POSSE: Mario Frias toma posse como quinto secretário da Cultura do governo Bolsonaro

(Foto: Reprodução/Instagram)
GOVERNO – CULTURA 

O novo secretário especial de Cultura, Mário Frias, assinou o termo de posse no final da tarde desta terça-feira (23). “Foi apenas o ato de assinatura da posse, no gabinete do ministro, no final da tarde”, informou a assessoria de imprensa do Ministério do Turismo, da qual a Secretaria Especial de Cultura faz parte.

Essa é a quinta escolha para a Cultura feita pelo presidente Jair Bolsonaro. O anúncio de que o ator iria comandar a pasta foi feito na sexta-feira passada (19). A nomeação foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União. O secretário-adjunto de Frias é Pedro José Vilar Godoy Horta.

O ator chega ao cargo depois de o próprio presidente ter anunciado a saída de Regina, que quase passou mais tempo em “namoro e noivado” com Bolsonaro do que o intervalo que esteve no governo. Frias já havia sido cotado para comandar a pasta em janeiro, logo após a saída de Roberto Alvim.

Polícia Federal pede para ouvir Bolsonaro sobre acusações de Moro

Sergio Moro acusa Bolsonaro de crime de prevaricação - Migalhas ...

JAIR BOLSONARO – SÉRGIO MORO 

A delegada da Polícia Federal Christiane Correa Machado encaminhou, na tarde desta terça-feira (23), um pedido para que o ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal, considere convocar o presidente Jair Bolsonaro para depor sobre o inquérito que investiga suposta intervenção na corporação.
O pedido foi encaminhado na sexta-feira (19) e se justifica, segundo aponta a delegada, pelo “estágio avançado” das investigações sobre o caso. O documento foi publicado pelo jornal O Estado de S. Paulo.

“Informo a Vossa Excelência que as investigações se encontram em estágio avançado, razão pela qual nos próximos dias torna-se necessária a oitiva do Senhor JAIR MESSIAS BOLSONARO, Presidente da República”, escreveu Machado.

A delegada da Polícia Federal Christiane Correa Machado encaminhou, na tarde desta terça-feira 23, um pedido para que o ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal, considere convocar o presidente Jair Bolsonaro para depor sobre o inquérito que investiga suposta intervenção na corporação.

O pedido foi encaminhado na sexta-feira (19) e se justifica, segundo aponta a delegada, pelo “estágio avançado” das investigações sobre o caso. O documento foi publicado pelo jornal O Estado de S. Paulo.

Afogados da Ingazeira registra mais 5 infectados e um óbito em investigação

AFOGADOS DA INGAZEIRA – PANDEMIA 

A Prefeitura de Afogados da Ingazeira divulgou na noite desta terça-feira (23) o balanço das últimas 24 horas no munícipio.

Confira a nota na íntegra:

A Prefeitura de Afogados da Ingazeira informa que hoje tivemos o registro de cinco novos casos positivos para covid-19. São eles:

Paciente do sexo feminino, 38 anos, servidora pública, há oito dias vem apresentando sintomas, procurou o Hospital Regional e após consulta médica, realizou teste rápido, positivando. Encontra-se internada em leito de isolamento no referido hospital. Tivemos mais 2 casos positivos, contatos da paciente acima citada.  São pacientes do sexo masculino, um de 32 anos, auxiliar administrativo e o outro de 21 anos, estudante, esse último já com resultado iGG reagente, considerado recuperado.

Paciente do sexo masculino, 73 anos, faz tratamento de hemodiálise em outra cidade, apresentou sintomas sugestivos de COVID-19, realizou o teste rápido com resultado Positivo.
Paciente do sexo feminino, 53 anos, contato do caso positivo acima citado, realizou o teste rápido com resultado Positivo. 

Todos os casos positivos, exceto a paciente internada e o caso recuperado, seguem cumprindo isolamento domiciliar e estão sendo monitorados pelas Equipes de Atenção Básica e Vigilância em Saúde.

Hoje entra em investigação um óbito ocorrido em Recife. Trata-se de paciente do sexo feminino, 63 anos, internada no Hospital da Restauração há 05 dias após sofrer um Acidente Vascular Cerebral quando realizava procedimento de hemodiálise. Após sintomas sugestivos de covid-19, ontem foi realizada a coleta do swab e hoje a Secretaria Estadual de Saúde informou do exame da mesma. Infelizmente, a paciente veio a óbito e nós aguardamos o resultado para posterior divulgação.

Hoje tivemos o registro de quatro pacientes curados após avaliação clínica e epidemiológica. Também foram realizados trinta testes rápidos para covid em nossa unidade de campanha dia, todos negativos.

Nuvem de gafanhotos na Argentina deixa fronteira com Brasil em alerta

Nuvem de gafanhotos pode chegar ao Brasil
GAFANHOTOS – ALERTA  

Uma nuvem de gafanhotos na Argentina deixou a fronteira com o Rio Grande do Sul em alerta, já que a praga pode se deslocar e chegar em território brasileiro.

O Serviço Nacional de Saúde e Qualidade Alimentar da Argentina (Senasa) compartilhou nesta terça-feira (23) um mapa com as regiões em perigo, e uma parte do Rio Grande do Sul está inclusa.

Os insetos chegaram na Argentina na última semana, no dia 17, depois de passarem pelo Paraguai. Com os fortes ventos, o deslocamento dos gafanhotos é impulsionado. As autoridades da cidade de Córdoba informaram pelo Twitter que estão monitorando a situação e que existe um protocolo de trabalho para ser ativado em caso de pragas.

Pela mesma rede social, o Ministério da Agricultura e o Senasa mostraram o impacto dos gafanhotos em uma plantação de milho, que ficou destruída depois da passagem dos insetos.

As nuvens costumam acontecer quando o número de membros da população tem um salto exagerado e falta comida na região, fazendo com que todos saiam atrás de alimento. Uma nuvem pode ter até 40 milhões de insetos, como informam as autoridades argentinas.

Apesar dos danos às plantações, os gafanhotos não atacam ou oferecem riscos aos seres humanos, vilas e propriedades.

VIVA SÃO JOÃO: "De muita gratidão e esperança de dias melhores"


É festa! O São João chegou! 

Diferentemente de outros anos, a festa será “morgada”. Sentiremos a ausência da presença física de tantas pessoas, do calor das quadrilhas e até mesmo das fogueiras. A Pandemia vai passar e no próximo ano aproveitaremos a “melhor festa” do ano. 

Curta e aproveite as festividades juninas, sem aglomerações, só com sua família.  Contudo, não esqueça da prudência, o Coronavírus segue ao nosso redor. Cuide-se!

Na noite de São João o Blog do Alyson Nascimento vai continuar acompanhando o que de mais importante acontece na nossa região, no Brasil e mundo. Qualquer informação relevante informaremos aos internautas. 


Um feliz e abençoado São João! 
Alyson Nascimento 
Editor 

Caetano Veloso e Chico Buarque vão processar deputado do PSL

(Foto: : Juliana Reis/Divulgação, Minervino Junior/CB/Pablo Valadares/Câmara dos Deputados)
GLOBONEWS – DEPUTADO 

Chico Buarque e Caetano Veloso entrarão com um processo contra o deputado Bibo Nunes (PSL-RS). O parlamentar acusou os dois artistas de receberem dinheiro para demonstrar publicamente apoio a governos petistas. A fala foi feita durante um debate no canal GloboNews no último fim de semana.

Caetano entrou com uma interpelação judicial. O ato funciona como um pedido de explicação da acusação à justiça. Apesar de ainda não ser uma ação judicial propriamente, é um primeiro passo para que um processo seja instaurado.

Bibo Nunes é um dos deputados do PSL que ainda faz parte da base de apoio do governo Bolsonaro. “Antigamente, só se incentivava a cultura com seus apaniguados. Se dava dinheiro ao Chico Buarque da vida, ao Caetano Veloso, músicos já consagrados, artistas consagrados, para apoiarem o governo”, afirmou o parlamentar, na noite do último sábado (20).
A informação foi passada na noite desta segunda-feira (22), pelo âncora do Jornal das 10 da GloboNews, Heraldo Pereira. 

Terremoto atinge regiões sul e central do México

Bandeira do México hasteada na capital13/04/2020REUTERS/Henry Romero
TERREMOTO – MÉXICO 

Um terremoto de magnitude 7,4 atingiu o sul do México nesta terça-feira (23), de acordo com o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS). De acordo com a agência Reuters, o abalo foi sentido no centro da capital, a Cidade do México, que está a centenas de quilômetros de distância do epicentro.

Centenas de pessoas que estavam em prédios e casas correram para as ruas. O epicentro foi registrado a 26,3 km de profundidade e a 12 km a sudoeste de Santa María Zapotitlán.

Inicialmente, o USGS tinha informado 7,7. Tremores dessa magnitude podem provocar estragos, mas até o momento não houve relato de danos ou vítimas, segundo testemunhas ouvidas pela Reuters.

O instituto sismológico do México disse que um terremoto de magnitude 7,1 atingiu o Estado de Oaxaca, no sul do país.
A empresa SkyAlert, que tem rede própria de sensores, afirma que há possibilidade de tsunami, e recomenda que as pessoas não fiquem próximas à costa nas regiões de Oaxaca e Chiapas.

Pernambuco registra 337 casos e 87 óbitos da Covid-19, nas últimas 24 horas

Saiba o que é uma pandemia - Horizontes - HOME
COVID-19 – PERNAMBUCO 

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) confirmou, nesta terça-feira (23/06), 337 casos da Covid-19 em Pernambuco. Destes, 212 são casos leves e 125 se enquadram como Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG). Agora, Pernambuco totaliza 52.831 casos confirmados, sendo 18.354 graves e 34.477 leves.
⠀⠀⠀
Além disso, foram confirmados 87 óbitos, ocorridos desde o dia 18 de abril. Do total, 56 mortes (64%) ocorreram entre o dia 18 de abril e 19 de junho e 31 (36%) ocorreram nos últimos três dias. Com isso, o Estado totaliza 4.339 óbitos pela doença.

TCU aponta irregularidade de R$ 400 milhões no Ministério da Economia

Bolsonaro retira competências do ministro da Economia sobre ...
ECONOMIA – PAULO GUEDES

O Tribunal de Contas da União (TCU) recomendou a aprovação das contas do governo no exercício de 2019, porém, com muitas ressalvas, por conta de algumas irregularidades. Entre elas, foram detectadas várias tentativas de adoção de mecanismos para burlar o teto de gastos. Além disso, o TCU também identificou que o Ministério da Economia não tem colocado no orçamento, ano após ano, obrigações com organismos internacionais. 

Em 2019, sob responsabilidade das contas do presidente Jair Bolsonaro, R$ 400 milhões em obrigações não foram incluídos no orçamento. Mas isso vem ocorrendo há alguns anos e, segundo o parecer do TCU, o passivo já é bilionário. Procurado, o Ministério da Economia pediu mais tempo para que a equipe técnica pudesse avaliar a resposta. Passado o prazo, no entanto, não quis comentar por que os R$ 400 milhões não foram incluídos no orçamento e tampouco informou o valor do passivo.

Outra questão relevante constatada no parecer do TCU é que ainda não foi possível auditar as informações da Receita Federal, porque nem todos os obstáculos relativos ao sigilo fiscal foram superados. Por isso, a unidade técnica propôs abstenção de opinião em relação ao Balanço Geral da União (BGU).

Procurada, a Receita Federal informou que “o sigilo fiscal existe para proteger o cidadão”, não a Receita Federal. “As informações prestadas pelo cidadão para fins tributários somente podem ser utilizadas para outros fins quando expressamente autorizado.  No caso dos órgãos de controle, somente com o Parecer Nº AM – 08, da AGU (Advocacia-Geral da União), que é de 18 de outubro de 2019, estabeleceram-se as balizas legais para esse compartilhamento, exigindo que fosse editado um decreto e assinado um convênio entre Receita e TCU. O decreto nº 10.209 foi publicado em 23 de janeiro de 2020 e, logo em seguida, a Receita enviou ao TCU a minuta do convênio.” 

Expedientes escusos

A principal ressalva do TCU quanto as contas do presidente Jair Bolsonaro, no entanto, foi com relação às tentativas de burlar o teto de gastos, por meio de expedientes que obedecem formalmente as regras, mas desvirtuam o princípio da norma constitucional, aproveitando brechas que podem levar à perda de credibilidade da regra e à sua ineficácia. Não à toa, o voto do relator, ministro Bruno Dantas, condenou duramente esses mecanismos e o TCU emitiu alerta a respeito. 

MEC revoga portaria de Weintraub que acabava com incentivo a cotas na pós-graduação

Foto: Wilson Dias/Agência Brasil
MEC – WEINTRAUB 

Em revogação publicada no início da madrugada desta terça-feira (23) no Diário Oficial da União, o Ministério da Educação (MEC) tornou sem efeito a portaria assinada pelo ex-ministro Abraham Weintraub, que acabava com incentivo a cotas para negros, indígenas e pessoas com deficiência em cursos de pós graduação. A revogação foi assinada pelo ministro interino do MEC, Antonio Paulo Vogel.

A portaria foi o último alto de Weintraub antes de sair do ministério. Após sua exoneração, Abraham viajou para os Estados Unidos, desembarcando em Miami no sábado (20).

A medida foi criticada pelo Congresso e também foi alvo do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (SFT). Ele deu prazo de 48 horas para a Advocacia Geral da União (AGU) se manifestar sobre a ação.

A portaria também recebeu críticas da Associação Nacional de Pós-graduação (ANPG). Segundo o organismo, a medida afetaria instituições que ainda não haviam implantado programas de cotas. 

Justiça Federal obriga Bolsonaro a usar máscara em espaços públicos do DF

O presidente Jair Bolsonaro em cavalo da PM frente ao Palácio do Planalto durante manifestação no dia 31 de maio, no DF — Foto: Mateus Bonomi/AE

JAIR BOLSONARO – BRASÍLIA 

Uma decisão da Justiça Federal, divulgada nesta terça-feira (23), obriga o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) a usar máscara em espaços públicos do Distrito Federal. O descumprimento da medida implica pena de multa diária de R$ 2 mil.

A determinação atende a uma ação civil pública movida por advogado. Segundo o magistrado, a União também deverá exigir o uso do item de proteção por servidores e colaboradores do governo federal enquanto estiverem em serviço, sob pena de multa diária no valor de R$ 20 mil.

A fiscalização do uso efetivo de máscaras faciais de proteção por toda população, além do uso pelo presidente e servidores do governo, ficará a cargo do Distrito Federal. O Palácio do Planalto ainda não se pronunciou sobre a medida. 

Bolsonaro muda data de exoneração de Weintraub após TCU pedir explicações

Jair Bolsonaro e Abraham Weintraub
JAIR BOLSONARO – EXONERAÇÃO 

O governo de Jair Bolsonaro mudou nesta terça-feira (23) a data de exoneração de Abraham Weintraub, ex-ministro. A alteração foi publicada no Diário Oficial da União como uma retificação. A saída do ex-chefe da pasta foi adiantada para o dia (19), mas o decreto original foi publicado no dia 20 de junho.

Isso aconteceu porque Weintraub só foi exonerado oficialmente do cargo após utilizar seu passaporte diplomático de ministro para conseguir entrar nos EUA, já que o país impôs restrições a turistas brasileiros por conta da pandemia do novo coronavírus.

Nesta segunda, o ex-ministro usou suas redes sociais para agradecer a todos os que o ajudaram a chegar em segurança nos Estados Unidos. “Agradeço a todos que me ajudaram a chegar em segurança aos EUA, seja aos que agiram diretamente (foram dezenas de pessoas) ou aos que oram por mim”, publicou.

Com a mudança, Weintrab pode ser acusado de utilizar o passaporte diplomático indevidamente, já que viajou para Miami após não ser mais ministro.

A alteração aconteceu após o  Ministério Público, junto ao Tribunal de Contas da União (TCU), ingressar com uma representação para que a Corte apure uma possível participação do Itamaraty na viagem do ex-ministro. Na avaliação do sub-procurador Lucas Furtado pode ter havido desvio de finalidade por parte da pasta comandada por Ernesto Araújo, já que o ingresso de seu colega em Miami, sem caráter oficial, só ocorreu graças ao passaporte diplomático.

Na representação, o sub-procurador ressalta que a viagem não detinha nenhum caráter oficial, “o que lhe retira a finalidade pública” e, por isso, o passaporte diplomático não poderia ter sido utilizado como justificativa para o então ministro ingressar no País.

Procurado, o Planalto ainda não se manifestou sobre o caso.

ATUALIZAÇÃO: Região do Pajeú com 913 infectados, 593 recuperados e 35 óbitos

Relaxed Response to Coronavirus Befits State of Canada's Health Care
REGIÃO DO PAJEÚ – PANDEMIA

No dia em que o Nordeste se prepara para a celebração das festas juninas, a Região do Pajeú chega aos 913 casos, 593 recuperados e 35 mortes. O levantamento foi feito de acordo com os dados das Secretarias Municipais de Saúde dos respectivos municípios, divulgados até às 9h, desta terça-feira (23), véspera de São João.

Acompanhe os dados na tabela: 

 

Município

Casos

Óbitos

01

Serra Talhada

383

8

02

Tabira  

99

5

03

São José do Egito

83

1

04

Afogados da Ingazeira

50

2

05

Triunfo

47

4

06

Carnaíba

46

6

07

Flores

38

1

08

Iguaracy

30

1

09

Brejinho

30

0

10

Tuparetama

28

2

11

Calumbi

24

1

12

Itapetim

19

1

13

Quixaba

13

3

14

Santa Terezinha

10

0

15

Ingazeira

8

0

16

Santa Cruz da Baixa Verde

3

0

17

Solidão

2

0

 

TOTAL

913

35



AFOGADOS DA INGAZEIRA: Segundo óbito é registrado e mais duas pessoas testam positivo para Covid-19

AFOGADOS DA INGAZEIRA – PANDEMIA 

De acordo o último boletim epidemiológico divulgado na noite desta segunda-feira (22), o município de Afogados da Ingazeira registrou o segundo óbito e outras duas pessoas testaram positivo para o Coronavírus. 

Logo, 50 pessoas foram infectadas, 23 apresentaram cura clínica, 2 faleceram  e 398 entraram para lista de descartados. 

Acompanhe a nota na íntegra: 

A Prefeitura de Afogados da Ingazeira informa que foram registrados mais dois casos positivos de Covid-19 em nosso município. 

Trata-se de paciente do sexo masculino, 35 anos, profissional de segurança que trabalha em cidade vizinha,  apresentou sintomas sugestivos para Covid-19 e realizou exame com resultado positivo.

O outro caso é o de paciente do sexo feminino, de 38 anos, funcionária publica, que trabalha em município vizinho. Após apresentar sintomas leves e esperar o tempo preoconizado pelo MS foi atendida na nossa unidade da campanha dia e testou positivo para Covid-19. 

Hoje, infelizmente, registramos o segundo óbito por Covid-19 em Afogados da Ingazeira. Trata-se de um paciente do sexo masculino, 54 anos, estava internado em Unidade de Terapia intensiva na cidade de Caruaru, após complicações no quadro respiratório e cardiológico, veio a óbito. Nossos sentimentos de pesar a todos os amigos e familiares. 

Informamos que tivemos hoje a cura de dois pacientes após avaliação clínica e epidemiológico. Foram realizados 39 testes rápidos em nossa unidade de campanha dia, todos negativos para Covid-19. 

Dois casos que estavam sob investigação foram descartados no dia de hoje. Paciente do sexo feminino,  profissional de saúde que tinha feito a coleta de swab na Unidade de Campanha. O outro caso descartado é o de uma paciente do sexo feminino que está internada no hospital da restauração e aguardava resultado de exame. Ambos deram negativo para Covid-19.

Hoje atingimos a marca de 452 pessoas testadas para Covid em nosso município.

O balaço da quarentena domiciliar monitorada no município também foi informado. 

SERRA TALHADA: Depois de dois dias sem divulgar boletim epidemiológico, município atualiza os números da Covid-19

SERRA TALHADA – COVID-19

Depois de dois dias sem divulgar o boletim epidemiológico, a Secretaria de Saúde de Serra Talhada publicou o balanço com os números do fim de semana e desta segunda-feira (22). 

Confira o boletim na íntegra:

BOLETIM NOVO CORONAVÍRUS – SERRA TALHADA (19/06/2020)

A Secretaria de Saúde de Serra Talhada informa que foram confirmados mais 29 casos positivos de Covid-19 e 01 óbito nesta sexta-feira (19), totalizando 351 casos. São 17 pacientes do sexo feminino e 12 do sexo masculino, com idades entre 07 meses e 69 anos.

O número de casos suspeitos aguardando resultados caiu para 20 e o número de casos descartados subiu para 1.701. Entre os casos confirmados, o número pacientes recuperados clinicamente subiu para 180, enquanto 159 estão em isolamento domiciliar monitorado e 04 pacientes em leitos de isolamento. Em relação aos profissionais de saúde contagiados, 23 já estão recuperados e 07 permanecem em isolamento domiciliar.

O oitavo óbito confirmado é de um paciente do sexo masculino, de 69 anos, que foi internado no Hospam no último dia 06 de junho e veio a óbito nesta quinta-feira (18). O idoso era residente em outro município, mas desde o último mês de abril passou a residir em Serra Talhada. Ele não estava na relação de casos suspeitos no município.

O boletim diário, portanto, fica com 351 casos confirmados, 20 casos suspeitos, 180 recuperados, 1.701 descartados e 08 óbitos.

DISTRIBUIÇÃO CASOS NA ZONA URBANA (320)

Cohab/Tancredo Neves (22)

Bom Jesus (45)

Cagep (15)

IPSEP (54)

Caxixola (09)

São Cristóvão (42)

Borborema (02)

Vila Bela (13)

Alto da Conceição (13)

AABB/Várzea (46)

Centro (38)

Malhada Cortada/Baixa Renda (08)

Universitário (03)

Mutirão (10)

DISTRIBUIÇÃO CASOS NA ZONA RURAL (31)

Fazenda Icós (01)

Barra do Exú (10)

Varzinha (09)

Sítio Conceição de Cima (02)

Lagoa da Pedra (01)

Caiçarinha da Penha (03)

IPA (01)

Fazenda Joazeiro (01)

DNOCS (02)

*Comunidade ignorada (01)

ELEIÇÕES MUNICIPAIS NA PANDEMIA: Congresso Nacional deve começar a decidir nesta semana a respeito do possível adiamento

Ministéro Público defende manter datas das eleições municipais em ...
ELEIÇÃO – ADIAMENTO 

O Congresso Nacional deve começar a decidir nesta semana a respeito do possível adiamento das eleições municipais de 2020 — quando serão escolhidos os prefeitos, vice-prefeitos e vereadores das 5.570 cidades do país. 

O mais provável é que o pleito seja postergado em algumas semanas, mas aconteça ainda em 2020.

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), decidiu colocar em votação amanhã uma proposta de emenda à Constituição (PEC) que adia as eleições municipais deste ano.

Um texto sobre o assunto está sendo preparado pelo relator do tema no Senado, o líder da bancada do PDT, Weverton Rocha (MA). Ele propõe que as eleições aconteçam nos dias 15 e 29 de novembro. 

Como toda proposta de emenda à Constituição, o adiamento das eleições precisa ser votado em dois turnos em cada Casa do Legislativo. Segundo Davi Alcolumbre, o objetivo é realizar os dois turnos de votação no Senado já nesta semana. Se aprovado, o texto seguirá para a Câmara dos Deputados. 

O consenso entre os epidemiologistas ouvidos pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) é de que seria melhor adiar a data das eleições em algumas semanas – para novembro ou dezembro. 

Investigado, Weintraub agradece aos que o ajudaram a chegar “em segurança” nos EUA

Créditos: Reprodução / Redes Sociais
EUA – WEINTRAUB 

O ex-ministro da Educação, Abraham Weintraub, usou suas redes sociais nesta segunda-feira 22 para agradecer a todos os que o ajudaram a chegar em segurança nos Estados Unidos. “Agradeço a todos que me ajudaram a chegar em segurança aos EUA, seja aos que agiram diretamente (foram dezenas de pessoas) ou aos que oram por mim”, escreveu.

Após ser demitido do Ministério da Educação na quinta-feira (18), Weintraub embarcou para Miami chegando lá na manhã do sábado (20).

O ex-ministro não teve que fazer quarentena antes de entrar no País, como prevê o decreto americano, provavelmente por ter feito uso do visto de ministro. Sua exoneração não tinha sido feita até a sua chegada, e foi publicada no Diário Oficial da União pouco depois da divulgação da informação de que ele havia chegado aos Estados Unidos.

Segundo a assessoria de imprensa do Ministério da Educação, a viagem de Weintraub já estava relacionada com o novo cargo que ele deve ocupar no Banco Mundial. Para cargos como esse, o visto apropriado é o chamado visto G.

Teich diz que falta informação sobre covid-19 e critica ministério por ocultar dados

Nelson Teich é um ministro sob medida para um necrogoverno ...
NELSON TEICH – EX-MINISTRO 

O ex-ministro da Saúde Nelson Teich afirmou, em entrevista ao UOL nesta segunda-feira (22), que avalia negativamente a tentativa do governo de Jair Bolsonaro de ocultar dados referentes à pandemia de coronavírus, como foi prática do Ministério da Saúde logo após a saída de Teich.

“Achei isso um erro. Trouxe uma discussão, uma confusão em relação ao Ministério totalmente desnecessário. Me traz uma percepção muito negativa.”, afirmou, apesar de tentar não criticar diretamente a gestão de Bolsonaro e do atual ministro, Eduardo Pazuello, que foi seu secretário-executivo enquanto durou sua breve atuação de menos de um mês na pasta. “Aquele consolidado seria disponibilizado de alguma forma, não tinha como esconder os números.”, disse, ao também negar que tenha sofrido pressão para realizar ato semelhante enquanto foi ministro.

No começo de junho, após pressões do presidente Jair Bolsonaro, a pasta adotou o método de relatar somente os números de mortes “ocorridas” por dia. Depois, foi obrigada a retomar o fluxo normal devido a uma decisão do Supremo Tribunal Federal.

Além disso, Nelson Teich, que justificou sua saída como uma tentativa de não gerar outra crise política na gestão, opinou que faltam informações de qualidade para a avaliação do momento atual do coronavírus no Brasil, onde o vírus já matou mais de 50 mil pessoas.

“É tanta informação que a gente ainda não tem. Hoje, se eu tivesse que focar em uma coisa, seria rever informações que eu preciso e trabalhar pra que essa informação chegasse pra ser consolidada pelo Ministério. Isso vai muito além do que o número de mortes”, afirmou o ex-ministro. A gente tem que melhorar a eficiência da operação, melhorar a nossa capacidade de responder ao que tá acontecendo”.

Teich, no entanto, evitou dar mais detalhes sobre sua saída do Ministério, impulsionada pelo médico ser contra a flexibilização dos protocolos para o uso da cloroquina no Brasil – atualmente liberada até para casos mais leves da doença, apesar da falta de comprovação científica envolvendo o assunto.

Na visão do ex-ministro, Bolsonaro “sempre deixou muito claro a forma que ele tem de governar e liderar” e, por ter sido eleito, teria a prerrogativa de realizar as escolhas ministeriais que melhor lhe agradassem. Atualmente, a pasta da Saúde está com um porcentual alto de militares em cargos antes pertencentes à especialistas.

Mesmo assim, Nelson Teich afirmou que falta uma “liderança clara” para o Ministério da Saúde em relação a unidade de informações e práticas, o que abre ” espaço pra uma disputa de poder” e para uma “gestão enfraquecida”, segundo suas palavras.

O ex-ministro foi o segundo na gestão da Saúde do governo federal durante a pandemia. O primeiro, Henrique Mandetta, também foi demitido por discordar de Jair Bolsonaro em relação à cloroquina e às orientações de distanciamento social, fortemente atacadas pelo presidente desde o início da crise.

MORTE DE EMÍDIO: Prefeito José Patriota emite nota de pesar


NOTA DE PESAR

É com profundo pesar que venho expressar meus sentimentos pelo falecimento do empresário e político Emídio Vasconcelos. 

Como todos sabem, tínhamos certo grau de parentesco, ele sendo primo legítimo de minha esposa Madalena Leite. 

O nosso debate político sempre se deu no mais alto nível, sem ofensas pessoais, à altura das tradições democráticas de nossa Afogados. Debate esse que amanhece mais pobre em nossa cidade. 

Que Deus conforte Seu Brás Emídio, Dona Luiza, irmãos, filhos e demais familiares, nesse momento de dor e que receba Emídio em sua morada eterna.

José Patriota 
Prefeito de Afogados da Ingazeira

Papa emérito retorna ao Vaticano nesta segunda

Papa Emérito Bento 16 em Munique antes de partir para Roma22/06/2020 Sven Hoppe/Pool via REUTERS

     IGREJA CATÓLICA – PAPA EMÉRITO 


Na manhã desta segunda-feira (22), o Papa emérito retorna ao Vaticano da Alemanha com um voo que sai de Munique, na Baviera. A informação foi confirmada pelo porta-voz da diocese de Regensburg, Clemens Neck, como reporta a agência católica de notícias na Alemanha, a KNA.


Na última quinta-feira (18), a propósito da visita ao irmão Georg, gravemente doente, o diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, Matteo Bruni, tinha declarado que Bento XVI ficaria em Regensburg “o tempo que fosse necessário”.


Neste domingo (21), último dia da viagem,, o Papa emérito fez duas visitas ao seu irmão, na sua casa, enquanto que neste sábado (20), Bento XVI pôde passar por alguns locais de família, que não via desde 2006 quando da última visita oficial à terra natal. A primeira parada foi no cemitério de Ziegetsdorf, no túmulo onde repousam os pais e irmã mais velha, num momento de oração concluído com a aspersão de água benta.


A segunda parada foi na sua casa em Pentling, na periferia de Regensburg. Bento XVI ficou pouco menos de uma hora na casa que o acolheu durante os anos em que foi professor de Dogmática na universidade da cidade, de 1969 a 1977 – antes da sua nomeação como arcebispo de Munique e Freising. Atualmente, a casa é a sede do Instituto Bento XVI, onde está sendo preservada a sua herança teológica.


Aos 93 anos, Joseph  Ratzinger, fez sua primeira visita ao exterior desde sua renúncia, em 2013. Seu irmão, Georg, tem 96 anos e também é padre – ambos foram ordenados no mesmo dia, em 29 de junho de 1951. 


Desde que abdicou, o papa emérito vive recluso no Mosteiro Mater Ecclesiae, no Vaticano, e faz raras aparições públicas. (ANSA)

OMS alerta que pandemia continua acelerando no mundo

São Paulo concentra maioria de casos da pandemia. Foto: Nelson Almeida/AFP

OMS – MUNDO 
A Organização Mundial da Saúde (OMS) advertiu nesta segunda-feira que a pandemia continua “acelerando” no mundo, depois que o Brasil superou 50.000 mortes por coronavírus no fim de semana e enquanto os países europeus avançam com a flexibilização do confinamento.
A pandemia de covid-19 “continua acelerando”, com um milhão de casos registrados em apenas oito dias, afirmou o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, em uma conferência virtual organizada por Dubai. “Sabemos que a pandemia é muito mais que uma crise de saúde, é uma crise econômica, social e, em muitos países, política. Seus efeitos serão sentidos durante décadas”, completou.

O novo coronavírus provocou mais de 468.000 mortes e quase 9 milhões de contágios no mundo, desde que o vírus foi detectado na China no fim do ano passado, segundo um balanço da AFP com base em fontes oficiais.

A América Latina é a região com o ritmo mais acelerado de propagação da doença atualmente, sobretudo no Brasil.O país superou a barreira de 50.000 mortos e tem mais de um milhão de contágios, metade dos casos declarados na região. Com mais de 12.500 mortes e quase 220.000 contágios acumulados, São Paulo é o estado brasileiro com mais casos, seguido pelo Rio de Janeiro.

Com mais 381 confirmações e 18 mortes, PE tem 52.494 casos e 4.252 óbitos pela Covid-19

Amostra laboratorial do coronavírus — Foto:  Center for Desease Control and Prevention/Divulgação
PANDEMIA – PERNAMBUCO

Foram confirmados, nesta segunda-feira (22), 381 novos casos da Covid-19 em Pernambuco, além de 18 óbitos. Com esse acréscimo, o estado tem, ao todo, 52.494 pacientes que receberam o diagnóstico da doença e 4.252 pessoas que morreram com o novo coronavírus desde o começo da pandemia, em março.

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (SES), 250 dos 381 casos são considerados leves, enquanto 131 se enquadram como Síndrome Respiratória Aguda Grave. Diante desses números, Pernambuco passou a ter 18.229 casos graves e 34.265 leves.

IMPOSTO DE RENDA: Menos de 10 dias para o término do prazo de entrega da Declaração do IR

(Foto: Marcello Casal Jr./Agência brasil)
IMPOSTO DE RENDA – BRASIL 

Faltando nove dias para o término do prazo de entrega da Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) de 2020, ano-base 2019, em 30 de junho, o principal alerta do supervisor nacional do Imposto de Renda da Receita Federal, Joaquim Adir, é de que os contribuintes não deixem para entregar o documento na última hora. “Quem se atrasa, acaba tendo mais dificuldade para encontrar os comprovantes e menos tempo para tirar dúvidas importantes”, destaca. Encontre, portanto, todos os recibos: de salários, planos de saúde, heranças, compras de casas e apartamento, lucros de capital, entre outros, aconselha o especialista.

Adir informa que o sistema do Fisco passou por melhorias este ano (o programa pode ser baixado na página irpf2020.com/programa-irpf-2020/), para facilitar o acesso, e acrescenta que não houve mudanças na legislação. O governo vem reduzindo os benefícios tributários e reformular o IR. No ano passado, o patrão podia compensar até R$ 1,2 mil em gastos com empregados domésticos mas, a partir deste ano, não tem mais essa dedução. De acordo com a Receita, a renúncia com esse incentivo fiscal foi de R$ 674 milhões em 2019.

Nesse ritmo, apesar da pandemia, o feroz Leão pouco facilitou a vida do contribuinte que tem imposto a pagar (em até oito parcelas), além da postergação do prazo. “A crise sanitária pelo coronavírus trouxe problemas para todos. Mas a maioria dos contribuintes tem restituição. Os que devem as cotas são autônomos ou profissionais com altos salários. Por isso, o pagamento, que começava a partir de 30 de abril, também foi adiado para 30 de junho”, explica.

ENTRETENIMENTO: Adriana Araújo anuncia saída do ‘Jornal da Record’ e Christina Lemos assumirá bancada

Adriana Araújo deixa o Jornal da Record e é substituída por ...

MUDANÇAS – RECORD 

Depois de 14 anos no comando da bancada do “Jornal da Record”, Adriana Araújo deixou o posto. A jornalista  comunicou sua saída da banca em seu perfil no Instagram. 

“Hoje só tenho uma palavra a dizer pra fechar um ciclo de 14 anos: obrigada! Muito obrigada, sempre! Levo comigo memórias de momentos que marcaram a minha carreira, o respeito e a torcida que recebi de tanta gente, amigos da redação e do público. E a certeza que ofereci o melhor que havia em mim: trabalho e verdade. A todos que se preocupam comigo, fiquem tranquilos. Estou bem e serena. Que bons ventos me levem…”. 

Araújo assumirá a apresentação do do programa “Repórter Record Investigação”. 

Em seu lugar, a jornalista Christina Lemos assume a apresentação do telejornal nesta segunda-feira (22). A sucessora confirmou seu novo desafio também pelas redes sociais.

Depois de 30 anos de carreira na reportagem, cobrindo, analisando política e passando por vários presidentes da República, vamos para mais um desafio: levar o que vivi para a bancada de um dos mais importantes jornais do país, o ‘Jornal da Record’”, escreveu ela.

Ex-advogado de Sérgio Cabral é contratado por Flávio Bolsonaro

Filho do presidente Jair Bolsonaro, o senador Flávio Bolsonaro. Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado
FLÁVIO BOLSONARO – POLÍTICA 

Após anunciar que Frederick Wassef deixou de fazer sua defesa, o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) contratou na noite deste domingo (21) o advogado Rodrigo Roca para ser seu advogado no caso que investiga o esquema de rachadinha quando Flávio era deputado estadual no Rio de Janeiro. A informação foi divulgada pelo jornal Folha de S. Paulo.

Roca foi advogado de Sérgio Cabral até 2018, quando o ex-governador decidiu fazer delação, contrariando sua estratégia de defesa à época. Cabral segue preso no Rio de Janeiro.

Wassef deixou a defesa do senador dias após a prisão de Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio, em um imóvel que pertence ao advogado em Atibaia, no interior de São Paulo. Nos bastidores há informação de que a família Bolsonaro foi aconselhada a afastar o advogado do caso, mas publicamente todos dizem que isso foi uma decisão de Wassef contra a vontade do filho do presidente.

Em entrevistas, Wassef sempre negou saber o paradeiro de Queiroz enquanto hospedava o ex-assessor em seu sítio há mais de um ano. Mesmo após a polícia prender Queiroz em sua casa, o advogado continuou negando que sabia sobre o caso. “O Queiroz não mora lá. O Queiroz estava no Rio de Janeiro. As pessoas que estavam lá dizem que ele chegou há menos de 4 dias”, disse neste sábado (20).

Flávio Bolsonaro nega todas as acusações, diz ser vítima de perseguição e critica o vazamento das informações do processo, que corre em segredo de Justiça.