PERNAMBUCO: "Tendência é começar a próxima semana sem fila para UTI", diz secretário Estadual de Saúde

André Longo: 'Tendência é começar a (próxima) semana sem fila para ...

O secretário estadual de Saúde, André Longo, disse, em coletiva de imprensa online nesta sexta-feira (5), que a tendência para a próxima semana é zerar a fila de pacientes que aguardam um leito de UTI na rede estadual de saúde. Hoje, há 35 pessoas aguardando uma vaga de terapia intensiva no estado. Na quarta-feira (3), havia cerca de 50 pacientes na fila, que chegou a ter mais de 300 pessoas, em maio.

“Zeramos a lista por vagas em enfermaria, que chegava a 150 pessoas”, afirmou Longo, na coletiva. O secretário ressaltou que novos leitos serão abertos nos hospitais Brites de Albuquerque, em Olinda, na Região Metropolitana do Recife; no Mestre Vitalino, em Caruaru, e Dom Moura, em Garanhuns, no Agreste pernambucano. “Isso deve nos levar a uma das melhores semanas para a rede estadual de saúde, com tendência de iniciar a semana sem fila para a UTI e com o número de ocupação (dos leitos) baixando”, disse.

O secretário destacou que Pernambuco voltou ao estágio de pré-aceleração da epidemia. “Em breve, vamos baixar a taxa de ocupação para um patamar melhor. Percebemos uma menor pressão no sistema de saúde nos últimos meses e isso aponta para a retomada gradual, segura e lenta”, destacou Longo. Por outro lado, o secretário enfatizou que o cenário de estabilização da Covid-19 no estado não afasta a preocupação com a doença e a possibilidade de novas ondas de casos e mortes.

Witzel autoriza abertura de shoppings, bares, igrejas, estádios e pontos turísticos no RJ

Governo do Rio de Janeiro, Wilson Witzel. Foto: Governo

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, determinou a reabertura de shoppings, bares, restaurantes, igrejas, estádios e pontos turísticos. As medidas constam em decreto publicado em edição extra do Diário Oficial do Estado, na noite de sexta-feira (5), e já valem a partir deste sábado (6).

Aulas nas redes públicas e privadas continuam suspensas até o dia 21 de junho. A abertura gradual da economia do estado foi detalhada em nota divulgada pelo governo.

“A medida determina o funcionamento de alguns setores do comércio e da indústria em horários específicos para evitar aglomerações. O decreto 47.112 também prorroga, até o dia 21 de junho, algumas medidas restritivas de prevenção e enfrentamento à propagação do novo coronavírus no Estado do Rio. Para a elaboração do decreto, o governo do estado levou em consideração os dados epidemiológicos da Secretaria de Estado de Saúde (SES), incluindo a redução do número diário de óbitos e das internações por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG)”, informou a nota.

Assim, os shoppings podem funcionar das 12h às 20h, com limitação de 50% da capacidade, garantindo fornecimento de álcool em gel 70%. As praças de alimentação também podem reabrir, obedecendo ao limite de 50% da capacidade. Áreas de recreação, cinemas e afins, no entanto, permanecerão sem funcionar.

Bares e restaurantes também podem voltar a abrir, respeitando o limite de 50% de sua capacidade. Pontos turísticos, como Cristo Redentor e Pão de Açúcar, também estão autorizados a abrir para o público, respeitando o limite de 50% de sua capacidade de lotação. As organizações religiosas, como igrejas, centros e templos, podem funcionar desde que seja observada a distância de um metro entre as pessoas.

O Estado do Rio de Janeiro soma 63.066 casos confirmados e 6.473 mortes, conforme o balanço da Secretaria Estadual de Saúde, divulgado ontem (6).

Ministério da Saúde registra 1.005 mortes de 24 horas; veja

Balanço das últimas 24 horas — Foto: Ministério da Saúde

Mesmo com mudanças no horário e exclusão de dados o Ministério da Saúde divulgou, por volta das 21h50, o mais novo balanço de casos confirmados e mortes por Covid-19.  Os dados atualizados apontam hoje que o país alcançou a marca de 35.026 mortes em decorrência do coronavírus.

Acompanhe o detalhamento dos números:

Mortes – 35.026 (1.005 mortes em 24 horas)

Casos confirmados – 645.771 (Ontem eram 614.941)

Nas últimas 24h, 11.977 pacientes foram recuperados.

Bolsonaro antecipou mudança:

O Ministério da Saúde introduziu hoje nova mudança no método de divulgação do balanço da pandemia no país: não só eles são apresentados mais tarde, como deixaram de trazer a soma total de casos e mortes por estado e nacional.

O novo formato de divulgação dos dados parece atender a ordem do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). No início da noite, disse a jornalistas: “É para pegar o dado mais consolidado. E tem que divulgar os mortos no dia. Ontem, por exemplo, dois terços dos mortos eram de dias anteriores. Tem que divulgar o do dia.”

O presidente também defendeu que a pasta divulgue no final da noite os dados sobre a pandemia no país como forma de atacar a Rede Globo. “Acabou matéria no Jornal Nacional”, disse. Entretanto, mesmo depois do término do JN a emissora acionou o Plantão da Globo, com William Bonner, para anunciar o balanço divulgado. 

MEC diz que, por falta de dinheiro, Enem 2021 e concessão de bolsas podem ser suspensos

Segundo o texto assinado pelo ministro Abraham Weintraub, os limites disponibilizados para despesas discricionárias – que não são obrigatórias e incluem os custeios de políticas educacionais – foram estabelecidos na ordem de R$ 18.780,1 bilhões para o próximo ano. Já para este ano, foram programados R$ 22.967,8 bilhões.

 

No ofício, o MEC aponta que, caso os R$ 18 milhões sejam mantidos no Projeto de Lei Orçamentária de 2021, “deixarão sem cobertura orçamentária diversas demandas essenciais à área da educação, com repercussões negativas em toda a sociedade, além de comprometer o alcance de metas relevantes para as políticas educacionais do Governo”.

 

De acordo com o documento, entre essas demandas estão a execução do Enem 2021, além de um possível fechamento de cursos, campi e até instituições:

 

“Ressalta-se que, dentre os programas que correm risco de não serem continuados, encontra-se o consagrado Exame Nacional do Ensino Médio – Enem, e soma-se a esse prejuízo o fechamento de cursos, campi e possivelmente instituições inteiras, comprometendo a educação superior e a educação profissional”.

 

Para tentar solucionar esse problema, o MEC pediu ao Ministério da Economia uma complementação de R$ 6,9 bilhões ao que está previsto na proposta de orçamento para 2021, que ainda está sendo elaborada.

 

Até o fechamento da matéria, os ministérios da Educação e Economia não responderam aos questionamentos da imprensa.

 

Afogados da Ingazeira chega a 15 casos da COVID-19

A Prefeitura de Afogados da Ingazeira divulgou no início da noite desta sexta-feira (5), a nota diária com o balanço das últimas 24 horas no município. Confira na íntegra: 

“A Prefeitura de Afogados da Ingazeira informa que temos hoje mais um caso confirmado de covid-19. Trata-se de um paciente do sexo masculino, de 39 anos, autônomo, contato do empresário que testou positivo ontem. Ele apresentou sintomas sugestivos para covid-19 e ao realizar o teste na nossa Unidade de Campanha, após o tempo indicado pelo protocolo do MS, apresentou resultado positivo. Ele está bem, sem sintomas, e cumpre isolamento domiciliar com outros componentes da família. A atenção básica e a Vigilância estão realizando o acompanhamento. Por último, informamos que hoje foram realizados mais 14 testes rápidos, todos negativos para covid-19.” 

A segunda imagem mostra as informações atualizadas sobre a quarentena domiciliar monitorada na cidade. Segundo a nota divulgada, devido ao atraso do Ministério da Saúde, os números de ontem do Brasil foram repetidos. 

COVID-19: Pernambuco registra 38.511 casos e 3.205 óbitos

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) confirmou, nesta sexta-feira (5), 1.004 novos casos da Covid-19. Entre os confirmados hoje, 205 se enquadram como Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) e 799 como leves. Agora, Pernambuco totaliza 38.511 casos já confirmados, sendo 15.497 graves e 23.014 leves.

Além disso, foram confirmadas 71 mortes, ocorridas desde o dia 13 de abril. Com isso, o Estado registra 3.205 óbitos pela Covid- 19. 

Mãe de Miguel pode ter sido usada como “funcionária fantasma” pela prefeitura de Tamandaré

Mãe de Miguel pode ter sido usada como “funcionária fantasma” pela prefeitura de Tamandaré

A pernambucana Mirtes Renata de Souza, mãe do garoto Miguel Otávio Santana da Silva, que morreu na terça-feira (2) ao cair do 9º andar de um prédio na zona metropolitana de Recife, pode ter sido usada como funcionária fantasma pela prefeitura de Tamandaré. Embora trabalhasse como empregada doméstica para o prefeito da cidade, Sérgio Hacker Corte Real (PSB),  e para a primeira-dama, Sari Gaspar Corte Real, ela aparece  “contratada” como servidora pública da prefeitura de Tamandaré. A prefeitura será investigada.

Segundo informações levantadas pela jornalista Ciara Carvalho, do Jornal do Commercio de Pernambuco, o nome de Mirtes foi incluso como servidora da prefeitura no dia 1 de fevereiro de 2017. Ela está cadastrada como Gerente de Divisão CC6, com lotação em Manutenção das Atividades de Administração. Até o momento, não há menção de desligamento do cargo comissionado.

As informações sobre o cargo constam no Portal da Transparência da prefeitura de Tamandaré. A vaga foi cadastrada com zero hora de carga horária atribuída, além de não exigência de escolaridade mínima, o que levanta a suspeita de um caso de “funcionária fantasma”. Sobre os pagamentos, até março de 2020 era atribuída à vaga o salário de 1.517,57. Nos últimos meses, no entanto, abril e maio, o pagamento baixou para R$ 1.093,62, que é o valor atual do salário mínimo, deixando a remuneração R$500 a menos do que as anteriores.

O Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE-PE) confirmou que iniciou investigações para apurar o caso que envolve o prefeito de Tamandaré.

Trump cita Brasil como mau exemplo de combate à pandemia

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. Foto: SAUL LOEB/AFP

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, citou o Brasil como mau exemplo de condução contra a crise do coronavírus. Em discurso nesta sexta-feira (5), o chefe da Casa Branca afirmou que os Estados Unidos teriam apresentado maior número de mortes se tivesse seguido o exemplo dos brasileiros e dos suecos.

“Se você olhar para o Brasil, eles estão passando por dificuldades. A propósito, eles estão seguindo o exemplo da Suécia, que também está passando por dificuldades terríveis. Se tivéssemos agido assim, teríamos perdido 1 milhão, 1,5 milhão, talvez 2,5 milhões de vidas ou até mais”, afirmou Trump.

Durante discurso no jardim da Casa Branca, Trump afirmou que é necessário acelerar a reabertura da economia nos Estados Unidos e defendeu que a estratégia agora seja a proteção de grupos de risco. Segundo ele, pelo menos 1 milhão de vidas foram salvas após a decisão de seu governo em fechar o país.

No entanto, os Estados Unidos ainda lideram os rankings de mortes e de casos confirmados de covid-19. Segundo a Universidade Johns Hopkins, o país tem mais de 108 mil mortos, seguido do Reino Unido (40,3 mil) e Brasil (34 mil). Em relação às infecções, o país norte-americano tem mais de 1,8 mil contaminados, à frente do Brasil, com mais de 614 mil contágios.

Vale recordar que, em 29 de maio, Trump anunciou o rompimento com a Organização Mundial da Saúde (OMS) e acusou a entidade de ser muito tolerante com a China em relação à pandemia. Entretanto, a aliança gratuita do presidente do Brasil Jair Bolsonaro a Trump não impede que o chefe da Casa Branca use o mau exemplo do governo brasileiro para defender os seus índices, também preocupantes.

Pernambuco ultrapassa a marca de 20 mil recuperados da Covid-19


O número de pacientes recuperados da Covid-19 em Pernambuco chegou a 20.375 nesta quinta-feira (4). No boletim epidemiológico sobre a doença, a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) confirmou mais 1.425 pessoas curadas. Do total de recuperados, 5.473 foram de casos graves e 14.902 de casos leves.

Para ser considerado curado da Covid-19, é preciso completar o ciclo de 14 dias da doença mais três dias sem sintomas. Quando o paciente não tem complicações e não apresenta os sintomas nesse período, é considerada cura clínica. Caso o paciente precise ir para a UTI e tenha complicações, mesmo completando 14 dias, só será considerado recuperado quando todas as complicações forem resolvidas. Assim, o tempo pode ser superior a 17 dias.


A SES-PE também registrou 1.044 novos casos da Covid-19 em Pernambuco. Entre os confirmados hoje, 243 se enquadram como Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) e 801 como leves. Agora, o estado totaliza 37.507 casos já confirmados, sendo 15.292 graves e 22.215 leves. Os casos graves confirmados da doença estão distribuídos por 164 municípios, além de Fernando de Noronha e de ocorrências de pacientes de outros estados e países.

Região do Pajeú: 373 casos confirmados, 22 óbitos, 172 recuperados; confira os detalhes

Conforme os últimos dados divulgados pelas secretarias municipais de saúde nesta quinta-feira (04), a Região do Pajeú já apresenta 373 casos da Covid-19.                
                                                                 
Veja o detalhamento: 

 

CIDADE

CASOS

ÓBITOS

01

Serra Talhada

170

5

02

São José do Egito

48

1

03

Tabira

38

2

04

Triunfo

25

4

05

Carnaíba

17

4

06

Afogados da Ingazeira

14

0

07

Itapetim

13

1

08

Tuparetama

11

1

09

Quixaba

8

3

10

Flores

7

0

11

Iguaracy

6

1

12

Santa Terezinha

6

0

13

Brejinho

5

0

14

Calumbi

3

0

15

Santa Cruz da Baixa Verde

1

0

16

Ingazeira

1

0

17

Solidão

0

0

 

TOTAL

373

22

De acordo com os dados, a Região soma 172 recuperados, o que corresponde a 46% dos casos confirmados do coronavírus. Os números descritos acima foram fornecidos, por meio últimos boletins epidemiológicos publicados até às 10h desta sexta-feira. 

Bolsonaro fala em solução para 13º do Bolsa Família

O presidente Jair Bolsonaro afirmou que, apesar da medida provisória (MP) 898/20 ter perdido a validade, o governo federal irá buscar uma maneira de garantir o 13º benefício para o Bolsa Família. A medida deixou de ser válida no dia 25 de março. “Acho que o pessoal do Bolsa Família terá uma boa surpresa e não vai demorar”, disse o presidente durante a transmissão semanal ao vivo pelas redes sociais.

O anúncio acontece no mesmo momento em que o governo federal retirou R$ 83,9 milhões que seriam usados no programa Bolsa Família para destinar à Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência (Secom). A medida atinge os recursos previstos para a região Nordeste do País e causou críticas no Congresso por ocorrer durante a pandemia do coronavírus, quando muitas famílias estão sem fonte de renda. O dinheiro será utilizado para comunicação institucional, ou seja, para fazer publicidade das ações da gestão Bolsonaro.

Segundo o presidente, já foi acertado com o ministro da Economia, Paulo Guedes, o pagamento de uma quarta e quinta parcela aos beneficiários do auxílio emergencial, criado para conter os efeitos da pandemia do coronavírus na economia brasileira. “Vai ser menor do que os R$ 600 para ir partindo para um fim“, afirmou Bolsonaro, que assegurou que o benefício não ficará após pandemia, conforme havia se especulado.

O presidente também voltou a apelar aos governadores para que apressem a reabertura dos comércios e aproveitem o atual momento, em que “a economia está começando a dar sinais”. “A gente espera que os governadores de forma racional comecem com maior velocidade a reabertura do comércio”, disse. Para Bolsonaro, os “pobres se transformaram em miseráveis, e classe média, em pobres” por causa das medidas de isolamento social

Governo Bolsonaro transfere dinheiro do Bolsa Família para propaganda

Presidente da República, Jair Bolsonaro cumprimenta o Secretário Especial da Fazenda, Waldery Rodrigues Junior. (Foto: Marcos Corrêa/PR)

O governo do presidente Jair Bolsonaro, por meio do Ministério da Economia, transferiu recursos destinados ao pagamento dos beneficiários do programa Bolsa Família na região Nordeste para a área de “comunicação social”, que cuida da publicidade do governo. A medida foi tomada por meio de uma portaria publicada nesta quinta-feira 04 no Diário Oficial da União: são R$ 83.9 milhões de reais deslocados de um fim para outro.

A portaria leva a assinatura de Waldery Rodrigues Júnior, secretário especial de Fazenda do Ministério da Economia, e diz ser direcionada “em favor da Presidência da República”. Como qualquer crédito suplementar necessita indicar a fonte de origem, o documento mostra que o recurso é proveniente do orçamento separado para o Bolsa Família no começo do ano.

Em nota, o Ministério da Cidadania, responsável pelo Bolsa Família, afirmou que a folha de pagamento do programa em abril foi custeada “em 95% por recursos do auxílio emergencial”, já que “naquele mês, 13.566.568 famílias beneficiadas com o PBF receberam o benefício.”, diz a pasta. Também acrescentam que, dos mais de R$ 15 bilhões pagos às famílias, cerca de R$ 7,7 bilhões foram destinados às famílias da Região Nordeste.

De acordo com as regras do auxílio-emergencial, famílias cadastradas em programas sociais passariam a receber, automaticamente, o valor mais benéfico entre o benefício acordado ou o auxílio, que também é articulado pela pasta da Cidadania. O Ministério já tinha sofrido críticas anteriormente por, em meio à pandemia, cortar cerca de 158 mil famílias da lista de beneficiários do programa no mês de março. Segundo a pasta, muitas famílias tinham ”emancipadas do programa por apresentarem melhora de condições financeiras”.

3º RECORDE SEGUIDO: Brasil passa o da Itália e chega a 34.021; país agora é o 3º do mundo com mais óbitos

O Brasil superou a Itália em número de mortos por complicações da Covid-19 nesta quinta-feira (4). Com mais um recorde diário de mortes, o país chegou a 34.021 vidas perdidas durante a pandemia e está atrás apenas do Reino Unido e dos Estados Unidos, segundo o balanço mais recente do Ministério da Saúde.

Acompanhe os números:                                                        

Mortes – 34.021 (1.473 em 24 horas)

Casos confirmados – 614.941 (30.925 em 24 horas)

Pacientes em acompanhamento – 325.957                                                                                                               

Pacientes recuperados – 259.963 

O balanço desta quinta-feira registrou também 366 mortes que aconteceram nos últimos 3 dias. Além disso, segundo o Ministério da Saúde, há mais 4.159 suspeitas que estão sob investigação.

Sobe para 14 o números de casos da Covid-19 em Afogados da Ingazeira

A Prefeitura de Afogados da Ingazeira acaba de informar o registro de cinco novos casos confirmados de Covid-19.

Confira detalhes de cada um dos pacientes: 

1. Paciente do sexo masculino, 39 anos, empresário que estava em investigação e teve resultado para COVID – 19, positivo.

2. Paciente do sexo masculino, 04 anos, filho do casal que testou positivo ontem, realizou teste rápido em nossa Unidade de Campanha e apresentou resultado positivo;

3. Paciente do sexo masculino, 49 anos, pedreiro, trabalha em Sertânia,  apresentou sintomas sugestivos, foi testado em nossa Unidade de Campanha e apresentou resultado positivo.

4. Paciente do sexo feminino,  48 anos, dona de casa, contato do caso positivo de 49 anos, apresentou sintomas sugestivos e foi testada em nossa Unidade de Campanha com resultado positivo.

5. Paciente do sexo masculino, 70 anos, aposentado, foi testado na nossa Unidade de Campanha e deu positivo.

Segundo a nota todos os pacientes apresentam quadro leve e estão em isolamento domiciliar monitorado, assim como as pessoas próximas a eles. O óbito que estava em investigação deu negativo e, o menor de um ano apresentou recuperação clínica, recebeu alta e está curado. 

Após depor por escrito à PF, Weintraub fala em tentativa de calar liberdade de expressão

Após depor por escrito à PF, Weintraub fala em tentativa de calar liberdade de expressão

O ministro Abraham Weintraub depôs por escrito nesta quinta-feira à Polícia Federal em um inquérito que investiga possível crime de racismo. Weintraub compareceu à sede da corporação, embora sua equipe tenha encaminhado novo recurso ao Supremo Tribunal Federal questionando a audiência. O pedido, protocolado às 14h21 não teve tempo de ser apreciado, já que o depoimento estava marcado para as 15h.

Na saída, o ministro não falou com a imprensa, somente a apoiadores que o esperavam em frente à sede da Polícia. Erguidos nos braços por manifestantes, e utilizando um megafone, Weintraub declarou: “Só tenho uma coisa a falar a vocês,  liberdade é a coisa mais importante em uma democracia. E a primeira coisa que vão tentar calar é a liberdade de expressão. Obrigada pelo apoio”.

No novo recurso apresentado pela defesa do ministro, os advogados questionam não só a data da oitiva, mas também reclamam que intimação para a audiência foi enviada para endereço eletrônico do Ministério da Educação no dia 21 de maio e que não houve intimação oficial. “Se tais comunicações são feitas de forma indevida, o mínimo que podemos dizer delas é que são nulas de pleno direito”, justificaram.

“Caso sejam ignoradas tais exigências legais, estar-se-á passando uma perigosa mensagem de que as regras processuais podem ser dobradas ao alvitre de quem estiver na posse do malhete”, completaram os advogados.

A defesa criticou a decisão do ministro Celso de Mello, relator do caso, pela oitiva, chamando-a de “teratológica” “inusitada” e “absurda”. Também estenderam críticas ao Judiciário. “É de se estranhar que algumas decisões que vêm sendo tomadas em desfavor do agravante Abraham Weintraub não constam de nenhum diploma legal ou ignoram o texto expresso da lei.”

Caso Miguel: internautas clama por justiça

Morte de Miguel expõe o racismo estrutural por trás das ...

O caso de Miguel Otávio, de 5 anos, que veio a óbito após cair do 9º andar das Torre Gêmeas, no bairro de São José, vem repercutindo nacionalmente. Nas redes sociais, as hashtags #justicapormiguel e #justicaparamiguel ganharam força. No Twitter, o assunto lidera os tópicos mais comentados com mais de 280 mil posts.

Entenda o que aconteceu:

Miguel, de 5 anos, estava passando o dia no trabalho da mãe, nessa terça (2), no apartamento localizado no 5º andar do Píer Maurício de Nassau, um dos prédios das Torres Gêmeas, no Centro do Recife. 

Em determinado momento, a trabalhadora doméstica, Mirtes Renata, desceu para passear com os cachorros da patroa, Sarí Gaspar Côrte Real, e deixou a criança sob sua responsabilidade. Agoniado e impaciente à espera da mãe, Miguel tentou sair do apartamento. Em uma primeira tentativa, foi impedido. 

Na segunda tentativa, as câmeras do circuito interno de segurança do edifício mostram a criança no elevador sozinho – acompanhado por Sarí, que do lado de fora, ainda aperta o último andar do prédio e permite que a porta feche. Quando o elevador para, no nono andar, a criança desembarca. Local de onde viria a cair fatalmente.

O primeiro atendimento à vítima foi feito pela mãe e por um médico que mora no edifício, no momento ela ainda estava viva. O SAMU chegou a ser acionado às 13h23, mas quando chegou o menino já estava sendo encaminhado ao Hospital da Restauração, no bairro do Derby, na área central do Recife. Miguel não resistiu e morreu ainda no caminho.

 

Sarí presa por homicídio culposo:

Primeira-dama de Tamandaré, Sarí Gaspar Côrte Real foi presa em flagrante na terça-feira (2) por homicídio culposo. De acordo com as autoridades, ela agiu com negligência, mas, após pagar fiança de R$ 20 mil, responderá em liberdade. A informação foi divulgada em coletiva de imprensa na tarde dessa quarta-feira (3).

Repercussão:

Nas redes sociais internautas pedem por justiça, muitos deles elencam a ideia de “racismo”.

Pernambuco: 37.507 casos e 3.134 óbitos, dados das últimas 24 horas


A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) confirmou, nesta quinta-feira (04.06), 1.044 novos casos da Covid-19 no Estado. Destes, 243 se enquadram como Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) e 801 como leves. Agora, Pernambuco totaliza 37.507 casos já confirmados, sendo 15.292 graves e 22.215 leves. Além disso, foram confirmadas 122 mortes, ocorridas desde 17 de abril.  

O aumento no número de mortes no boletim de hoje está relacionado, mais uma vez, ao atraso no envio de informações pela rede hospitalar – 66,3% (81) ocorreram entre o mês de abril e o dia 30 de maio e 33,7% (41) foram registradas nos últimos 4 dias de maio. Com isso, o Estado registra 3.134 óbitos pela Covid- 19. Os detalhes epidemiológicos serão repassados ao longo do dia pela Secretaria Estadual de Saúde.

TSE autoriza convenções partidárias virtuais nas eleições 2020

Tribunal Superior Eleitoral autoriza convenções partidárias ...

Tribunal Superior Eleitoral (TSE) autorizou nesta quinta-feira (4) a realização de convenções partidárias de forma virtual pelos partidos nas eleições municipais de 2020, em razão da pandemia do coronavírus.

 

De acordo a decisão, os partidos têm autonomia para utilizar as ferramentas tecnológicas que entenderem necessárias para as convenções.  Vale ressaltar que, é nessas reuniões que os partidos definem os candidatos a prefeito e a vereador. As convenções, pelo calendário eleitoral, devem ser realizadas entre 20 julho e 5 de agosto.

 

Mesmo devido à Pandemia, as eleições municipais, por enquanto, seguem mantidas. O ministro do Tribunal Superior Eleitoral Luís Roberto Barroso, antes de tomar posse da Corte, havia afirmado a possibilidade de adiamento, entretanto, se disse contra o prolongamento dos mandatos dos atuais prefeitos e vereadores.

Weintraub deve pedir exoneração do Ministério da Educação, diz revista Veja

A revista Veja publicou, na noite desta quarta-feira (3), que o ministro da Educação, Abraham Weintraub, deve pedir exoneração da pasta. Segundo a publicação, ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e representantes do Parlamento foram informados da decisão a partir de integrantes do Palácio do Planalto, que fizeram a notícia circular nos bastidores.

A decisão de pedir demissão foi tomada após o ministro sofrer ataques dentro e fora do governo, principalmente devido ao comentário feito durante a reunião ministerial do dia 22 de abril de 2020 no qual chamou os ministros do STF de ‘vagabundos’. Fontes informaram à revista Veja que a saída de Weintraub deve acontecer até o fim desta semana.

Na noite desta quarta-feira, o ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou o recurso apresentado pela defesa do ministro Abraham Weintraub para adiar o depoimento, marcado para esta quinta-feira (4), no âmbito do inquérito em que é investigado por racismo contra a China. Os advogados alegaram que, devido ao cargo ocupado no governo, o ministro poderia escolher a data e horário da oitiva. As informações são do jornal Estado de S. Paulo.

Blog Afogados On-line

Balanço dos números do Coronavírus no Pajeú; acompanhe os dados

Segundo os últimos boletins epidemiológicos divulgados na quarta-feira (04), a Região do Pajeú já soma 343 casos confirmados, 21 óbitos e 164 recuperados por Covid-19.

Veja os números dos casos confirmados:

Serra Talhada – 157

São José do Egito – 42

Tabira – 35

Triunfo – 25

Carnaíba – 17

Itapetim -13

Tuparetama – 9

Afogados da Ingazeira – 9

Quixaba – 8

Flores 7

Iguaracy – 6

Santa Terezinha – 6

Brejinho – 5

Calumbi – 2

Santa Cruz da Baixa Verde – 1

Ingazeira – 1

Solidão – 0

 

O números de óbitos estabilizou de terça para quarta, somando assim 21 mortes, confira os dados:

 Serra Talhada – 5

Carnaíba – 4

Triunfo – 4

 Quixaba – 3

Tabira – 2

Iguaracy /Itapetim /Tuparetama – 1

De acordo com as informações passadas pelas secretarias municipais de saúde, o número de curas no Pajeú subiu. Não entra no levantamento os dados emitidos depois das 10h de hoje.