Arquivo da categoria: Notícias

Jornalistas são vítimas de ataques homofóbicos; MP abre investigação contra padre

Os repórteres da TV Globo Erick Rianelli e Pedro Figueiredo, que são casados, foram vítimas de ataques homofóbicos no último fim de semana. Um dos agressores está sendo investigado pelo MP.

Uma declaração de Erick para Pedro por ocasião do Dia dos Namorados do ano passado viralizou na data deste ano, a partir do último sábado (12).

“Pedro Figueiredo, nosso colega, repórter, meu amor, meu marido: eu te amo! Feliz Dia dos Namorados para a gente, para todos os casais apaixonados que estão nos assistindo, que todo mundo tenha um Dia dos Namorados maravilhoso”, disse Erick, ao vivo no Bom Dia Rio.

No mesmo jornal, outros repórteres também fizeram declarações para maridos, esposas e namoradas.

Quando ele acordar, eu vou mostrar esse recadinho para ele no Globoplay. Desejo um feliz Dia dos Namorados para ele, para todo mundo, para todos os casais que acompanham a gente aqui no Bom Dia Rio!”, declarou Fernanda Rouvenat.

“Deve ter um vinho, deve ter alguma coisa para a gente celebrar, mas não até muito tarde, porque amanhã tem plantão!”, brincou Lívia Torres.

Quando o vídeo de Erick voltou a circular, surgiram os ataques homofóbicos. Um foi de Alexandre Geleia, dono de uma lanchonete em Brasília.

Outro foi pelo padre Paulo Antônio Müller, da Paróquia de Tapurá (MT), durante o sermão da missa do último domingo (13).

A gente faz um namoro, não como a Globo apresentou essa semana. Dois viados. Desculpa, dois viados. Um repórter com um veadinho, chamado Pedrinho. ‘Prepara meu almoço, tô chegando, tô com saudade’. Ridículo! Que chamem a união de dois viados, duas lésbicas, como querem, mas não de casamento”, declarou.

Bolsonaro muda de ideia e avalia acabar com abono PIS/Pasep para elevar Bolsa Família

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) pensa em extinguir o pagamento anual do abono salarial do PIS/Pasep para poder aumentar o valor médio do Bolsa Família de R$ 190 para R$ 300. Hoje o abono salarial é de até um salário-mínimo (atualmente, em R$ 1.100) pago uma vez por ano a 25 milhões de trabalhadores com carteira assinada e renda mensal de até dois salários mínimos.

Em setembro do ano passado, Bolsonaro havia dito que jamais tiraria dinheiro dos pobres para dar aos paupérrimos, em alusão aos estudos do governo para unificar os programas sociais. O corte do abono do PIS/Pasep significaria exatamente isso. A perda de popularidade e a necessidade de criar uma marca social contribuíram para que o presidente passasse a considerar a eliminação de um benefício para engordar outro.

Técnicos da equipe econômica do Ministério da Cidadania têm mostrado para Bolsonaro que a extinção do abono salarial garantiria pelo menos mais R$ 20 bilhões ao orçamento do Bolsa Família, atualmente em R$ 35 bilhões. Com R$ 55 bilhões, o governo conseguiria criar um novo programa social com valor médio do benefício de R$ 300, sem se preocupar com regras fiscais.

Julgamento do Cacique Marquinhos no TSE é suspenso

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) suspendeu o julgamento do Recurso Especial Eleitoral (Processo nº 0600136-96.2020.6.17.0055) que trata da inelegibilidade do prefeito indígena eleito da cidade de Pesqueira (PE), Cacique Marquinhos Xucuru (Republicanos), que venceu as eleições municipais na cidade com 51% dos votos válidos.

O relator do caso no TSE, ministro Sérgio Banhos, votou contra o recurso apresentado pelo candidato.

Para ele, a condenação em 2ª instância do prefeito eleito Marquinhos Xucuru em 2015, acusado de envolvimento em um incêndio em uma residência em 2003 foi legítimo, mantendo a causa de inelegibilidade.

Mas o Processo foi retirado de julgamento porque o Ministro Edson Faquin apresentou um pedido de destaque.

Nesse caso o julgamento sai do meio eletrônico e vai para a sessão de vídeoconferência com o debate entre todos os ministros, defesa e Procuradoria Geral Eleitoral.

O processo ainda não tem previsão de quando entrará na pauta do TSE. Como o recesso forense se aproxima é provável que fique para o 2° semestre.

Restam os votos de Luís Roberto Barroso, Edson Fachin, Alexandre de Moraes, Luiz Felipe Salomão e Mauro Campbell.

Queiroga passa a ser investigado na CPI

O relator da CPI da Pandemia, senador Renan Calheiros (MDB-AL), informou nesta quarta-feira (16) à CNN que vai incluir o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, na lista que de autoridades que passarão da condição de testemunhas para investigados.

Os senadores do G7, grupo de oposição e de independentes que comanda a comissão, avaliam que Queiroga demonstrou diversas vezes não ter autonomia para conduzir a pasta e que, apesar do discurso, submete-se ao que consideram negacionismo do presidente. Procurado, o ministro não se manifestou.

A ideia é que o relator da CPI, Renan Calheiros, faça um despacho transformando-os automaticamente em investigados. Uma mudança em relação à estratégia anterior, de votar um requerimento que seria apresentado pelo senador Alessandro Vieira.

Também deverão ser apresentados os crimes pelos quais eles passarão a ser investigados, como os previstos nos artigos 132 do Código Penal (Perigo para a vida ou saúde de outrem), 268 (Infração de medida sanitária preventiva), 315 (Emprego irregular de verbas ou rendas públicas) e 319 (Prevaricação).  

PE é um dos 5 estados que não divulgam número total de vacinados com primeira e segunda doses em cada cidade

Pernambuco é um dos cinco estados que não divulgam o total de pessoas vacinadas por município, dividindo a aplicação dos imunizantes entre primeira e segunda doses. Um levantamento feito pela TV Globo constatou que 21 unidades da Federação e o Distrito Federal divulgam esses números, de diferentes maneiras.

Além de Pernambuco, os portais dos governos de Roraima e do Espírito Santo apresentam informações parciais sobre a campanha de vacinação. Os estados de Alagoas e da Paraíba divulgam dados mais resumidos.

O Governo de Pernambuco disponibilizou, na segunda semana de junho, um painel que mostra outros dados sobre a vacinação.

Com essa ferramenta, é possível acompanhar a quantidade de vacinas distribuídas para cada município, aplicação de primeira e segunda doses por grupo prioritário, percentual de vacinados por etnia indígena, perfil dos vacinados por sexo, raça e cor.

Não é possível fazer o download desses dados para analisar o total de primeira ou segunda doses por município e pelo perfil de gênero, por exemplo.

Na página do perfil dos vacinados, há uma tabela com data de vacinação de cada pessoa, dose aplicada nessa data e uma coluna com título ‘município estabelecimento’.

Outra página mostra o número de doses aplicadas em relação ao total de doses distribuídas pelo estado a cada município.

Também é possível localizar a distribuição de vacinas por datas, por Gerência Regional de Saúde (Geres) e por fabricante, além da distribuição de seringas e agulhas por data e produto.

O que diz o governo

Por meio de nota, a Secretaria Estadual de Saúde informou que está previsto para próxima semana o início da divulgação do número de vacinados contra a Covid-19 por município, com a especificação entre primeira e segunda dose. Essas informações vão ser apresentadas no painel de acompanhamento vacinal.

A secretaria disse, ainda, que, por problemas no sistema de informação do Ministério da Saúde, decidiu criar um monitoramento paralelo junto aos municípios, no início da vacinação, em janeiro de 2021.

A ideia é divulgar diariamente as doses que estão sendo aplicadas na população. Esse dado é publicado desde 20 de janeiro, de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde.

Na nota, a secretaria reforça que, além do painel de acompanhamento vacinal, divulga diariamente os dados de vacinados por grupo, com primeira e segunda dose, a partir das informações que são repassadas pelos municípios, responsáveis por vacinar a população.

Esse monitoramento é incluído no boletim epidemiológico diário. O governo afirmou também que a estratégia de ampliação da divulgação dos dados vem sendo, constantemente, aperfeiçoada e ampliada.

O estado reforçou que os municípios precisam continuar alimentando o sistema de informações do Ministério da Saúde com os dados digitados de forma nominal. E que é de responsabilidade dos municípios vacinar os moradores e divulgar essas informações.

Por fim, a Secretaria de Saúde de Pernambuco informou que, atualmente, há uma diferença de 500 mil doses aplicadas entre o que é repassado para o estado e o que está disponível no site do Ministério da Saúde.

Alegou que a uniformização dos dados da campanha de vacinação contra a Covid-19 depende da alimentação correta de todos os sistemas.

Cidades do Amapá enfrentam 5º apagão em menos de um ano

Pouco antes das 16h desta quarta-feira (16), cidades do Amapá voltaram a registrar um apagão total, com a suspensão do fornecimento de energia elétrica. Ainda não há informações exatas sobre quantos municípios foram atingidos.

O Ministério de Minas e Energia (MME) confirmou que o apagão aconteceu às 16h05, com desligamento da carga atendida pela Subestação Macapá, administrada pela Linhas de Macapá Transmissora de Energia (LMTE).

A nota do ministério informou que “as causas do desligamento deverão ser identificadas no Relatório de Análise de Perturbação”.

Esse foi o 5º apagão total registrado no estado desde novembro de 2020, quando o estado ficou 4 dias totalmente “no escuro” e quase 20 dias com o fornecimento precário do produto . A energia foi restabelecida gradativamente após cerca de 30 minutos.

A Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA) informou que a falta de energia desta quarta-feira “foi provocada pela saída da Linha de Transmissão de 230 KV entre Jurupari e Laranjal do Jari”, no Sul do estado.

Além disso, a distribuidora de energia informou que “já acionou o Operador Nacional do Sistema e está aguardando recuperação deste trecho para recompor os sistemas de distribuição”.

Em nota, o ONS informou que avaliará as causas da ocorrência junto aos agentes envolvidos e, posteriormente, fará um Relatório de Análise da Perturbação (RAP).

Morre o prefeito Adelmo Duarte

Faleceu na manhã desta quarta-feira (16), o prefeito de Lajedo, Agreste Pernambucano. Adelmo Duarte (PSD) foi vereador, prefeito e deputado. Devido ao falecimento, a prefeitura do município decretou luto oficial de 7 dias na Cidade. 

O governador Paulo Câmara (PSB) lançou nota de pesar pela morte do gestor. “Recebi com muita tristeza a notícia da morte do prefeito Adelmo Duarte, que cumpria seu terceiro mandato à frente da cidade de Lajedo. Ex-vereador e ex-deputado estadual por duas legislaturas, Adelmo tinha raízes fincadas no movimento social do campo, de onde jamais descuidou ao longo de toda a sua trajetória política. Quero manifestar minha solidariedade e pesar a todos os seus familiares e amigos, e também ao povo de Lajedo“.

A Amupe, também se manifestou. A” Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe) lamenta profundamente a morte do prefeito de Lajedo, Adelmo Duarte. Ex-deputado estadual, Adelmo prestou relevantes serviços ao povo de Lajedo e ao povo pernambucano. Pedimos a Deus que conforte seus familiares, amigos e a população de Lajedo“. 

Brincadeira com arma acaba em tragédia e morte na cidade de Tabira

Uma brincadeira indevida acabou em tragédia na Cidade das Tradições. Maria Mikaele, 20 anos, foi morta com um tiro disparado acidentalmente pelo próprio irmão.  Felipe Alves, de 23 anos,  estava manuseando a arma quando ocorreu o disparo de forma acidental.

Informações indicam que Felipe não sabia que a arma estava carregada, foi brincar com a irmã, mirou e disparou. O incidente foi no Bairro da Cohab.

A vítima foi levada de imediato para Hospital Municipal Dr. Luiz José da Silva Neto, porém não resistiu.  A Policia Militar e Civil foram chamadas ao local.

O Instituto de Criminalística foi ao local e o corpo foi levado ao IML de Caruaru. O sepultamento deve ocorrer hoje.

O caso foi registrado na Delegacia de Tabira e  o irmão, indiciado por homicídio culposo, sem intenção de matar, ou por dolo eventual, por ter assumido o risco de matar a irmã com a brincadeira. O caso está sendo investigado pelo Delegado Clay Anderson.

Casal e filha de 16 anos são resgatados após serem feitos reféns por suspeito de matar família em Ceilândia, diz delegado

Um casal e a filha de 16 anos foram resgatados após serem feitos reféns na tarde desta terça-feira (15) pelo suspeito de matar uma família em Ceilândia, no Distrito Federal, segundo a polícia.

O delegado Raphael Barboza informou que Lázaro Barbosa, 32 anos, levou a família para uma mata na região de Cocalzinho de Goiás. Houve troca de tiros no local com as equipes policiais, que conseguiram resgatar as três pessoas sem ferimentos.

Também nesta terça, dois policiais foram baleados durante as buscas pelo suspeito. Os militares foram baleados de raspão e levados para hospitais goianos.

O primeiro policial foi ferido pela manhã, no povoado de Edilândia, que fica na região de Cocalzinho de Goiás.

O segundo policial foi baleado por volta das 15h, na mesma região. Os bombeiros informaram que ele é um sargento da PM que foi atingido com um tiro de raspão no rosto. O militar foi encaminhado consciente para um hospital de Anápolis, a 55 km de Goiânia.

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública de Goiás informou que houve um confronto quando o policial militar acabou sendo baleado. No entanto, a secretaria não informou se este confronto aconteceu durante o resgate da família feita refém e libertada.

A fuga
Lázaro Barbosa está fugindo de uma força-tarefa de mais de 200 policiais há seis dias pela região goiana que fica no Entorno do Distrito Federal. Leia mais abaixo detalhes sobre a fuga.

A polícia usa cães, drones e helicópteros na captura ao suspeito. Trinta e quatro propriedades rurais em Goiás estão ocupadas pelas forças de segurança para evitar ação do homem.

Os homicídios contra a família do DF foram cometidos na quarta-feira (9). Ele é suspeito de assaltar a fazenda e matar a tiros e a facadas os integrantes da família:

Cláudio Vidal, de 48 anos – pai e empresário;
Gustavo Vidal, de 21 anos – filho do casal;
Carlos Eduardo Vidal, de 15 anos – filho do casal;
Cleonice Marques de Andrade, de 43 anos – a mulher do empresário foi sequestrada e morta. O corpo foi achado no sábado (12), em uma mata próxima à casa da família.
De acordo com a Polícia Militar, ele invadiu chácaras, atirou em quatro pessoas, das quais duas estão em estado grave, furtou um carro e o abandonou na BR-070.

Bolsonaro deve promover ‘motociata’ em Chapecó. Cidade catarinense tem 95% de UTIs ocupadas

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido), deve desembarcar na cidade catarinense de Chapecó, no próximo dia 26, para promover uma “motociata”. A informação foi confirmada, nesta terça-feira (15), pelo prefeito do município, João Rodrigues (PSD). Atualmente, a cidade conta com 637 mortos por Covid-19, além de estar com 95% de seus leitos de UTI da rede pública, ocupados.

De acordo com a Secretaria de Saúde municipal de Chapecó, a cidade tem 637 mortes por Covid, 472 infectados e 228 casos suspeitos. A contagem atual identificou quase 35 mil casos da doença desde o início da pandemia, no local. O dado mais delicado é relacionado a lotação das UTIs. A rede pública tem 95% e a privada 80% de leitos ocupados. A preocupação é que a presença do presidente da República gere aglomerações, assim como aconteceu em São Paulo, no último sábado (12).

A presença de Bolsonaro vem de um convite do próprio prefeito da cidade – que defende o tratamento precoce, ineficaz contra doença. “Quero convidar todos os motociclistas do Brasil […] para que venham a Chapecó”, afirmou Rodrigues. Às vésperas do protesto, Bolsonaro irá ao estádio Arena Condá, onde deverá encontrar com empresários.

Cantor que fez dupla com Cristiano Araújo é encontrado morto em Goiânia

A Polícia Civil encontrou nesta terça-feira (15) o corpo do cantor Luizmar de Oliveira Damasceno, de 45 anos, que estava desaparecido há quatro dias, em Goiânia. Ele já fez dupla com o sertanejo Cristiano Araújo, que morreu há seis anos em um acidente de carro.

De acordo com a corporação, Luizmar foi encontrado morto em uma área de mata no Morro do Mendanha, a cerca de 6 km de onde ele morava e onde também a moto dele havia sido encontrada na última segunda-feira (14).

Conforme a Polícia Civil, o corpo do sertanejo será encaminhado ao Instituo Médico Legal (IML) para realização dos exames periciais, que devem apontar a causa da morte. O delegado Thiago Martimiano, responsável pelas investigações, informou que apura as circunstâncias da morte do cantor.

Luizmar saiu de casa, no Residencial Serra Azul 2, na sexta-feira (11), e sem levar celular. Ele morava com os pais e uma tia. Segundo a designer gráfica Dayenn Bennett, ex-mulher de Luizmar, o músico faria um show no último sábado (12), mas ele também não compareceu ao local.

Número de homicídios em Pernambuco tem queda de 16,2% em maio, diz governo

Em maio de 2021, Pernambuco registrou uma queda de 16,2% no número de homicídios, em relação ao mesmo período de 2020. No acumulado de janeiro ao quinto mês deste ano, o estado teve uma redução de 14,3% na quantidade de crimes contra a vida.

Os dados foram divulgados, nesta terça (15), pela Secretaria de Defesa Social (SDS). Ainda de acordo com o estado, em maio de 2021, foram registrados 294 homicídios. No mesmo mês de 2020, aconteceram 351 assassinatos.

Entre janeiro e maio deste ano, a SDS registrou 1.429 ocorrências, contra 1.667, no ano mesmo período do anterior.

Segundo o governo, as estatísticas de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) de maio e do acumulado de cinco meses de 2021 são as melhores em oito anos da série histórica. O estado informou que, só em 2013, houve uma quantidade menor de mortes violentas.

Por meio de nota, a SDS destacou que, em cinco meses, foram presos 1.046 suspeitos de homicídios. No mesmo período deste ano, as polícias efetuaram 28 mil prisões em flagrante, além de atuar em quase 4 mil ocorrências de tráfico de drogas.

Regiões

A SDS informou que três Áreas Integradas de Segurança (AIS) tiveram melhoras em maio de 2021. A maior queda, informou o governo, ocorreu em Jaboatão dos Guararapes e em Moreno, no Grande Recife.

Foi notificado o menor índice mensal de homicídios dos últimos 93 meses, com 18 vítimas. Esse número, disse o estado, foi maior apenas do que agosto de 2013, com 17 mortes.

Em Afogados da Ingazeira, no Sertão, houve um homicídio em maio de 2021. É o menor número em 36 meses.

Em Floresta, no Sertão, não houve morte violenta em maio deste ano. Isso significa a melhor estatística de toda a série histórica, de acordo com o governo.

A região com maior percentual de queda foi a Zona da Mata, com 24,66%. Em maio deste ano, foram 55 mortes violentas, contra 73, no mesmo mês de 2020.

Na Região Metropolitana, a redução chegou a 16,49%, saindo de 97 para 81, na comparação entre os meses de maio de 2021 e 2020.

No Sertão, em maio deste ano, foram 34 CVLIs, contra 40, no mesmo mês de 2020. Isso representa uma diminuição de 15%.

No Agreste, a queda foi de 12,09%. Foram 80 crimes, em maio deste ano, contra 91, no mesmo mês do ano passado. No Recife, houve redução de 12%. A capital pernambucana notificou 44 homicídios, em maio de 2021, e 50, no mesmo mês de 20202.

No acumulado de cinco messes de 2021, na comparação com o mesmo período de 2020, os melhores resultados, segundo a SDS, foram registrados na Zona da Mata, com queda de 23,5%, e Agreste, com redução de 20,8%.

Em seguida, estão o Grande Recife, com redução de 14,26% e o Sertão, com queda de 7,89%. No acumulado dos cinco primeiros meses de 2021, na comparação com o mesmo período de 2020, o Recife registrou uma alta de 5,86%. Foram 239 crimes, em 2020, e 253, este ano.

Itapetim decreta toque de recolher e proíbe venda de bebida alcoólica

Em Itapetim,  diante da pressão no sistema por leitos de UTI na região, o prefeito Adelmo Moura (PSB) anunciou medidas mais duras para minimizar a curva de transmissão do vírus.

A cidade decretou toque de recolher entre as 21h e as 05h, segundo decreto 180/2021 publicado nessa segunda (14).

Além da restrição de circulação, o decreto também trouxe a suspensão da feira livre da próxima quinta (17), e a proibição da comercialização de bebidas alcoólicas em qualquer tipo de estabelecimento.

O supermercado,  padaria ou similar que forneça bebida alcoólica e descumpra o decreto terá o Alvará de Funcionamento cassado.

O servidor público flagrado descumprindo o decreto será punido. A prefeitura disponibilizou o WhatsApp 87 9-99960-8903 para denúncias da população sobre descumprimento.

Ao blog do Nill Júnior, o prefeito Adelmo Moura justificou a medida. “Em um dia, tivemos 62 casos. Isso em uma cidade de 14 mil habitantes.  O quadro é muito preocupante”, lamentou.

TCU cria comissão para investigar auditor que fez estudo paralelo sobre Covid-19

A presidente do Tribunal de Contas da União (TCU), Ana Arraes, instituiu uma Comissão de Processo Administrativo Disciplinar (PAD), composta por auditores federais de controle externo, para apurar, no prazo de 60 dias, possíveis irregularidades cometidas pelo auditor Alexandre Figueiredo Costa e Silva Marques. Ele foi apontado como autor de um “estudo paralelo”, no qual sustenta que metade das mortes creditadas à Covid-19 não ocorreu por causa da doença.

O servidor foi afastado da função de supervisor no Núcleo de Supervisão de Auditoria. O estudo foi citado pelo presidente Jair Bolsonaro, no último dia 7, como sendo do TCU.

Ali, o relatório final não é conclusivo, mas disse que em torno de 50% dos óbitos por covid no ano passado não foram por covid, segundo o Tribunal de Contas da União”, disse o presidente. O TCU logo o desmentiu. “O TCU esclarece que não há informações em relatórios do Tribunal que apontem que ‘em torno de 50% dos óbitos por covid no ano passado não foram por Covid’, conforme afirmação do presidente Jair Bolsonaro”, ressaltou. Depois, apurou-se a existência do “estudo paralelo”.

Alexandre, segundo informações do jornal Folha de S. Paulo, informou que foi o próprio pai o responsável por repassar o documento ‘paralelo’ ao presidente Jair Bolsonaro. Por causa do relatório, Alexandre foi convocado a prestar esclarecimentos à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19, e seu depoimento é previsto para a próxima quinta-feira (17).

O presidente da comissão que vai apurar a conduta de Alexandre é Márcio André Santos de Albuquerque, auditor do TCU desde 2000. O grupo também será composto por Frederico Julio Goepfert Junior, auditor do órgão desde 1998, e Pedro Ricardo Apolinario de Oliveira, assessor do ministro Benjamin Zymler, relator dos casos da covid no TCU.

Bolsonaro perde mais de 13,5 mil seguidores no Twitter após checagem de contas suspeitas

Do início da segunda-feira até o momento, o presidente Jair Bolsonaro perdeu mais de 13,5 mil seguidores no Twitter. Segundo o site Social Blade, que monitora as redes sociais, Bolsonaro começou o dia com 6.810.731 e, no início da tarde, eram 6.797.197 contas o acompanhando.

A explicação para a queda foi dada pelo próprio Twitter. A rede social informou que, “com o objetivo de proteger a integridade e a legitimidade de conversas em seu serviço”, faz uma espécie de “limpeza” global de contas com comportamentos suspeitos. Nestes casos, é comum que contas comandadas por robôs sejam suspensas.

Outros perfis também registraram quedas. O ex-ministro da Educação Abraham Weintraub disse ter perdido mais de 10 mil seguidores. Segundo explicação do Twitter, a medida que estes perfis bloqueados apresentem a confirmação de que são autênticos, eles serão reativados.

Segue o posicionamento no Twitter.

Com o objetivo de proteger a integridade e a legitimidade de conversas em seu serviço, o Twitter regularmente solicita que contas com comportamentos suspeitos em todo o mundo confirmem detalhes como senha ou número de celular, comprovando que existe uma pessoa por trás delas.

Até que cumpram essa etapa de confirmação, as contas ficam temporariamente desabilitadas, com funcionalidades limitadas, e deixam de entrar no cálculo para contagem de seguidores. Isso significa que esse número pode oscilar quando fazemos essas checagens regulares globalmente.

Serra Talhada: Vigilância Sanitária interdita agência da Caixa Econômica

A Vigilância Sanitária interditou nesta segunda (14) a agência da Caixa Econômica por não cumprir as medidas contra a Covid-19, em Serra Talhada, no Sertão de Pernambuco.

Semana passada, o Bradesco foi fechado.

De acordo com a prefeitura, “os decretos estadual e municipal determinam que é dever das agências bancárias observar, na organização das filas, a manutenção de distância mínima de 1,5 m (um metro e meio) entre os clientes em atendimento, inclusive aqueles que aguardam na parte externa das agências, devendo-se utilizar sinalização disciplinadora, com disponibilização de funcionários em quantidades suficientes e necessárias”.

A interdição foi determinada após a Vigilância receber imagens da agência nas quais são vistas aglomerações e grandes filas. Conforme consta na notificação, o banco deve ficar fechado “até que promova a organização das filas, como determina os respectivos decretos”.

Mais prefeitos em Pernambuco são multados por falta de plano para eliminar lixões

A Primeira Câmara do Tribunal de Contas homologou, em sessão realizada na última terça-feira (8), quatro Autos de Infração, lavrados no dia 16 de novembro de 2020, contra os prefeitos de Orocó, Salgadinho, Santa Maria da Boa Vista e Macaparana. Os gestores não encaminharam ao TCE o Plano de Ação previsto para adequar o destino final dos resíduos sólidos urbanos e eliminar os chamados “lixões” naquelas localidades. A relatoria é do conselheiro Carlos Neves.

Em Orocó, o relator levou em conta que o prefeito George Guedes Cavalcante Nery descumpriu o Acórdão TC nº 960/2019 (Processo TC nº 1858228-0), publicado no Diário Oficial do TCE em 5 de agosto de 2019.

Em relação aos municípios de Salgadinho e Santa Maria da Boa Vista, os prefeitos José Soares da Fonseca e Humberto Cesar de Farias Mendes não atenderam, respectivamente, aos Acórdãos TC nº 866/2019 (Processo TC nº 1858232-1) e TC nº 864/2019 (Processo TC nº 1858233-3), publicados em 23/7/2019.

No caso do prefeito de Macaparana (Processo TC nº 2057958-5), Maviael Francisco de Moraes Cavalcanti, o descumprimento foi em relação ao Acórdão TC nº 983/2019 (Processo TC nº 1858226-6), cuja publicação aconteceu em 7 de agosto de 2019.

As quatro decisões estabeleceram um prazo de 90 dias para que o documento fosse apresentado ao TCE, o que não aconteceu.

Apesar de notificados, apenas o prefeito de Macaparana apresentou defesa, justificando que a não elaboração do Plano de Ação se deu por conta de dificuldades financeiras e entraves burocráticos, além da priorização dos setores ligados à saúde pública do município, envolvidos no combate à pandemia de Covid-19.

Maviael Cavalcanti alegou ainda que teria adotado medidas para a solução do problema ambiental, dentre as quais a realização de um curso para capacitação de catadores e de um levantamento sobre as famílias ainda em atividade no lixão e sobre as atividades ambientais desenvolvidas nas escolas municipais.

VOTOS – O relator esclareceu que os municípios tiveram tempo suficiente para providenciar o Plano de Ação. Na verdade, o prazo de 90 dias, concedido pelo Acórdão TC nº 983/2019, terminou no início de dezembro de 2019, quando a pandemia ainda não havia sido instalada no país. O Auto de Infração, por sua vez, foi lavrado em 16 de novembro de 2020, depois de transcorridos cerca de onze meses do final do prazo estipulado pela decisão.

Carlos Neves também destacou que as medidas ambientais supostamente tomadas pelo município não eximem a prefeitura do cumprimento do Acórdão, que sequer foram comprovadas pela defesa.

Segundo ele, a sonegação decorrente da não entrega dos documentos pelos dois municípios prejudica o exercício do controle externo por parte do Tribunal, em desrespeito ao artigo 69 da Lei Orgânica da instituição, o que acabou implicando na imputação de uma multa individual aos prefeitos no valor de R$ 26.457,00.

Os atuais prefeitos de Orocó, Salgadinho, Santa Maria da Boa Vista e Macaparana, ou quem vier a sucedê-los, terão 60 dias, contados da publicação da decisão, para elaborar e encaminhar ao Tribunal de Contas o Plano de Ação não entregue, sob pena de aplicação de nova multa.

O Núcleo de Engenharia do TCE irá acompanhar o cumprimento da determinação.

O voto foi acompanhado pelos demais membros do colegiado presentes à sessão e pelo procurador Guido Monteiro, que representou o Ministério Público de Contas. Os interessados poderão ainda recorrer da decisão.

Olinda e Jaboatão proíbem fogos e fogueiras no período junino devido à pandemia da Covid-19

A prefeitura de Olinda anunciou, na última sexta-feira (11), medidas para tentar evitar a propagação da Covid-19 durante o período junino. Uma das restrições é a proibição de fogos e fogueiras. Essa determinação também está em vigor em Jaboatão dos Guararapes, que manteve, este ano, a norma de 2020.

Em Olinda, a restrição vale para todo o território municipal, em espaços públicos e privados, incluindo condomínios. Essa medida fica em vigor até que acabe o estado de calamidade pública devido à pandemia.

A proibição ocorre, principalmente, porque as fogueiras causam risco de queimaduras e agravamento de doenças respiratórias. A restrição também determina que secretarias municipais devem suspender a concessão e não expedir renovação de licenças autorizadoras da venda de fogos de artifício.

Em 2020, a prefeitura de Olinda adotou a mesma determinação. No dia 23 de junho, véspera de São João, o município realizou uma operação para apreender fogueiras irregulares. Com a lenha recolhida, foi possível encher três caminhões. A tradição junina foi proibida por decreto municipal.

Em Jaboatão dos Guararapes, o decreto municipal que proíbe fogos e fogueiras no São João por causa da Covid-19, aprovado em 2020, vale também para 2021. A medida fica em vigor “enquanto perdurar o estado de calamidade pública“, segundo a prefeitura.

Guarabira: Dom Aldemiro vence a Covid-19 e recebe alta médica

O Bispo Dom Aldemiro Sena dos Santos, 56 anos, foi um dos infectados pelo novo coronavírus e contraiu a covid-19. Internado no hospital da UNIMED, em João Pessoa, em 05 de junho, Aldemiro fez tratamento e os resultados foram com sucesso para sua recuperação.

Após cerca de 10 dias internado, na manhã deste domingo (13), o Bispo recebeu alta médica. Dom Aldemiro vai continuar o tratamento na residência episcopal, até que sua recuperação esteja 100%.

Ex-parceiro de Cristiano Araújo, cantor Luzimar Damasceno está desaparecido em Goiânia

O cantor Luizmar de Oliveira Damasceno, de 45 anos, está desaparecido desde a última sexta-feira (11), em Goiânia. Segundo a família, na ocasião, ele trocou as cordas do violão para se preparar para um show que realizaria no dia seguinte e depois saiu de moto, sem levar o celular, mas não voltou. O músico já formou dupla do sertanejo Cristiano Araújo, que morreu há 6 anos.

Luizmar vive com os pais e uma tia em uma casa no Residencial Serra Azul, na capital. Mãe dele, a dona de casa Maria de Oliveira Damasceno está desesperada com o sumiço do cantor.

A gente está com o coração doendo, porque a gente não esperava uma coisa dessa. Os filhos da gente são queridos, e a gente ama demais e nunca espera que aconteça uma coisa dessa”, desabafou a mãe.

A mãe disse que, no dia que o filho desapareceu, ficou acordada até mais tarde o esperando chegar.

“Na sexta-feira, eu saí para a costureira e o deixei aqui. Na hora que eu cheguei, ele não estava. Inclusive, eu deitei era quase meia noite o esperando, mas ele não apareceu. Aí eu deitei e, quando foi de manhã, eu levantei, e ele não estava aqui na cama dele. Eu falei: ‘Meu Deus, cadê meu filho?’”, lembrou.
Segundo a designer gráfica Dayenn Bennett, ex-mulher de Luizmar, o músico faria um show no último sábado (12), mas ele também não compareceu ao local. Com isso, a família registrou boletim de ocorrência na Polícia Civil.

“Antes do almoço, ele tinha saído para comprar cordas para o violão e voltou para casa. Colocou as cordas, ensaiou e depois ele saiu, de moto, sem avisar para onde ia e deixou o celular. Ele não havia recebido nenhuma ligação ou mensagem. Só saiu e não voltou”, disse.