início de um grande sonho”, contou uma fã.

O velório deve acontecer a partir das 8h, em uma funerária de João Pessoa, segundo informou a equipe do cantor.

Vereador de Porto Alegre Mauro Zacher morre após sofrer mal súbito durante prova de natação em Fortaleza

O vereador de Porto Alegre Mauro Zacher (PDT) morreu aos 46 anos, na manhã deste domingo (26), em Fortaleza. Conforme a assessoria do político, ele participava de uma prova de natação quando teve um mal súbito.

Zacher chegou a ser socorrido e levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Praia do Futuro. Contudo, as tentativas de reanimação não surtiram efeito.

O vereador estava em seu quinto mandato. Mauro Zacher deixa a esposa, dois filhos, mãe e dois irmãos. Ainda não há informações sobre velório e sepultamento.

Homenagens
Nas redes sociais, políticos lamentaram a morte de Zacher. O prefeito Sebastião Melo (MDB) afirmou que irá decretar luto oficial na cidade em homenagem ao vereador. “A vida é mesmo um sopro. Com choque e profunda tristeza recebo a notícia do falecimento precoce do vereador Mauro Zacher, em viagem a Fortaleza. Estamos dedicados a dar todo suporte à família”, disse Melo.

O governador Ranolfo Vieira Júnior (PSDB) lamentou a morte, dizendo “receber com muita tristeza” a informação. “Minha solidariedade aos familiares, amigos e colegas. Que Deus conforte a todos nesse momento difícil”, escreveu.

O deputado federal Pompeo de Mattos (PDT-RS) ressaltou a trajetória do vereador no partido. “É uma perda lastimável, sobretudo por se tratar de alguém tão jovem, promissor e cheio de vida. Seu nome ficará na nossa memória e na história do PDT”, observou.

O pré-candidato do partido à Presidência, Ciro Gomes, relembrou do título de “Cidadão Porto-alegrense” que recebeu há duas semanas após proposta do vereador. “Estive com ele no início deste mês, quando me concedeu a honra do título de cidadão de Porto Alegre. Lamento muito esta perda”, disse Ciro Gomes.

Já o pré-candidato do PDT ao governo do estado, Vieira da Cunha, destacou o perfil do companheiro de partido. “Líder estudantil, brizolista, atuante vereador de POA, parte cedo demais. O PDT perde um dos seus mais qualificados quadros. Jovem, estudioso, preparado, tinha um grande futuro pela frente. Perco um grande amigo”, mencionou.

O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, afirmou estar “profundamente chocado com a perda do companheiro Mauro Zacher”. Colegas vereadores e políticos de diversas legendas manifestaram pesar pela morte de Zacher.

Ministro da Justiça diz que não tratou de operações da PF com Bolsonaro durante viagem aos EUA

O ministro da Justiça, Anderson Torres, publicou neste domingo (26) em uma rede social uma mensagem na qual disse que não tratou de operações da Polícia Federal com o presidente Jair Bolsonaro durante a viagem que eles fizeram aos Estados Unidos no início deste mês.

Anderson Torres integrou a comitiva de Bolsonaro que viajou para Los Angeles, onde o presidente participou nos dias 9 de 10 deste mês da Cúpula das Américas.

Segundo interceptação telefônica feita pela Polícia Federal, em 9 de junho, o ex-ministro da Educação Milton Ribeiro disse a uma filha que Bolsonaro havia lhe relatado “pressentimento” de que ele, Ribeiro, poderia ser usado para atingir o presidente. Milton Ribeiro foi preso pela PF no último dia 22 e solto um dia depois.

“Diante de tanta especulação sobre minha viagem com o Presidente Bolsonaro para os EUA, asseguro categoricamente que, em momento algum, tratamos de operações da PF. Absolutamente nada disso foi pauta de qualquer conversa nossa, na referida viagem”, publicou Anderson Torres neste domingo.

A Polícia Federal é vinculada ao Ministério da Justiça.

Com base nessa e em outras gravações, o Ministério Público pediu autorização da Justiça para apurar se houve interferência de Bolsonaro nas investigações sobre Milton Ribeiro. O caso foi enviado para análise do Supremo Tribunal Federal (STF), e a relatora é a ministra Cármen Lúcia.

O advogado da família Bolsonaro, Frederick Wassef, disse ter sido autorizado pelo presidente a dizer à imprensa que ele “não interferiu na PF” e que não tem “nada a ver com essas gravações”.

Casal pede à Justiça para terminar união estável, mas acaba se casando: ‘ninguém esperava’

O que era para ser o fim de um relacionamento de mais de 10 anos se tornou um recomeço na vida do casal Max Tony Mateus dos Santos e Marcielle Lima Santos. Na segunda-feira (20), eles iriam assinar a dissolução da união estável, mas uma conversa com servidores do Tribunal de Justiça do Amapá (Tjap) fez os companheiros desistirem do término e mais do que isso: eles se casaram no dia seguinte.

O fato inusitado ocorreu esta semana no fórum da cidade de Pedra Branca do Amapari, no Centro-Oeste do Amapá. O casal chegou a ir até a Comarca para a assinatura da dissolução da união estável, mas após diálogo com servidores aconteceu a decisão pelo casamento civil.

O Tjap explicou que o casal foi recebido na segunda-feira (20) pela mediadora Nilce Ferreira e o conciliador Elivaldo Silva, que perceberam que ainda havia bons sentimentos entre o casal e, por isso, usaram técnicas de constelação familiar e círculo restaurativo para que Max e Marcielle se reconciliassem.

“A gente viu que ainda existia algo em comum entre nós dois. Aí ela [mediadora] perguntou: ‘vocês querem casar hoje?’. Nós respondemos que não, que não dava. Aí ela falou: ‘vão para casa, relaxem e quando for amanhã vocês vêm bem arrumadinhos’. Aí no outro dia a gente voltou ao Fórum e eles tinham organizado casamento, comprado bolo e fizeram a cerimônia”, disse a esposa.

O casamento foi uma surpresa para ambos, mas eles conversaram e decidiram dar esse novo passo na relação.

“Foi tudo bem surpresa, ninguém esperava, mas foi algo muito emocionante. A conciliadora teve a sensibilidade em ver que ainda existia um sentimento entre nós dois. Algo que a gente não estava conseguindo ver, ela conseguiu em um único dia e poucas horas de conversa”, completou.

A mediadora Nilce Ferreira explicou que o casal estava separado há um ano, mas tentava a reconciliação. Com isso, a profissional conseguiu que os companheiros optassem pela conversão da união estável em casamento.

“Percebi que ainda existia amor entre os dois, que estavam muito emocionados. Expliquei todo o procedimento de conversão para o casamento e o fato foi comunicado à juíza da Comarca, que se colocou à nossa disposição”, relatou.

Eletricista de máquinas pesadas, Max falou que resolveu dar uma segunda chance para a relação com Marcielle porque percebeu que ainda é apaixonado por ela.

“Ainda existia amor entre eu e a minha esposa. Eu queria voltar e ela também, aí demos uma chance um para o outro. A gente sempre quis casar, mas nunca tinha tido a oportunidade”, comentou.

Há 11 anos em união estável, desde março o casal havia voltado a viver na mesma casa. No entanto, devido a problemas pessoais, Marcielle disse que não havia um bom diálogo com o companheiro.

“Nesse dia que a gente foi ao Fórum que a gente conseguiu conversar mesmo. A gente nunca tinha tido nenhum tipo de conversa, porque aconteceram muitas coisas, eu fiquei doente, minha filha engravidou, meu filho foi morar em outro estado e tudo isso fez eu ir me fechando”, disse Marcielle.