Todos os posts de Alyson Nascimento

Graduado em Letras Graduando em Jornalismo Radialista (Apresentador do programa Clube do Sócio ) - Rádio Pajeú Chefe de Gabinete - Prefeitura de Afogados da Ingazeira

Sobe para 14 o números de casos da Covid-19 em Afogados da Ingazeira

A Prefeitura de Afogados da Ingazeira acaba de informar o registro de cinco novos casos confirmados de Covid-19.

Confira detalhes de cada um dos pacientes: 

1. Paciente do sexo masculino, 39 anos, empresário que estava em investigação e teve resultado para COVID – 19, positivo.

2. Paciente do sexo masculino, 04 anos, filho do casal que testou positivo ontem, realizou teste rápido em nossa Unidade de Campanha e apresentou resultado positivo;

3. Paciente do sexo masculino, 49 anos, pedreiro, trabalha em Sertânia,  apresentou sintomas sugestivos, foi testado em nossa Unidade de Campanha e apresentou resultado positivo.

4. Paciente do sexo feminino,  48 anos, dona de casa, contato do caso positivo de 49 anos, apresentou sintomas sugestivos e foi testada em nossa Unidade de Campanha com resultado positivo.

5. Paciente do sexo masculino, 70 anos, aposentado, foi testado na nossa Unidade de Campanha e deu positivo.

Segundo a nota todos os pacientes apresentam quadro leve e estão em isolamento domiciliar monitorado, assim como as pessoas próximas a eles. O óbito que estava em investigação deu negativo e, o menor de um ano apresentou recuperação clínica, recebeu alta e está curado. 

Após depor por escrito à PF, Weintraub fala em tentativa de calar liberdade de expressão

Após depor por escrito à PF, Weintraub fala em tentativa de calar liberdade de expressão

O ministro Abraham Weintraub depôs por escrito nesta quinta-feira à Polícia Federal em um inquérito que investiga possível crime de racismo. Weintraub compareceu à sede da corporação, embora sua equipe tenha encaminhado novo recurso ao Supremo Tribunal Federal questionando a audiência. O pedido, protocolado às 14h21 não teve tempo de ser apreciado, já que o depoimento estava marcado para as 15h.

Na saída, o ministro não falou com a imprensa, somente a apoiadores que o esperavam em frente à sede da Polícia. Erguidos nos braços por manifestantes, e utilizando um megafone, Weintraub declarou: “Só tenho uma coisa a falar a vocês,  liberdade é a coisa mais importante em uma democracia. E a primeira coisa que vão tentar calar é a liberdade de expressão. Obrigada pelo apoio”.

No novo recurso apresentado pela defesa do ministro, os advogados questionam não só a data da oitiva, mas também reclamam que intimação para a audiência foi enviada para endereço eletrônico do Ministério da Educação no dia 21 de maio e que não houve intimação oficial. “Se tais comunicações são feitas de forma indevida, o mínimo que podemos dizer delas é que são nulas de pleno direito”, justificaram.

“Caso sejam ignoradas tais exigências legais, estar-se-á passando uma perigosa mensagem de que as regras processuais podem ser dobradas ao alvitre de quem estiver na posse do malhete”, completaram os advogados.

A defesa criticou a decisão do ministro Celso de Mello, relator do caso, pela oitiva, chamando-a de “teratológica” “inusitada” e “absurda”. Também estenderam críticas ao Judiciário. “É de se estranhar que algumas decisões que vêm sendo tomadas em desfavor do agravante Abraham Weintraub não constam de nenhum diploma legal ou ignoram o texto expresso da lei.”

Caso Miguel: internautas clama por justiça

Morte de Miguel expõe o racismo estrutural por trás das ...

O caso de Miguel Otávio, de 5 anos, que veio a óbito após cair do 9º andar das Torre Gêmeas, no bairro de São José, vem repercutindo nacionalmente. Nas redes sociais, as hashtags #justicapormiguel e #justicaparamiguel ganharam força. No Twitter, o assunto lidera os tópicos mais comentados com mais de 280 mil posts.

Entenda o que aconteceu:

Miguel, de 5 anos, estava passando o dia no trabalho da mãe, nessa terça (2), no apartamento localizado no 5º andar do Píer Maurício de Nassau, um dos prédios das Torres Gêmeas, no Centro do Recife. 

Em determinado momento, a trabalhadora doméstica, Mirtes Renata, desceu para passear com os cachorros da patroa, Sarí Gaspar Côrte Real, e deixou a criança sob sua responsabilidade. Agoniado e impaciente à espera da mãe, Miguel tentou sair do apartamento. Em uma primeira tentativa, foi impedido. 

Na segunda tentativa, as câmeras do circuito interno de segurança do edifício mostram a criança no elevador sozinho – acompanhado por Sarí, que do lado de fora, ainda aperta o último andar do prédio e permite que a porta feche. Quando o elevador para, no nono andar, a criança desembarca. Local de onde viria a cair fatalmente.

O primeiro atendimento à vítima foi feito pela mãe e por um médico que mora no edifício, no momento ela ainda estava viva. O SAMU chegou a ser acionado às 13h23, mas quando chegou o menino já estava sendo encaminhado ao Hospital da Restauração, no bairro do Derby, na área central do Recife. Miguel não resistiu e morreu ainda no caminho.

 

Sarí presa por homicídio culposo:

Primeira-dama de Tamandaré, Sarí Gaspar Côrte Real foi presa em flagrante na terça-feira (2) por homicídio culposo. De acordo com as autoridades, ela agiu com negligência, mas, após pagar fiança de R$ 20 mil, responderá em liberdade. A informação foi divulgada em coletiva de imprensa na tarde dessa quarta-feira (3).

Repercussão:

Nas redes sociais internautas pedem por justiça, muitos deles elencam a ideia de “racismo”.

Pernambuco: 37.507 casos e 3.134 óbitos, dados das últimas 24 horas


A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) confirmou, nesta quinta-feira (04.06), 1.044 novos casos da Covid-19 no Estado. Destes, 243 se enquadram como Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) e 801 como leves. Agora, Pernambuco totaliza 37.507 casos já confirmados, sendo 15.292 graves e 22.215 leves. Além disso, foram confirmadas 122 mortes, ocorridas desde 17 de abril.  

O aumento no número de mortes no boletim de hoje está relacionado, mais uma vez, ao atraso no envio de informações pela rede hospitalar – 66,3% (81) ocorreram entre o mês de abril e o dia 30 de maio e 33,7% (41) foram registradas nos últimos 4 dias de maio. Com isso, o Estado registra 3.134 óbitos pela Covid- 19. Os detalhes epidemiológicos serão repassados ao longo do dia pela Secretaria Estadual de Saúde.

TSE autoriza convenções partidárias virtuais nas eleições 2020

Tribunal Superior Eleitoral autoriza convenções partidárias ...

Tribunal Superior Eleitoral (TSE) autorizou nesta quinta-feira (4) a realização de convenções partidárias de forma virtual pelos partidos nas eleições municipais de 2020, em razão da pandemia do coronavírus.

 

De acordo a decisão, os partidos têm autonomia para utilizar as ferramentas tecnológicas que entenderem necessárias para as convenções.  Vale ressaltar que, é nessas reuniões que os partidos definem os candidatos a prefeito e a vereador. As convenções, pelo calendário eleitoral, devem ser realizadas entre 20 julho e 5 de agosto.

 

Mesmo devido à Pandemia, as eleições municipais, por enquanto, seguem mantidas. O ministro do Tribunal Superior Eleitoral Luís Roberto Barroso, antes de tomar posse da Corte, havia afirmado a possibilidade de adiamento, entretanto, se disse contra o prolongamento dos mandatos dos atuais prefeitos e vereadores.

Weintraub deve pedir exoneração do Ministério da Educação, diz revista Veja

A revista Veja publicou, na noite desta quarta-feira (3), que o ministro da Educação, Abraham Weintraub, deve pedir exoneração da pasta. Segundo a publicação, ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e representantes do Parlamento foram informados da decisão a partir de integrantes do Palácio do Planalto, que fizeram a notícia circular nos bastidores.

A decisão de pedir demissão foi tomada após o ministro sofrer ataques dentro e fora do governo, principalmente devido ao comentário feito durante a reunião ministerial do dia 22 de abril de 2020 no qual chamou os ministros do STF de ‘vagabundos’. Fontes informaram à revista Veja que a saída de Weintraub deve acontecer até o fim desta semana.

Na noite desta quarta-feira, o ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou o recurso apresentado pela defesa do ministro Abraham Weintraub para adiar o depoimento, marcado para esta quinta-feira (4), no âmbito do inquérito em que é investigado por racismo contra a China. Os advogados alegaram que, devido ao cargo ocupado no governo, o ministro poderia escolher a data e horário da oitiva. As informações são do jornal Estado de S. Paulo.

Blog Afogados On-line

Balanço dos números do Coronavírus no Pajeú; acompanhe os dados

Segundo os últimos boletins epidemiológicos divulgados na quarta-feira (04), a Região do Pajeú já soma 343 casos confirmados, 21 óbitos e 164 recuperados por Covid-19.

Veja os números dos casos confirmados:

Serra Talhada – 157

São José do Egito – 42

Tabira – 35

Triunfo – 25

Carnaíba – 17

Itapetim -13

Tuparetama – 9

Afogados da Ingazeira – 9

Quixaba – 8

Flores 7

Iguaracy – 6

Santa Terezinha – 6

Brejinho – 5

Calumbi – 2

Santa Cruz da Baixa Verde – 1

Ingazeira – 1

Solidão – 0

 

O números de óbitos estabilizou de terça para quarta, somando assim 21 mortes, confira os dados:

 Serra Talhada – 5

Carnaíba – 4

Triunfo – 4

 Quixaba – 3

Tabira – 2

Iguaracy /Itapetim /Tuparetama – 1

De acordo com as informações passadas pelas secretarias municipais de saúde, o número de curas no Pajeú subiu. Não entra no levantamento os dados emitidos depois das 10h de hoje. 

Brasil bate novo recorde de mortes por conta da Covid-19

Ministério da Saúde divulgou nesta quarta-feira (3) seu mais recente balanço com as atualizações de casos e mortes por complicações do coronavírus no Brasil.

Vejamos os dados:

– Nas últimas 24 horas foram:

Casos confirmados – 28.633

Mortes – 1.349

– Número total:

Casos confirmados – 584.016

Mortes – 32.548

Pacientes em acompanhamento – 312.851

Pacientes recuperados – 238.617

 

O balanço da quarta-feira registrou também 408 mortes que aconteceram nos últimos três dias. Além disso, segundo o Ministério da Saúde, há mais 4.115 suspeitas que estejam sob investigação.

 

Em momento histórico na TV brasileira, Globo News coloca no ar um jornal apresentado apenas por negros

Em decorrência das diversas manifestações nos Estados Unidos após a morte de George Floyd, a GloboNews decidiu escalar jornalistas para comentar e debater questões raciais no programa Em Pauta. Contudo, o canal foi duramente criticado nas redes sociais por apresentar somente comunicadores brancos diante do tema, nessa terça-feira (02).

Após o assunto repercutir na internet, a emissora colocou jornalistas negros a fim de comentar sobre racismo. No Em Pauta desta quarta-feira (03), Heraldo Pereira comandou o debate.

 

Ele dividiu a atração ao lado de grandes figuras do jornalismo brasileiro, como Maju Coutinho, Aline Midlej, Lilian Ribeiro e Zileide Silva. As profissionais de comunicação relataram várias situações em que sofreram racismo.

 

A presença dos jornalistas negros na GloboNews gerou elogios dos internautas. “Time 100% negro. Tem que manter isso daí, viu?”, “Estamos mudando as coisas” e “Eu tô chorando” foram algumas das reações no Twitter.

O jornalista Marcelo Cosme esclareceu, ainda na GloboNews, que a cobertura de ontem, de fato, foi comandada por uma equipe de pessoas brancas. “A Globo tem a diversidade como um valor e se orgulha dos profissionais negros que tem”, disse.

NOTÍCIAS DA QUARTA-FEIRA 03 DE JUNHO


 – Confira outras informações desta quarta-feira, da nossa região, do Brasil e do mundo. 

– Paciente recuperada de coronavírus no Piauí volta a ter teste positivo

A prefeitura e autoridades de saúde da cidade de Paraíba, no Piauí, investigam um caso suspeito de reinfecção por coronavírus. Uma técnica de enfermagem, que testou positivo para a Covid-19 em 27 de abril, ficou em quarentena de 14 dias e foi dada como recuperada da doença, contudo voltou a testar positivo.

Em ambos os casos em que a paciente apresentou sintomas para a doença, em abril e junho, foram realizados testes sorológicos, que identificam a presenta de anticorpos no organismo, e testes de swab, onde amostras de mucosas são recolhidas na garganta do doente para confirmar a presença do vírus.

Continuar lendo NOTÍCIAS DA QUARTA-FEIRA 03 DE JUNHO

Rede quer afastamento de Sérgio Camargo da Fundação Palmares

Bahia.Ba

O partido Rede Sustentabilidade vai pedir o afastamento do Presidente da Fundação Palmares, Sérgio Camargo, em ação no Superior Tribunal de Justiça (STJ).  A decisão da legenda ocorre após o jornal O Estado de S. Paulo revelar um áudio em que Camargo chama o movimento negro de “escória maldita” e de “vagabundos”.

A sigla deve entrar com um mandado de segurança coletivo no tribunal. Além disso, o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) deve mover uma nova ação popular contra Camargo na Justiça Federal de Brasília.

Nas redes sociais, Randolfe Rodrigues expressou indignação com as declarações do presidente da Fundação Palmares e o classificou como “criminoso”.

Morre em Recife radialista e gráfico Antonio Carlos Moreno

Faleceu a pouco no Hospital Otávio de Freitas, em Recife, Antonio Carlos Moreno, radialista e gráfico.  Ele tinha 44 anos. Na foto, com esposa e filhos.

Antonio Carlos passou pela Rádio Pajeú como repórter de rua, repórter esportivo, quando foi nosso contemporâneo, e  chegou a  apresentar edições do programa Pajeú Social. Também integrou a equipe esportiva da Afogados FM. As duas rádios externaram luto por seu falecimento.

Teve ainda passagem pelo setor gráfico. Ele morreu em consequência de infecção causada por um quadro tardio de diagnóstico de apendicite, depois de ter dado entrada mais de uma vez no Hospital Regional Emília Câmara e só depois ser transferido  .

A família ainda não informou horário do sepultamento. Antonio Carlos deixa esposa e dois filhos. Um deles, Samuelson Humberto, colaborador da Rádio Pajeú. Nossa solidariedade.

Blog de Nill Júnior 

Quem ficar desempregado até três de julho pode pedir o auxílio emergencial

Os profissionais que ficarem desempregados até o dia 3 de julho têm direito de receber o auxílio emergencial de R$ 600, segundo o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães. Para isso, o profissional terá que fazer o pedido do benefício pelo aplicativo Caixa | Auxílio Emergencial ou pelo site auxilio.caixa.gov.br até a data-limite. Se pedir em 4 de julho, por exemplo, não conseguirá ter a a ajuda federal.

Além, disso, será preciso atender às regras do programa, como ser maior de 18 anos, ter renda familiar de até três salários mínimos ou de meio salário mínimo por pessoa da família e não ter recebido, em 2018, rendimentos tributáveis de mais de R$ 28.559,70. 

“Lembrando que, até o dia 3 de julho, a população pode realizar o cadastramento. Algumas pessoas estavam empregadas e não teriam o direito e podem, ao longo do tempo, passar a ter o direito”, afirmou Guimarães, em entrevista coletiva nesta terça-feira (2).

Outra condição que o beneficiário deverá cumprir é de não estar recebendo o seguro-desemprego. Neste caso, o trabalhador deve ter sido dispensado sem justa causa e, por já ter feito jus ao benefício em outros momentos e não se encaixar nas regras, não terá direito de recebê-lo agora. Com isso, poderá solicitar o auxílio emergencial. 

O auxílio é um benefício criado pelo Congresso para garantir renda a informais e famílias de baixa renda na pandemia do novo coronavírus. Ao todo, são pagas três parcelas de R$ 600 a quem atinge todas as regras para ter a grana. Mães chefes de família recebem cota dupla, de R$ 1.200.

Bolsonaro veta repasse de R$ 8,6 bi para estados e municípios combaterem coronavírus

O presidente da República Jair Bolsonaro vetou o uso do saldo remanescente do Fundo de Reservas Monetárias (FRM), de cerca de R$ 8,6 bilhões, para o combate ao novo coronavírus. A decisão foi publicada na edição desta quarta-feira (3) do “Diário Oficial da União”.

 

A destinação do dinheiro tinha sido aprovada em maio pelo Congresso Nacional durante a análise de medida provisória editada por Bolsonaro e que extinguiu o fundo. Bolsonaro também vetou outros trechos do texto aprovado pelos parlamentares, entre eles o que previa a repartição do dinheiro entre estados e municípios para a compra de materiais de prevenção à pandemia.

 

O presidente sancionou apenas a parte da lei que extingue o fundo, que já estava inativo. Agora, cabe ao Congresso analisar o veto presidencial, que poderá ser mantido ou derrubado. Não há ainda previsão de quando a questão será analisada pelos parlamentares.

Durante a tramitação na Câmara e no Senado, o projeto havia sido aprovado com grande consenso.

 

Entre os deputados, a votação tinha sido simbólica (sem o registro de votos no painel eletrônico), modalidade usada geralmente quando há acordo sobre o teor da matéria. No Senado, a aprovação havia sido unânime, com 75 votos a favor.

 

Ao ser questionado nesta terça-feira sobre o veto, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse ter ficado surpreso com a decisão de Bolsonaro.

 

“A informação que eu tinha dos deputados era que tinha ocorrido um acordo, inclusive para a destinação desses recursos. De fato, surpreendeu o veto do governo em relação a esses 8,6 bilhões. É um direito do presidente [vetar]. Cabe ao Parlamento chamar uma sessão do Congresso e decidir pela manutenção ou derrubada do veto”, disse.

 

No dia em que o projeto foi votado na Câmara, o deputado Sanderson (PSL-RS), um dos vice-líderes do governo, foi o responsável por indicar a posição governista. Ele deixou claro que o Palácio do Planalto era a favor de destinar o dinheiro para os entes federados usarem no enfrentamento ao coronavírus. “O governo é favorável a fazer a destinação de 8,7 bilhões de reais para ajuda específica a estados e municípios neste momento tão difícil”, disse Sanderson na ocasião. 

CNBB define regras para realização de cerimônias religiosas durante pandemia

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) definiu regras para a realização de cerimônias religiosas durante a época de pandemia do novo coronavírus (covid-19). O documento, que foi assinado pelo presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Liturgia, dom Edmar Peron, recomenda que os fiéis respeitem as medidas de distanciamento e higiene.

As igrejas abrirão durante o dia para visitas individuais. As missas dominicais devem ser frequentadas por pessoas que não estejam em grupos de risco. Elas devem usar máscaras de proteção no local. Também é recomendado que as pessoas não façam aglomeração no momento de sair.

Ainda segundo a CNBB, pessoas doenças podem receber em a comunhão em casa. Quem está em um grupo de risco pode ir à missa durante a semana, quando há menos fiéis no local.

Atividades que envolvam aglomerações e grupos maiores como procissões e festas estão suspensas.

Confira mais algumas regras:

Batismo das crianças
Os pais é que deverão traçar o sinal da cruz diante do rosto da criança. Na unção pré-batismal, o ministro usará um algodão para batizar a criança. Esse algodão será incinerado depois.

Primeira comunhão
As crianças poderão fazer primeira comunhão em um pequeno grupo durante uma missa dominical.

Unção dos enfermos
Sacerdotes mais idosos não devem fazer a unção em pessoas com suspeita da doença.

Casamentos
As alianças devem ser tocadas somente pelos noivos.

Funerais
A CNBB recomenda que gestos de contato pessoal sejam evitados.

Criança ateia fogo em colchão e causa incêndio no bairro Borges

Um incêndio, iniciado por uma criança de quatro anos de idade, atingiu uma residência no bairro de Borges, no município de Afogados da Ingazeira, na tarde da última terça-feira (2). De acordo com o corpo de bombeiros, a dona da casa informou que a criança estava com um isqueiro e ateou fogo no colchão.

Em nota, os bombeiros informaram que as chamas atingiram a sala, dois quartos e a cozinha da residência. Entretanto, não houve vítimas. Durante o Programa Som da Terra, da Rádio Pajeú – FM, com Alyson Nascimento, vizinhos ligaram para emissora pedindo socorro, pois não sabia quem estava dentro da casa e que o fogo já havia tomado conta da residência.  

Nos vídeos encaminhados ao blog é possível notar as chamas tomando conta da casa A comunidade afogadense iniciou uma campanha em prol da família atingida. 


Estado de Pernambuco confirma 955 novos casos de Covid-19 e 79 óbitos, números maiores que os divulgados ontem

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) confirmou nesta quarta-feira (3), 955 novos casos da Covid-19 em Pernambuco. Também foram confirmadas 79 óbitos pela doença. Agora já são 3.012 óbitos no estado. No boletim de ontem, foram confirmados 608 casos e 58 óbitos.

Entre os confirmados, 252 se enquadram como Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) e 703 como leves. Agora, Pernambuco totaliza 36.463 casos já confirmados, sendo 15.049 graves e 21.414 leves.  Todos os detalhes epidemiológicos serão repassados ao longo do dia pela Secretaria Estadual de Saúde.

 

Depois de críticas e muitas especulações, Bolsonaro oficializada Eduardo Pazzuelo como ministro interino da saúde

O general Eduardo Pazzuelo foi oficializado nesta quarta-feira (3) como ministro interino da saúde. Embora sua atuação, na prática, aconteça desde o dia 15 de maio, sua nomeação foi publicada hoje no Diário Oficial da União.

Pazzuelo assumiu a pasta interinamente após o anúncio da saída do ministro Nelson Teich no dia 15 de maio, antes de completar um mês no cargo. O país segue sem um ministro à frente do ministério da Saúde há mais de 20 dias. De acordo com dados atualizados pela pasta na terça-feira (2), o Brasil tem 555.383 casos confirmados de coronavírus e 31.199 vítimas fatais.

O presidente Bolsonaro declarou à imprensa no último dia 20 que o ministro interino deve ficar à frente da pasta “por muito tempo”. “Ele [Pazuello] vai ficar por muito tempo, esse que está lá. Não vai mudar não. Ele é um bom gestor, vai ter uma equipe boa de médicos abaixo dele”, declarou.

Segundo informações, Pazuello comunicou à equipe da pasta que deve permanecer no cargo até o fim de agosto ou, ainda, no início de setembro. A partir da data, alegou que conversará com o presidente Jair Bolsonaro sobre uma possível efetivação. Antes de chegar ao cargo, o militar Eduardo Pazzzuelo vinha atuando como secretário-executivo do Ministério da Saúde.

Região do Pajeú: Casos confirmados – 314, óbitos – 21, recuperados – 156; veja os detalhes por cidades

Conforme os últimos boletins epidemiológicos divulgados pelas secretarias de saúde dos municípios do Pajeú, dezesseis, das dezessete cidades da região, têm casos confirmados de Covid-19, o número subiu para 314 casos.


Acompanhe os números dos casos confirmados:

Serra Talhada – 139

São José do Egito – 42

Tabira – 31

Triunfo – 25

Carnaíba – 16

Itapetim -13

Tuparetama – 8

Afogados da Ingazeira/ Flores/ Quixaba – 7

Iguaracy – 6

Brejinho – 5

Santa Terezinha – 4

Calumbi – 2

Santa Cruz da Baixa Verde – 1

Ingazeira – 1

Solidão – 0

 

O número de óbitos devido a Covid-19 subiu para 21, confira os dados:

 Serra Talhada – 5

Carnaíba – 4

Triunfo – 4

 Quixaba – 3

Tabira – 2

Iguaracy /Itapetim /Tuparetama – 1

 

Já o número de pacientes recuperados aumentou e agora somam 156.

A levantamento de casos confirmados, óbitos e recuperados foi feito com os dados divulgados pelas secretarias municipais de saúde até às 9h, desta quarta-feira (03).

Papa Francisco: ‘Não podemos tolerar nem fechar os olhos ao racismo’

Papa Francisco é incisivo quanto ao racismo e manda recado aos fiéis: 'não é possível fechar os olhos'

O papa Francisco afirmou nesta quarta-feira (3) que considera “intolerável” qualquer forma de racismo, em uma mensagem na qual se referiu aos protestos nos Estados Unidos após a morte de George Floyd, e condenou a violência registrada em parte das manifestações.

“Não podemos tolerar nem fechar os olhos diante de nenhuma forma de racismo, ou de exclusão, e pretender defender o caráter sagrado de toda vida humana”, disse Francisco em sua audiência, antes de afirmar que “nada se ganha” com reações violentas como as registradas nos últimos dias.

Ao mesmo tempo, devemos reconhecer que “a violência das últimas noites é autodestrutiva (…). Nada se ganha com a violência e muito se perde”, afirmou em uma mensagem específica aos fiéis dos Estados Unidos.

“Acompanho com grande preocupação os dolorosos distúrbios sociais que estão acontecendo em sua nação nos últimos dias, após a trágica morte do senhor George Floyd”, acrescentou o pontífice.

Francisco disse que estava rezando ao lado da Igreja dos Estados Unidos e de seus fiéis “pelo descanso da alma de George Floyd e de todos os demais que perderam suas vidas pelo pecado do racismo”.

“Rezamos pelo conforto das famílias e amigos enlutados e rezamos pela reconciliação nacional e a paz que ansiamos”, completou o papa. 

George Floyd, um homem negro de 46 anos, foi morto em 25 de maio em Minneapolis por asfixia, quando era imobilizado por um policial após sua detenção. O caso provocou uma impressionante onda de protestos contra o racismo e a violência policial em todo país.

Governo do Rio de Janeiro decreta intervenção em hospitais de campanha

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC-RJ) - Wilton Junior/Estadão Conteúdo

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), determinou hoje que a secretaria de Saúde assuma a gestão de sete hospitais de campanha que estavam sendo administrados pelo Instituto de Atenção Básico à Saúde (Iabas).

O decreto foi publicado hoje no Diário Oficial do Estado. A decisão foi motivada por atrasos nas obras. Com uma verba de mais de R$ 830 milhões, todos os hospitais de campanha do estado deveriam ter sido entregues no final de abril. Entretanto, apenas a unidade do Maracanã está funcionando e sem a capacidade máxima.

Com a intervenção, a administração dos sete hospitais de campanha será feita pela Fundação Nacional da Saúde. Além do Maracanã, estão em construção as unidades de São Gonçalo, Nova Iguaçu, Duque de Caxias, Nova Friburgo, Campos dos Goytacazes e Casimiro de Abreu. O decreto aponta deficiência na gestão e ainda prevê a rescisão do contrato com a organização social e a aplicação de eventuais sanções para “resguardar e ressarcir o patrimônio público”.

O Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro já havia determinado que o poder executivo não realizasse, autorizasse ou permitisse qualquer pagamento relacionado ao contrato firmado com o instituto.

Paróquia do Senhor Bom Jesus dos Remédios presta conta das doações recebidas nas campanhas

Na noite desta terça-feira (02), o Pe. Gilvam Bezerra, pároco da Catedral do Senhor Bom Jesus dos Remédios encaminhou para o blog a prestação de contas do que foi arrecadado por meio da conta da paróquia e das cestas básicas recebidas da ONG “Amigos do Sertão”.

As doações depositadas na conta da paróquia fazem parte da campanha de ajuda às famílias do bairro Borges, que foram atingidas no último dia 25 de março, devido às enchentes. O valor arrecadado foi empregado na compra de fogões, botijões, registros, areia, cimento e um nebulizador, beneficiando assim, cerca de 33 famílias.

A paróquia também recebeu nestes últimos dias 1.000 cestas básicas da ONG “Amigos do Sertão”, para os menos favorecidos do município. Comunidades como a Vila Pitombeira, Borges, Brotas, São Cristóvão, Queimada Grande, Poço da Volta, residencial Laura Ramos foram contempladas.

Na nota enviada o Pe. Gilvam Bezerra agradece aos que se empenharam nas campanhas: Nossos agradecimentos pela parceria e apoio na logística da distribuição a Diocese de Afogados da Ingazeira; Secretaria de Educação, Secretaria de Assistencia Social, Secretaria de Saúde, Guarda Municipal, Polícia Militar, Pastorais, Movimentos e Serviços de nossa querida Paróquia. Que o Senhor Bom Jesus dos Remédios nos livre de todo o mal!”, concluiu o pároco.

Confira na íntegra a prestação de contas. 

MPF investiga baixo investimento do governo Bolsonaro no combate ao coronavírus

O Ministério Público Federal determinou hoje a abertura de um inquérito civil público para apurar a baixa aplicação de dinheiro público, por parte do governo de Jair Bolsonaro, no combate à pandemia do novo coronavírus.

Segundo informações prévias obtidas pelos procuradores, do montante de R$ 11,74 bilhões disponibilizados para execução direta, pelo Ministério da Saúde, somente R$ 2,59 bilhões haviam sido empenhados e apenas R$ 804,68 milhões foram efetivamente pagos até 27 de maio. Isso significa que, até a data verificada pelo MPF, apenas 6,8% dos recursos disponíveis haviam sido gastos.

Os procuradores destacam, na ação, que os repasses aos estados e municípios foram drasticamente reduzidos a partir da segunda quinzena de abril. A instauração do inquérito foi motivada pelo recebimento de uma representação com informações de um estudo elaborado por meio de dados contidos em páginas oficiais do Ministério da Saúde.

De acordo com o MPF, o estudo evidencia uma possível ineficiência da União para enfrentar os desdobramentos da covid-19 na área da saúde em, ao menos, três aspectos: pouca utilização dos recursos previstos para despesas — especialmente nos de aplicação direta pelo Ministério da Saúde —, demora na liberação de recursos aos demais entes federativos e pequena participação da União no custeio da saúde, em relação ao financiamento total assumido pelos entes federativos.

O inquérito vai averiguar as razões pelas quais a União não vem utilizando as verbas orçamentárias disponíveis para o enfrentamento da pandemia, assim como os motivos pelos quais os repasses a estados e municípios têm sofrido retenção. O MPF solicitou ainda informações ao Ministério da Saúde, ao Conselho Nacional de Saúde, ao Conselho Nacional dos Secretários da Fazenda, à Frente Nacional de Prefeitos e à Confederação Nacional de Municípios para contar com documentos que possam subsidiar o inquérito. Os órgãos têm 10 dias para prestarem informações, a partir do recebimento dos ofícios.

Brasil registra recorde de 1.262 mortes por Covid-19 em 24 horas e chega a 31.199

O Ministério da Saúde divulgou nesta terça-feira (2) seu mais recente balanço com os casos e mortes por complicações do coronavírus Sars-Cov-2. 

Os principais dados são:

31.199 mortes, eram 29.937 na segunda (1º)

Foram 1.262 registros de morte incluídos em 24 horas

555.383 casos confirmados, eram 526.447 na segunda

Foram incluídos 28.936 casos em 24 horas

300.546 pacientes estão em acompanhamento (54,1%)

223.638 pacientes estão recuperados (40,3%)

 

A alta nas contagens diárias após um fim de semana e uma segunda-feira de baixos registros acontece porque, nestes dias, as notificações costumam ser menores já que os municípios trabalham com equipes de saúde reduzidas. O balanço da terça-feira registrou também 367 mortes que aconteceram nos últimos 3 dias. Além disso, segundo o Ministério da Saúde, há mais 4.312 suspeitas que estão sob investigação.