Arquivo da tag: Alyson Nascimento

Homem é preso por tentativa de feminicídio após atear fogo na companheira em avenida de Olinda

Um ex-presidiário de 24 anos foi preso, na madrugada desta quinta-feira (23), após ter ateado fogo na companheira de 19 anos, na avenida Getúlio Vargas, no Bairro Novo, em Olinda, Região Metropolitana do Recife (RMR).

De acordo com a Polícia Civil de Pernambuco, o homem foi autuado em flagrante por tentativa de feminicídio. O crime ocorreu por volta das 3h na via, uma das principais da cidade.

Policiais militares do 1º Batalhão realizavam rondas na região quando viram a mulher com o corpo queimado. Segundo a polícia, a vítima informou que o companheiro quem teria ateado fogo nela.

O homem foi preso próximo ao local onde a mulher estava e relatou, segundo a polícia, que, se os militares não chegassem, estava disposto a “consumar o crime” e matar a companheira. Ele contou ainda que acreditava estar sendo traído pela mulher.

A vítima foi socorrida para a UPA da Cidade Tabajara, em Olinda. De acordo com a unidade de saúde, ela foi transferida por volta das 9h para o Hospital da Restauração (HR), no bairro do Derby, área central do Recife.

Segundo o HR, a jovem deu entrada consciente às 9h37 com queimaduras em parte do rosto, ombro e pescoço. O estado de saúde dela, que foi levada para a Unidade de Tratamento de Queimados (UTQ) é considerado estável. Ela receberá curativos e permanecerá em observação.

Policiais militares de Pernambuco deverão começar a usar câmeras acopladas à farda

Policiais militares de Pernambuco deverão começar a usar câmeras corporais acopladas às suas fardas. O equipamento grava todas as atividades policiais, em uma medida para tentar evitar possíveis excessos em abordagens.

A expectativa para o início do uso das chamadas bodycams é para dezembro deste ano, segundo o Ministério Público de Pernambuco (MPPE). O primeiro Batalhão da PM a receber o projeto também foi escolhido e será o 17º, sediado em Paulista, na Região Metropolitana do Recife (RMR).

As câmeras já são usadas em polícias de outros estados, como São Paulo e Santa Catarina, e estão sendo debatidas em outros como Minas Gerais, Bahia, Amapá, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul. A implantação das câmeras na polícia pernambucana foi debatido em reuniões entre representantes do MPPE, da Secretaria de Defesa Social (SDS) e da Polícia Militar de Pernambuco, na quarta-feira (22).

Na sede da SDS, o promotor de Justiça, Rinaldo Jorge, e o secretário-executivo de Defesa Social, Rinaldo de Souza, firmaram parceria para o projeto e discutiram os benefícios do uso das câmeras pelos policiais do Estado.

“Nosso intuito de criar uma comissão é para garantir o acompanhamento, a evolução do sistema de uso de bodycams, a fonte de custeio e o planejamento da implantação do projeto”, informou Rinaldo Jorge.

Para o secretário, o projeto tem muito a agregar no dia a dia da polícia. “A chegada das câmeras traz maior segurança à atuação do policial no cumprimento do seu dever. Na medida que isso permite o controle de qualidade do atendimento da ocorrência, dá uma segurança para o policial que está realizando um procedimento correto”, explica.

O representante da SDS acrescenta que a medida também deverá beneficiar quando flagrados ou presos aleguem algum uso excessivo da força policial. “Vai facilitar aqueles momentos em que o profissional está sendo testado pelo próprio flagrado ou preso, dizendo que está havendo algum uso excessivo da força. Com a câmera mostrando o procedimento, fica mais fácil a comprovação das evidências”, completou Rinaldo de Souza.

O comandante-geral da Polícia Militar de Pernambuco, Roberto Santana, informou a aquisição do projeto no 17º Batalhão está em fase final. “Podemos ter uma ideia mais aprofundada das experiências e legislações dos estados que já utilizam a bodycam no policiamento. Isso vai nos ajudar bastante na realização das nossas normas, que chamamos de POP, que quer dizer Procedimento Operacional Padrão”, comentou o comandante.

Morte de ator achado com saco na cabeça em apartamento em SP foi acidental, diz laudo do IML

A morte do ator Luiz Carlos de Araújo foi acidental, segundo a conclusão do laudo do Instituto Médico Legal (IML) divulgado na quarta-feira (22) pela Polícia Civil de São Paulo. De acordo com o documento, a causa da morte foi por asfixia e uso de drogas.

O artista de 42 anos, que era conhecido por ter atuado na novela ‘Carinha de Anjo’, do SBT, havia sido encontrado por amigos e pela Polícia Militar (PM) já sem vida, no último dia 11 de setembro, no seu apartamento no centro da capital paulista

O ator tinha deixado de responder as mensagens por celular havia alguns dias, o que preocupou quem o conhecia. Amigos e a PM chamaram um chaveiro para abrir a porta do imóvel e acharam Luiz Carlos sozinho sobre a cama, com um saco plástico na cabeça e a barriga para cima.

De acordo com o resultado do exame necroscópico e informações da investigação, o ator usou um saco plástico para tentar aliviar a ansiedade, numa polêmica técnica conhecida na literatura médica como re-respiração, que consiste em colocar um saco de papel na boca e assoprá-lo. O saco plástico que Luiz Carlos usou sobre a cabeça aumentou o teor de dióxido de carbono, que é tóxico, e reduziu o de oxigênio.

Jovem que completar 16 anos até a data da próxima eleição poderá votar

De acordo com o artigo 14 da Constituição Federal, o voto é facultativo para jovens de 16 e 17 anos, mas passa a ser obrigatório a partir dos 18 anos. Porém, muita gente não sabe que jovens de 15 anos que completarão 16 anos até o dia 2 de outubro de 2022, data do primeiro turno das próximas eleições gerais, também podem tirar a primeira via do título eleitoral.

É necessário, contudo, ficar atento ao prazo para tirar o documento: de janeiro a maio de 2022.

Votar é um ato de cidadania. E estimular o exercício da cidadania é uma das missões da Justiça Eleitoral. Por isso, o primeiro voto é o momento no qual jovens eleitores podem ajudar a definir os rumos da democracia. É também um importante primeiro passo para assumirem lideranças e ocuparem espaços na vida política da sociedade.

Datafolha: 61% dos brasileiros acreditam que corrupção vai aumentar

Uma pesquisa Datafolha divulgada nesta quarta-feira (22) pelo jornal “Folha de S.Paulo” aponta que, para 61% dos brasileiros, a corrupção no país vai aumentar nos próximos meses. Para 11%, vai diminuir.

Outros 24% entendem que a situação continuará como está, e 3% não souberam responder.

A pesquisa ouviu 3.667 pessoas entre 13 e 15 de setembro em 190 municípios de todo o país. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos, com nível de confiança de 95%.

61% acham que a corrupção vai aumentar (eram 56% em dezembro de 2020 e 40% em abril de 2019)
24% acham que a corrupção vai ficar como está (eram 27% em dezembro de 2020 e 21% em abril de 2019)
11% acham que a corrupção vai diminuir (eram 14% em dezembro de 2020 e 35% em abril de 2019)

O número de pessoas que acreditam no aumento da corrupção é maior do que o registrado na última pesquisa, realizada em 7 e 8 de julho. Naquela ocasião, 56% fizeram essa afirmação. E 13% acreditavam que iria diminuir.

No primeiro levantamento sobre o tema durante o governo do presidente Jair Bolsonaro, feito em abril de 2019, 40% dos entrevistados afirmaram que a corrupção iria crescer. E 35% disseram que iria cair.

Após contato com Queiroga em NY, Bolsonaro ficará por 5 dias em isolamento, anuncia Planalto

O secretário especial de Comunicação do Palácio do Planalto, André de Sousa Costa, informou nesta quarta-feira (22) que o presidente Jair Bolsonaro e integrantes da comitiva que tiveram contato com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, permanecerão em isolamento pelos próximos cinco dias e farão novos testes do tipo RT-PCR no próximo fim de semana para saber se contraíram Covid-19.

O anúncio foi feito no Palácio do Planalto depois de a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recomendar que autoridades que tiveram contato com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga em Nova York se mantenham em isolamento por 14 dias.

Caso os resultados dos exames sejam negativos, Bolsonaro e membros da comitiva serão liberados do isolamento e acompanhados por médico até o 14º dia desde o último contato com Queiroga, cujo exame resultou positivo antes da viagem de retorno da delegação para o Brasil, após participação na Assembleia Geral das Nações Unidas, em Nova York. O ministro permaneceu nos Estados Unidos, em isolamento por 14 dias em um hotel.

“No quinto dia após o último contato com a autoridade, serão submetidos a um novo teste de RT-PCR. Em sendo negativo esse teste, a pessoa encontra-se então liberdade do isolamento e será acompanhada por um médico, terá um acompanhamento até o 14º dia. Décimo quarto dia, permanecendo assintomática, está descartado o caso de Covid”, disse o secretário André Costa.

Os testes no presidente e na comitiva serão realizados entre sábado e domingo, já que o último contato com Queiroga foi na terça, informo o secretário.

Segundo Costa, Bolsonaro encontra-se no Palácio da Alvorada [residência oficial da Presidência], “assintomático, totalmente assintomático, e seguirá então essas orientações”.

Costa explicou que as medidas adotadas seguem o Guia de Vigilância Epidemiológica publicado pelo Ministério da Saúde.

De acordo com o secretário, Bolsonaro e os integrantes da comitiva estão assintomáticos. A comitiva que permanecerá em isolamento tem “um pouco mais de 50 pessoas”, mas nem todas tiveram contato com Queiroga.

Prefeitura do Recife cria comissão para preparação do Carnaval 2022

A Prefeitura do Recife criou, nesta quarta-feira (22), uma comissão para preparação do Carnaval 2022. A realização do evento ainda não está definida e dependerá do parecer das autoridades sanitárias, mas a Comissão Interna do Carnaval, formada por diversas secretarias do município, já está responsável por deliberações e ações administrativas relacionadas à festa de Momo.

Em 2022, o Sábado de Zé Pereira cairá no dia 26 de fevereiro e a Terça-feira Gorda, em 1º de março.

A comissão foi instituída pelo prefeito João Campos e tem como objetivo garantir o cumprimento de prazos, a articulação externa e todas as demandas pertinentes ao ciclo carnavalesco.

A comissão vai disparar, de forma imediata, uma ação integrada, incluindo o acompanhamento das atualizações de protocolos sanitários vigentes.

A gente está formando, no dia de hoje, a comissão do Carnaval. Vai ser uma comissão constituída pelas secretarias do município que têm atuação direta na construção e na realização do Carnaval, para que todos os processos burocráticos e administrativos sejam iniciados, garantindo que o Recife estará apto a realizar um grande Carnaval. Lembrando que a decisão da realização ou não do Carnaval é estritamente das autoridades sanitárias”, comentou prefeito João Campos.

O prefeito explicou que a preparação é necessária para que a cidade esteja pronta para o evento caso haja liberação sanitária.

Nosso papel é deixar o Recife apto e preparado para ter um Carnaval. Mais uma vez, a decisão final será das autoridades sanitárias. Inclusive, a Secretaria Municipal de Saúde vai fazer parte da comissão. A partir de hoje, os trabalhos se iniciam, toda parte estrutural e organizacional. Nosso desejo, nossa vontade é que no próximo ano, o Recife tenha o maior Carnaval da sua história”, completou o prefeito.

Para o trabalho, foram integradas equipes das secretarias de Cultura, Saúde, Turismo e Lazer, Infraestrutura, Política Urbana e Licenciamento, Governo e Participação Social, Planejamento e Gestão, além da Assessoria Especial. Caso seja confirmada a realização do Carnaval 2022, o trabalho ainda contará com outras participações.

Mais de mil armas de empresas de segurança foram parar nas mãos de bandidos em Pernambuco

O esquema comandado por servidores públicos para desvio e venda de armas de fogo e munições que estavam sob a guarda da Coordenação de Operações e Recursos Especiais (Core), da Polícia Civil de Pernambuco, descoberto neste ano, é apenas um dos desafios que o Estado enfrenta para evitar que esses armamentos caiam nas mãos de criminosos. Em menos de cinco anos, 1.064 armas de fogo pertencentes a empresas de segurança privada que atuam em Pernambuco foram furtadas, roubadas ou desviadas.

Os números foram obtidos pela agência de dados Fiquem Sabendo, com base em estatísticas fornecidas pela Polícia Federal.

Somente no ano de 2017, por exemplo, 353 armas de diversos calibres foram levadas em assaltos, arrombamentos ou “sumiram” das empresas de vigilância e de transporte de valores no Estado. Há casos em que revólveres foram roubados em investidas a agências bancárias, onde atuam seguranças dessas empresas privadas, ou mesmo durante abordagens a carros-fortes.

Em 10 de agosto daquele ano, uma empresa de vigilância localizada no município de Abreu e Lima, na Região Metropolitana do Recife, foi alvo de assalto. Cinco homens teriam conseguido levar mais de 100 armas – a maioria revólveres calibre 38.

Priscila Krause critica reajuste na conta de água e esgoto em Pernambuco

A deputada Priscila Krause (DEM) reagiu, durante Reunião Plenária, ao reajuste de 11,9% aplicado pela Compesa desde o dia 19 de agosto. Outro aumento, de 2,4%, já havia sido implementado em janeiro deste ano. A parlamentar anunciou que apresentará um projeto de lei para impedir a Agência Reguladora de Pernambuco (Arpe) de autorizar mais de uma elevação ordinária anual nas tarifas.

A alta acumulada na tarifa de água e esgoto, em relação ao ano passado, chega a 14,58%, acima da inflação no período, que foi de 9,7%, segundo o IPCA. É o maior valor aplicado, em 2021, entre as dez maiores companhias de saneamento do País”, ressaltou. “Só depois de muita grita e mobilização, principalmente nas redes sociais, a Compesa suspendeu esse reajuste para os beneficiários da tarifa social, destinada a famílias com renda inferior a um salário mínimo.”

A democrata cobrou à concessionária por não fazer nenhuma diferenciação no porte dos empreendimentos. Além disso, acentuou que o aumento, que considera “injusto e abusivo”, também impactará indiretamente o bolso dos consumidores, ao ser repassado pela indústria e pelo comércio nos preços dos produtos.

A Lei Federal do Saneamento prevê que reajustes de tarifas de serviços públicos de saneamento básico serão realizados observando-se o intervalo mínimo de 12 meses, lembrou Priscila Krause. Ela pediu o apoio dos demais parlamentares à proposição que visa impedir a Arpe de autorizar dois aumentos no mesmo ano.

Johnson & Johnson garante eficácia maior se a imunização completa for com duas doses

A vacina contra o coronavírus do laboratório norte-americano Johnson & Johnson é mais eficaz quando administrada em duas doses, de acordo com novos dados divulgados pela empresa nesta terça-feira (21).

O imunizante da J&J foi originalmente desenvolvido como uma vacina de dose única, mas com uma segunda dose injetada cerca de dois meses (56 dias) após a primeira, os níveis de anticorpos observados aumentaram “quatro a seis vezes”, de acordo com um comunicado da empresa.

A eficácia da vacina contra casos sintomáticos da doença pelo menos 14 dias após a dose de reforço foi de 75% e de 100% contra casos graves, com base em dados de um ensaio clínico realizado em vários países em pessoas a partir de 18 anos.

Nos Estados Unidos, a eficácia contra os casos sintomáticos (moderados a graves) foi de 94% com essa dose de reforço. Em comparação, os dados mais recentes do ensaio clínico de dose única original mostraram que a eficácia da droga nos Estados Unidos contra casos sintomáticos era de 70%.

Segundo a Johnson & Johnson, variantes do coronavírus reduzem a eficácia da vacina contra os casos graves.

A empresa disse que enviou os dados à Food and Drug Administration (FDA) dos Estados Unidos e que em breve os apresentará a outras autoridades regulatórias em todo o mundo.

Esta é uma notícia encorajadora para os 15 milhões de americanos vacinados com este imunizante: o governo do presidente Joe Biden anunciou que lançaria uma campanha de reforço para adultos vacinados com Pfizer ou Moderna, mas disse que estava aguardando mais dados sobre a Johnson & Johnson.

Ernesto Araújo critica fala ‘fria, tecnocrática e sem paixão’ de Bolsonaro na ONU

Na contramão da maioria dos analistas de política externa, que consideraram vexaminoso o discurso do presidente Jair Bolsonaro durante a 76ª Assembleia-Geral da ONU, nesta terça-feira (21), o ex-chanceler Ernesto Araújo achou o pronunciamento frio, tecnocrático e sem paixão.

Pior, foi uma fala que contrastou com as anteriores proferidas por Bolsonaro na ONU, em que ele, segundo Ernesto, mostrou liderança. Não por acaso, tiveram sua colaboração enquanto titular do Itamaraty.

“Minha primeira impressão é de um discurso um pouco tecnocrático. Acho que o presidente reafirmou alguns princípios básicos do governo na nossa atuação internacional desde o começo, os valores que nos moviam. Mas é um discurso um pouco frio, sem paixão”, disse Ernesto, que participou de um debate promovido pelo site bolsonarista Terça Livre logo após o discurso.

O ex-chanceler foi substituído por Bolsonaro em março pelo diplomata Carlos França, de perfil mais técnico. Desde então, Ernesto aproximou-se da base conservadora do presidente e reforçou a ligação com as ideias do filósofo Olavo de Carvalho. Especula-se que ele se candidate a algum cargo na eleição do ano que vem, defendendo princípios conservadores e o combate ao chamado “globalismo”.

Ao comentar o discurso do ex-chefe, Ernesto viu um certo “amaciamento” ao tratar de certas questões, em comparação à fala proferida em 2019, primeiro ano de governo. “Imagino que esse discurso de hoje sofrerá menos críticas do que aquele por parte da mídia, por parte do mainstream”, afirmou.

Kantar IBOPE Media indica que consumo de rádio aumentou e alcança 80% dos brasileiros

O rádio está em todos os ouvidos. Seja no dial ou via streaming, e até por telas, o rádio não deixa de acompanhar a evolução do consumo de mídia pelos brasileiros.

De acordo o Inside Radio 2021, estudo da Kantar IBOPE Media sobre o cenário do meio, 80% dos brasileiros, nas 13 regiões metropolitanas pesquisadas, ouvem rádio – um aumento de 2 pontos percentuais em relação ao ano anterior. Cada ouvinte passa, em média, 4 horas e 26 minutos ouvindo rádio.

Em 2021, todas as regiões aferidas pela Kantar IBOPE Media registraram aumento no alcance do meio. A Região Sul é a que mais se destaca, com 85% das pessoas declarando ouvir rádio, seguida por Nordeste (81%) e Centro-Oeste e Sudeste (ambas com 80%).

Como o rádio atinge grande parcela da população, o perfil do ouvinte é bem equilibrado: 52% do público são mulheres e 48% homens. As pessoas de classe C são as que mais consomem esse tipo de mídia, com 43% do total, seguidas de perto pelas classes A e B (40%). Em relação à idade, os públicos que se destacam são as pessoas acima de 60 anos (21%), de 30 a 39 anos (20%) e de 40 a 49 anos (19%).

De forma geral, os brasileiros preferem usar o rádio comum (80%), mas o consumo pelo celular aumentou em relação ao último ano: passou de 23% para 25% em 2021. Em casa (71%), no carro (24%), durante trajetos (8%) e no trabalho (2%) são os locais citados para o consumo do meio.

“O rádio se expande através da sua capacidade de unir o melhor de dois mundos: a credibilidade e o companheirismo do dial com o dinamismo do online”, explica Giovana Alcantara, Diretora de Desenvolvimento de Negócios Regionais da Kantar IBOPE Media.

O aumento contínuo do consumo do rádio online mostra o potencial do meio para buscar outros formatos de transmissão: 10% da população declara ter ouvido rádio pela internet nos últimos 30 dias. Esse publicou passou por dia, em média, 2 horas e 44 minutos conectados ao rádio.

Entre os ouvintes de rádio web, o celular é o device favorito para o consumo do meio (66%), seguido pelo computador (37%) e por outros equipamentos (8%). Já o perfil do ouvinte web apresenta características distintas: ligeiramente mais masculino (51%), com uma concentração na classe AB (67%) e mais jovem, com 57% dos ouvintes entre 20 e 39 anos.

“Essa audiência conectada, que gosta de ouvir rádio pelo celular ou no computador, também precisa ser compreendida pelas emissoras e anunciantes. Recentemente anunciamos o Extended Radio, nossa solução que possibilita a análise do consumo de rádio em seus diferentes formatos, apresentado uma visão completa do consumo no dial e online”, comenta Giovana.

Novos formatos e o poder da publicidade: é inegável o espaço que o áudio, a matéria prima do rádio, tem nas nossas vidas – é uma presença importante desde as nossas primeiras palavras até se tornar esse formato de conteúdo quase onipresente. “A tecnologia tem sido uma grande aliada do áudio e tem indicado caminhos importantes para disseminação de conteúdo”, comenta Giovana. “Por exemplo, notamos que algumas emissoras têm criado canais no YouTube, investindo em transmissões do estúdio ao vivo, produzido programas exclusivos… Ou seja, quando se fala em áudio, o Rádio não se resume a só uma frequência no FM e o YouTube já não é mais um canal, apenas, para ver videoclipes ou ouvir música”, complementa.

De acordo com o estudo, entre as pessoas com acesso à internet, música ou outros tipos de áudio no YouTube é o conteúdo mais escutado online (59%), seguido de música em apps de streaming, como Spotify, Deezer e Google Play (37%), podcasts (31%) e rádio online com a mesma programação do dial (18%).

Além da música, os podcasts também tem conquistado mais espaço – 31% dos ouvintes com acesso à internet ouviram podcasts nos últimos três meses, um aumento de 32% em relação ao último ano. “Os podcasts oferecem a possibilidade de falar sobre os mais diferentes temas, desde aqueles de interesse geral até aos mais segmentados: são uma ferramenta para falar com todos, independentemente dos interesses, a qualquer hora e em qualquer lugar”, explica Giovana.

Com essas diferentes possibilidades de formatos para impactar o público, também se criam mais oportunidades para marcas e anunciantes. De acordo com o Inside Radio, os comerciais que surgem entre os programas e as músicas são o formato que mais capta a atenção dos ouvintes (50%), seguido por promoções durante a programação das emissoras de rádio (28%).

No primeiro semestre de 2021, quase 5 mil anunciantes investiram em publicidade no rádio. Desses, 2376 anunciantes veicularam anúncios exclusivamente no meio.

Entre os diferentes setores que direcionaram seus recursos de mídia para o rádio, Serviços ao Consumidor (30,6%), Comércio (26,8%) e Financeiro e Securitário (7,8%) se destacam. Juntos, os três segmentos concentram quase 2/3 do investimento total em anúncios veiculados no meio de comunicação.

Após Queiroga testar positivo para Covid-19, Anvisa recomenda quarentena para comitiva de Bolsonaro

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recomendou que todos os integrantes da comitiva do presidente Jair Bolsonaro que tiveram contato com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, adotem medida de isolamento social, permanecendo em quarentena assim que retornarem ao Brasil.

Após Queiroga ter sido diagnosticado com Covid-19 em exame feito nos Estados Unidos, a Anvisa remeteu um ofício à Casa Civil dando as orientações sanitárias que seguem as medidas protetivas no caso da pandemia.

A recomendação da Anvisa também deve ser aplicada ao presidente Jair Bolsonaro. Segundo a agência, as medidas devem ser seguidas por todos que tiveram contato com o ministro durante a viagem a Nova York, ONDE o presidente participou da Assembleia Geral da ONU.

Eis as orientações da Anvisa para a Presidência da República:

1) desembarque no Brasil de forma a expor o mínimo possível de ambientes e pessoas;

2) isolamento de 14 dias após o último dia de contato com o caso confirmado de Covid-19, conforme o Guia de Vigilância Epidemiológica para Covid-19 publicado pelo Ministério da Saúde;

3) cumprimento de isolamento na cidade de desembarque no Brasil, evitando novos deslocamentos até que tenham ultrapassado o período de transmissibilidade do vírus;

4) refazer os testes de Covid-19 no Brasil.

A Anvisa também sugeriu que a Aeronáutica faça limpeza e desinfecção da aeronave presidencial e demais aviões que possam ter sido usados na viagem a Nova York.

Anvisa determina recolhimento de lotes interditados da vacina CoronaVac

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou nesta quarta-feira (22) que determinou o recolhimento dos 25 lotes da vacina CoronaVac que foram interditados de forma cautelar no início de setembro.

Na nova resolução, a Agência afirma que a decisão foi tomada após a constatação de que os dados apresentados pelo laboratório não comprovam a realização do envase em condições satisfatórias de boas práticas de fabricação.

A vacina é produzida pelo laboratório chinês Sinovac em parceria com o Instituto Butantan. No dia 14 deste mês, o Instituto anunciou que os lotes seriam substituídos por vacinas prontas.

O g1 entrou em contato com o Instituto e aguarda retorno.

Ao todo, a Anvisa havia interditado 12,1 milhões de doses que foram produzidas pela Sinovac, na China, em uma fábrica não inspecionada e aprovada pela Agência.

Desse total, o estado de São Paulo aplicou 4 milhões de doses. O número corresponde a cerca de 19% de 21 milhões de doses da CoronaVac aplicadas no estado ao longo de toda a campanha de vacinação contra a Covid-19.

O governo de SP defende a segurança e eficácia do imunizante e afirma que o estado não registrou nenhuma intercorrência com as vacinas da CoronaVac aplicadas de lotes que foram suspensos.

Lewandowski determina que vacinação de adolescentes deve ser decidida por estados e municípios

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Ricardo Lewandowski determinou nesta terça (21) que cabe a estados, municípios e Distrito Federal a decisão de promover a imunização de adolescentes maiores de 12 anos, desde que observadas as recomendações dos fabricantes das vacinas, da Anvisa e de autoridades médicas.

A decisão ocorre no âmbito de Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental apresentada por PC do B, PSOL, PT, PSB e Cidadania, que questionaram a decisão do Ministério de Saúde de suspender a vacinação de jovens entre 12 e 17 anos sem comorbidades.

Na semana passada, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, chegou a dizer expressamente que mães não deveriam levar “suas crianças” para vacinar “sem autorização da Anvisa” —embora a Agência Nacional de Vigilância Sanitária tenha mantido a orientação de uso da Pfizer em adolescentes.

O ministro Ricardo Lewandowski afirma que a decisão da pasta não foi amparada por evidências acadêmicas ou critérios científicos e técnicos estabelecidos por organizações reconhecidas.

O ministro ainda destaca, com palavras em negrito, que a corte já demonstrou que a campanha de vacinação no país deve se guiar por evidências científicas e análises estratégicas pertinentes.

Ministro chama senadora de ‘descontrolada’, gera tumulto e se torna investigado pela CPI

O ministro da Controladoria-Geral da União (CGU), Wagner Rosário, chamou a senadora Simone Tebet (MDB-MS) de “descontrolada” durante reunião da CPI da Covid nesta terça-feira (21). A fala de Rosário gerou tumulto entre os senadores, e o ministro deixou a sessão.

Logo depois, a pedido do presidente da CPI, Omar Aziz (PSD-AM), o relator da comissão, Renan Calheiros (MDB-AL), converteu a condição do ministro de testemunha para a de investigado.

Wagner Rosário fez a declaração após Tebet ter criticado a atitude do ministro em relação ao presidente Jair Bolsonaro e ao processo de aquisição pelo governo federal da vacina Covaxin.

A senadora afirmou que a CGU “não foi criada para ser órgão de defesa de ninguém”, sugerindo que Rosário atua para atender aos interesses do presidente Jair Bolsonaro.

“Temos um controlador que passa pano, deixa as coisas acontecerem”, afirmou Simone Tebet.
Segundo a senadora, o ministro não pode se comportar como “advogado do governo”

Tebet disse ainda que foram usados documentos falsos no contrato para a aquisição da Covaxin, não detectados, segundo ela, pela CGU.

De acordo com a senadora, das três versões de “invoice” (nota fiscal de importação) que teriam sido elaboradas, somente a primeira era verdadeira – o documento cobrava um pagamento antecipado de US$ 45 milhões, o que não estava previsto em contrato, com benefício para uma empresa localizada em Singapura. A CPI apura se esse dinheiro seria desviado do contrato.

Afogados: prefeitura reabre agendamento para vacinação de adolescentes de 12 a 17 anos

A Prefeitura de Afogados da Ingazeira informa que está aberto o agendamento para vacinação de adolescentes de 12 à 17 anos.

A vacinação ocorre na quadra da Escola Monsenhor Antônio de Pádua Santos (entrada por trás).

O agendamento pode ser realizado no site:

https://www.afogadosdaingazeira.imunizape.com.br

Vacinação no município:

Desde o início da vacinação, a Prefeitura de Afogados já aplicou 45.832 doses de vacina contra a COVID. 73,9% da população de 18 anos ou mais já estão com o esquema completo de vacinação.

Paróquia da Catedral abre inscrições para formação de Coroinhas

Conforme divulgado na página da Pascom Catedral, a Paróquia do Senhor Bom Jesus dos Remédios informa que abriu as inscrições para formação de novos coroinhas.

As inscrições poderão ser realizadas até 30 de setembro, na Casa Paroquial, na sacristia da Catedral, ou pelo WhatsApp (87) 99948-7512.

Os candidatos ao ministério de coroinha devem ter feito o sacramento da 1ª Eucaristia.

Rádio Pajeú lança nos próximos dias nova programação

A Rádio Pajeú lançará nos próximos dias a nova programação da emissora, após lacuna deixada pela morte do radialista Anchieta Santos.

Conforme divulgado na Coluna Domingão do blog do Nill Júnior, a nova programação entrará no ar dia 4 de outubro, data do aniversário de 62 anos da emissora. As mudanças serão anunciadas até o dia 27.

Caminhão de combustível de São José do Egito explode em Sertânia

Segundo divulgado pelo blog do Nill Júnior, um caminhão de combustível explodiu essa manhã, na área do municipal de Sertânia, no Moxotó.

O acidente aconteceu na PE 365, na chegada ao município. O caminhão pertence a Cayo Jefferson, da rede de postos Petrovia Trevo, em Itapetim e São José do Egito .

O motorista, foi identificado como Elvandro Bernardes de Souza, 35 anos, natural de Afogados da Ingazeira. É conhecido em São José Egito por José Silva, o Rato, está sendo transferido pra Recife.

Segundo a jornalista Cecília Souza, da Sertânia FM, O estado de saúde dele é considerado moderado, com queimaduras e ferimentos pelo corpo. Porém segue consciente e sem maiores riscos.

Um vídeo nas redes sociais mostra pessoas tentando apagar o fogo com auxílio de um carro pipa. O fogo foi controlado pelo departamento de defesa Civil de Sertânia. O Corpo de Bombeiros esteve no local, mas as chamas já tinham sido controladas. A Guarda Municipal isolou o local até o resfriamento da caatinga atingida e para a proteção dos curiosos e transeuntes.

Após a explosão, a distância era possível ver a nuvem de fumaça. O episódio ocorreu na entrada para Sertânia, próximo ao Cruzeiro do “Gogo da Gata”, como é conhecido. A polícia civil investigará a ocorrência.