Arquivo da tag: Alyson Nascimento

Marcelo Queiroga, Eduardo Pazuello e Ernesto Araújo viram investigados da CPI; confira a lista

O relator da CPI da Pandemia, Renan Calheiros (MDB-AL), em entrevista coletiva nesta sexta-feira (18), divulgou a lista de autoridades que passarão da condição de testemunhas para investigados na comissão: o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, integra o rol de investigados.

Também passarão à condição de investigados os ex-ministros Eduardo Pazuello, da Saúde, e Ernesto Araújo, das Relações Exteriores; Fabio Wajngarten, ex-secretário de Comunicação; Mayra Pinheiro, secretária do Ministério da Saúde.

Completam a lista de investigados: Arthur Weintraub, Elcio Franco, Francieli Francinato, Nise Yamaguchi, Paulo Zanoto, Carlos Wizard, Hélio Angotti Neto, Marcellus Câmpelo e Luciano Azevedo.

Brasil goleia o Peru em noite de testes e embala 2ª vitória na Copa América

Mesmo com seis mudanças em relação ao jogo anterior, o Brasil dominou a seleção do Peru e goleou por 4 a 0 na segunda rodada da Copa América, hoje (17), no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro — o estado do gramado, aliás, foi uma preocupação do começo ao fim. Os gols foram marcados por Alex Sandro, Neymar, Everton Ribeiro e Richarlison.

Tite seguiu o rodízio que tem feito na seleção ao longo desta Copa América e contou com um desempenho tático eficiente da maioria dos jogadores que receberam chance, como o próprio Alex Sandro, autor do gol, e Fabinho. Outros, pelo contrário, destoaram, como Éverton Cebolinha e Gabigol, substituídos no intervalo. Apesar de tudo, o saldo foi positivo na noite desta quinta-feira.

Como o grupo é formado por cinco times, o Brasil folga na próxima rodada e só volta a jogar no dia 23, de novo no estádio Nilton Santos, contra a Colômbia. Será justamente o próximo adversário da seleção peruana neste domingo, em Goiânia.

Gabriel Jesus foi o melhor da seleção brasileira contra o Peru e nem precisou fazer gol —isso, claro, até Neymar se endiabrar nos minutos finais da partida, mostrando todo seu talento no campo ofensivo, criando, finalizando e armando. Agora, voltando a Gabriel Jesus: no primeiro ele deu a assistência para Alex Sandro e no segundo mostrou como seu trabalho tático é importante para o time ao abrir espaço para Fred e Neymar, que foi o autor do gol. Solidário e útil, teve mais uma noite para mostrar seu peso, versatilidade para jogar pelo lado e como centroavante e encaixe com as outras peças.

Serra Talhada proíbe fogueiras e fogos de artifício durante período junino

A prefeitura de Serra Talhada emitiu decreto nesta quarta-feira (16), com novas medidas para combater a proliferação da Covid-19 no município durante o período junino.

O decreto proíbe a comercialização ou distribuição de lenha destinada à construção de fogueiras juninas, e assemelhados, bem como a respectiva construção, montagem ou queima.

Além desta medida, a prefeitura proibiu também, a comercialização, distribuição, doação e utilização de fogos de artifício, e assemelhados.

O decreto considera a proximidade dos festejos juninos, período em que, tradicionalmente, se realiza a queima de fogueiras e fogos de artifício.

Considera ainda que a queima de fogueiras e fogos de artifício causa dispersão de fumaça, que é prejudicial à saúde e pode agravar os efeitos das síndromes respiratórias causadas pela Covid-19.

Santa Cruz da Baixa Verde também proíbe fogueiras e fogos de artifícios

Devido ao aumento dos casos da Covid-19 no Sertão do Pajeú, e a superlotação das unidades hospitalares, fez com que a Prefeitura de Santa Cruz da Baixa Verde instituísse o decreto nº 35 de 15 de junho de 2021.

No decreto fica proibido o acendimento de fogueiras e a queima de fogos de artifício, em locais públicos ou privados, em todo o território do município de Santa Cruz da Baixa Verde, no Sertão de Pernambuco.

O descumprimento do disposto neste decreto poderá acarretar a responsabilização dos infratores, nos termos da legislação existente, perante a via administrativa e judicial.

Segundo o prefeito Irlando Parabólicas, a ação tem sido tomada por quase todos os gestores municipais da região.

“Esse é um momento importante de agir em favor da vida. Os casos de Covid-19 no nosso Sertão vêm crescendo. Precisamos ter a consciência que a fumaça, segundo especialistas, pode desencadear doenças respiratórias e crises alérgicas. Outro fator importante que não ajuda em nada o combate da pandemia é a aglomeração em torno das fogueiras”, afirmou.

À noite de São João é uma das mais esperadas pelos nordestinos. Esse é o segundo ano que os festejos juninos não vão ocorrer devido a pandemia do novo coronavírus.

MPPE recomenda que manifestações do final de semana não ocorram para evitar aglomerações

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE), expediu recomendações para os grupos organizadores de manifestações marcadas para os dias 19 e 20 de junho, cancelarem os eventos, em respeito às normas sanitárias para prevenção de contágio devido à pandemia da Covid-19.

Pelos atos de sábado (19), foram notificados da Recomendação nº 02/2021 os integrantes das Frentes Povo sem Medo e Brasil Popular, da Rede Nacional de Médicas e Médicos Populares, do Partido dos Trabalhadores (PT), do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), da Central Única dos Trabalhadores (CUT), da União Nacional dos Estudantes (UNE) e da União dos Estudantes de Pernambuco (UEP), bem como as demais entidades sindicais e movimentos sociais que estão convocando a população, por meio das redes sociais, a participar de manifestação presencial no próximo 19 de junho, às 9h, com concentração na Praça do Derby.

Pelos atos de domingo (20), a Recomendação nº 03/2021 foi dirigida aos integrantes do Grupo Aliança por Pernambuco, bem como aos demais grupos ou movimentos que estão convidando para a motociata em 20 de junho, às 10h, com saída do Parque Dona Lindu, em Boa Viagem, em direção ao Centro de Convenções, em Olinda. Foi determinada a remessa de cópia da Recomendação nº 03/2021 ao Ministério Público Federal (MPF) para conhecimento e adoção das medidas cabíveis, diante da notícia da suposta participação do presidente da República na manifestação.

As recomendações ministeriais ressaltam a gravidade do momento e transcrevem números do estágio atual da pandemia do coronavírus em Pernambuco, com 3.622 casos da Covid-19 e 72 óbitos confirmados em 15 de junho de 2021, bem como taxa de ocupação dos leitos de UTI em 93%, segundo dados da Secretaria Estadual de Saúde.

A 34ª Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania, com atuação na Promoção da Saúde da Capital destaca ainda que, entre as medidas de enfrentamento admitidas pela Lei nº 13.979/2020 para prevenção ao Covid-19, estão previstos: o isolamento, a quarentena, o uso de máscaras em locais abertos e fechados, assim como a não aglomeração de pessoas. A decretação dessas medidas pelos estados e municípios deve ser imposta na dose necessária para evitar a propagação da pandemia, sempre com fundamento em evidência científica e em análise sobre informações estratégicas em saúde (art. 3º,§ 1º).

As recomendações reforçam que a adoção de tais medidas não se trata de faculdade, mas de poder-dever atribuído à Administração Pública, a ser concretizado na vida em sociedade em dosagem suficiente para evitar, segundo evidências científicas e análises estratégicas em saúde, o alastramento acelerado da doença, impedindo, assim, o colapso do sistema de saúde planejado para o atendimento médico dos infectados.

O MPPE ainda lembrou o teor do Decreto Estadual nº 50.846, de 11 de junho de 2021, que determina no art. 25: “Permanece vedada no Estado a realização de shows, festas, eventos sociais e corporativos de qualquer tipo, com ou sem comercialização de ingressos, em ambientes fechados ou abertos, públicos ou privados, inclusive em clubes sociais, hotéis, bares, restaurantes, faixa de areia e barracas de praia, independentemente do número de participantes”. Assim, não é permitida, pelo referido decreto, neste momento, a realização de manifestação presencial.

No Sertão, atividades e comércio liberados até às 18h, a partir da próxima segunda

Após três semanas seguidas de queda na demanda por leitos de UTI, o governo de Pernambuco anunciou, nesta quinta-feira (17), a flexibilização de atividades sociais e comerciais para as macrorregiões de saúde 1, 2 e 4, que englobam a Região Metropolitana do Recife (RMR), Zona da Mata, Agreste e parte do Sertão. A partir da próxima segunda-feira (21) o funcionamento de boa parte dos setores poderá se estender até às 22h durante a semana e até às 21h nos fins de semana e feriados, até o dia 4 de julho.

Já a macrorregião de saúde 3, que engloba as Gerências Regionais de Saúde com sedes em Arcoverde, Afogados da Ingazeira e Serra Talhada, seguirá um esquema diferenciado. Lá vigora, até este domingo (20), um esquema de quarentena mais rígido, com a liberação apenas de atividades essenciais. A partir de segunda, até o dia 27, as demais atividades poderão voltar a funcionar até às 18h, tanto nos dias de semana como aos sábados e domingos.

A secretária executiva de Desenvolvimento Econômico do Estado, Ana Paula Vilaça, detalhou o funcionamento de alguns serviços com esquema diferenciado. “As academias terão de fechar às 22h durante a semana, e às 18h nos finais de semana. Além disso, museus, teatros e cinemas poderão voltar a funcionar, com limite de 30% da capacidade. Já os eventos corporativos poderão ser realizados com até 50 pessoas”, informou. Caberá às prefeituras decidir como funcionará e será fiscalizado o comércio de praia.

De acordo com o secretário estadual de Turismo e Lazer, Rodrigo Novaes, a retomada do comércio de praia nos fins de semana será um fator importante para o período de férias de julho. “Vamos trabalhar junto às prefeituras dos municípios litorâneos para que o ordenamento e a aplicação dos protocolos sejam observados nessa nova fase”, apontou.

Contextualizando a decisão pela flexibilização, o secretário estadual de Saúde, André Longo, argumentou que, durante esta semana, tem caído o número de solicitações de leitos de terapia intensiva em todas as regiões. Durante a coletiva de imprensa também foi reforçado que o estado de Pernambuco possui a segunda menor taxa proporcional de morte por Covid-19 no país. “O principal impacto destes indicadores é sentido na rede de saúde. Hoje a fila de espera por leito de UTI está zerada de maneira consolidada, além da taxa de ocupação das UTIs que, pela primeira vez em quase quatro meses, está abaixo de 90%”, disse.

Repercussão
Segundo nota divulgada pela Associação dos Bares e Restaurantes em Pernambuco (Abrasel-PE), as medidas já eram ansiosamente aguardadas. “Essa era uma reivindicação antiga nossa. São duas horas que fazem muita diferença para o nosso setor que vem sofrendo muito. Praticamente, desde janeiro que a gente vem com essas restrições sérias. São mais de cinco meses e foi a fase mais dura da pandemia, com a maior velocidade de fechamento de empresas. O dano foi muito grande, mas, felizmente, agora com a queda nas taxas de ocupação de leitos e com o avanço da vacinação, a gente entra numa fase de retomada irreversível, esperamos”, alegou o presidente Abrasel -PE, André Luiz Araújo.

Já a Associação Pernambucana de Shopping Centers (Apesce), apesar de comemorar, lamentou que ainda persistam restrições aos malls. Segundo o presidente da Apesce, Paulo Carneiro, por os shoppings centers serem espaços com fluxo de pessoas controlado, estes deveriam contar com mais liberdade em relação à sua ocupação.

“Os números de pessoas internadas vêm caindo, o que é extremamente positivo, mas somente com a aceleração da vacinação haverá as condições ideais, não apenas para a ampliação de horário, mas sobretudo o funcionamento pleno, com maior capacidade. Temos condições de receber os clientes e fazer a orientação adequada. Os lojistas e seus 50 mil funcionários precisam trabalhar e gerar receitas dentro de um cenário de recuperação de todo esse tempo de dificuldades”, informou através de nota.

Governo de Pernambuco anuncia retomada parcial de academias, bares, restaurantes, praias, escolas, universidades e igrejas a partir de 21 de junho

Entre as mudanças divulgadas, estão a retomada parcial de academias, bares, restaurantes, praias, escolas, universidades, entre outros, inclusive nos finais de semana

A partir da próxima segunda-feira (21), Pernambuco passa a adotar novas medidas em relação à Covid-19. A principal mudança é a ampliação do horário do comércio e outros serviços, como bares, restaurantes, academias, atividades religiosas, clubes sociais, salões e shoppings. Esses estabelecimentos poderão funcionar até 22h nos dias de semana e até 21h nos finais de semana e feriados.

Também poderão funcionar cinemas, teatros e circos, com limite de 30% da capacidade, com horário até 22h nos dias de semana e até 21h nos finais de semana.

Os eventos de esportes coletivos também poderão ser retomados, sem público.

Os eventos corporativos também estarão liberados, com limite máximo de 50 pessoas. Outra flexibilização é em relação ao comércio das praias, que poderão abrir até as 22h nos dias de semana e até 21h nos finais de semana.

A exceção é a terceira macrorregião, que corresponde ao Sertão do Moxotó e ao Sertão do Pajeú, que estão em regime mais rígido até o próximo dia 27. Nessa área, os estabelecimentos poderão funcionar até 18h, tantos nos dias úteis quanto aos finais de semana.

“A gente parte para uma nova etapa, mas isso não significa relaxamento ou descuido”, disse a secretária executiva de Desenvolvimento Econômico do Estado, Ana Paula Vilaça.

Jornalistas são vítimas de ataques homofóbicos; MP abre investigação contra padre

Os repórteres da TV Globo Erick Rianelli e Pedro Figueiredo, que são casados, foram vítimas de ataques homofóbicos no último fim de semana. Um dos agressores está sendo investigado pelo MP.

Uma declaração de Erick para Pedro por ocasião do Dia dos Namorados do ano passado viralizou na data deste ano, a partir do último sábado (12).

“Pedro Figueiredo, nosso colega, repórter, meu amor, meu marido: eu te amo! Feliz Dia dos Namorados para a gente, para todos os casais apaixonados que estão nos assistindo, que todo mundo tenha um Dia dos Namorados maravilhoso”, disse Erick, ao vivo no Bom Dia Rio.

No mesmo jornal, outros repórteres também fizeram declarações para maridos, esposas e namoradas.

Quando ele acordar, eu vou mostrar esse recadinho para ele no Globoplay. Desejo um feliz Dia dos Namorados para ele, para todo mundo, para todos os casais que acompanham a gente aqui no Bom Dia Rio!”, declarou Fernanda Rouvenat.

“Deve ter um vinho, deve ter alguma coisa para a gente celebrar, mas não até muito tarde, porque amanhã tem plantão!”, brincou Lívia Torres.

Quando o vídeo de Erick voltou a circular, surgiram os ataques homofóbicos. Um foi de Alexandre Geleia, dono de uma lanchonete em Brasília.

Outro foi pelo padre Paulo Antônio Müller, da Paróquia de Tapurá (MT), durante o sermão da missa do último domingo (13).

A gente faz um namoro, não como a Globo apresentou essa semana. Dois viados. Desculpa, dois viados. Um repórter com um veadinho, chamado Pedrinho. ‘Prepara meu almoço, tô chegando, tô com saudade’. Ridículo! Que chamem a união de dois viados, duas lésbicas, como querem, mas não de casamento”, declarou.

Paulo Câmara anuncia que Pernambuco chegou a menor taxa de ocupação de UTIs públicas da covid-19 desde fevereiro

O governador Paulo Câmara anunciou em vídeo divulgado nas redes sociais do Governo do Estado, que nesta quinta-feira (17), a ocupação de leitos de UTI para o tratamento da Covid-19 reduziu ficou em 87%, após quase quatro meses registrando patamares mais elevados.

Ainda segundo o governador, as filas de espera por vagas de terapia intensiva acabaram.

Nesse período, intensificamos as medidas restritivas, reforçamos a vacinação e expandimos a rede de leitos de UTI, que é a maior do Norte, Nordeste e Centro-Oeste”, destacou Câmara. Ainda segundo Paulo Câmara, nesta quinta-feira, o estado anuncia avanço no Plano de Convivência com a Covid-19, “mas ainda precisamos manter todos os cuidados para evitarmos uma nova sobrecarga na rede pública de saúde”, lembrou o governador.

“Contamos com o apoio de toda a população, assim como dos prefeitos e prefeitas, para agilizarmos a imunização e vencermos essa pandemia”, pontuou Câmara.

Secretário-geral da CBF, Walter Feldman, é demitido por coronel Nunes, presidente interino

O presidente interino da CBF, coronel Nunes, demitiu na tarde desta quinta-feira o secretário-geral da entidade, Walter Feldman. O dirigente era o segundo na hierarquia da entidade. Feldman estava na CBF desde 2015, quando foi nomeado por Marco Polo del Nero, ex-presidente da CBF e banido do futebol por corrupção. A CBF não deu detalhes da decisão de demitir o cartola. Antes de ser afastado pelo Comitê de Ética do Futebol acusado de assédio sexual e moral por uma funcionária, Rogério Caboclo tentou demitir Feldman alegando falta de confiança. O diretor de mídia, Eduardo Zebini, assumirá o cargo de Feldman provisoriamente.

A reportagem apurou que a decisão de demitir Feldman foi tomada pelos vice-presidentes da entidade, em comum acordo. Marco Polo Del Nero foi consultado e não se opôs. Antes de entrar no futebol, Feldman teve uma carreira política. Ele foi o coordenador da campanha de Marina Silva na eleição de 2014 para a Presidência da República. Após a eleição, ele aceitou o convite de Del Nero, então presidente da Federação Paulista de Futebol, para trabalhar na entidade como secretário-geral. No ano seguinte, ele chegou na CBF quando Del Nero assumiu. A demissão de Feldman não foi a única na cúpula da entidade.

Semana passada, o diretor de Recursos Humanos, Marco Dalpozzo também foi desligado por coronel Nunes. Durante a crise instalada com a denúncia da funcionária que acusa Rogério Caboclo de assédio sexual e moral, Dalpozzo chegou a formalizar em uma carta seu pedido de demissão ao então presidente, agora afastado. Caboclo, no entanto, não levou o pedido à frente. Ao assumir a função, Nunes decidiu desligar o diretor. Ele deve demitir outros diretores nos próximos dias.

A assessoria de imprensa da entidade foi procurada, mas ainda não se manifestou.

Faustão deixa Globo, Leifert é substituto no domingo até estreia de Huck

O apresentador Tiago Leifert vai substituir Fausto Silva e assumir as tardes de domingo da TV Globo até a estreia do novo projeto em desenvolvimento com Luciano Huck.

Segundo comunicado enviado pela emissora na tarde desta quinta-feira (17), “por razões estratégicas e internas, a Globo tomou a decisão de antecipar a saída de Fausto Silva do programa, e juntos decidiram formalizar o distrato”.

Fausto Silva confirmou em janeiro que deixaria o “Domingão do Faustão” e a TV Globo no fim de 2021. Em nota na época, a emissora afirmou que Fausto decidiu “encerrar sua jornada à frente de programas semanais” neste último ano de seu contrato. Foram 32 anos comandando o programa.

Tiago já havia ocupado o lugar de Faustão no último domingo (13), após o apresentador ficar afastado da atração por causa de uma infecção urinária.

Bolsonaro muda de ideia e avalia acabar com abono PIS/Pasep para elevar Bolsa Família

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) pensa em extinguir o pagamento anual do abono salarial do PIS/Pasep para poder aumentar o valor médio do Bolsa Família de R$ 190 para R$ 300. Hoje o abono salarial é de até um salário-mínimo (atualmente, em R$ 1.100) pago uma vez por ano a 25 milhões de trabalhadores com carteira assinada e renda mensal de até dois salários mínimos.

Em setembro do ano passado, Bolsonaro havia dito que jamais tiraria dinheiro dos pobres para dar aos paupérrimos, em alusão aos estudos do governo para unificar os programas sociais. O corte do abono do PIS/Pasep significaria exatamente isso. A perda de popularidade e a necessidade de criar uma marca social contribuíram para que o presidente passasse a considerar a eliminação de um benefício para engordar outro.

Técnicos da equipe econômica do Ministério da Cidadania têm mostrado para Bolsonaro que a extinção do abono salarial garantiria pelo menos mais R$ 20 bilhões ao orçamento do Bolsa Família, atualmente em R$ 35 bilhões. Com R$ 55 bilhões, o governo conseguiria criar um novo programa social com valor médio do benefício de R$ 300, sem se preocupar com regras fiscais.

INEP anuncia que inscrições do Enem irão começar no dia 30 de junho

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) anunciou que as inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) poderão ser realizadas a partir do dia 30 de junho, com o prazo final no dia 14 de julho. Durante esse período, aqueles que desejarem tratamentos especializados durante as aplicações, também podem fazer as suas solicitações.

Para realizar a inscrição, o participante deverá informar o número do seu CPF e a sua data de nascimento, além de selecionar a modalidade que deseja realizar (impressa ou digital). As provas digitais serão exclusivas para quem já concluiu o ensino médio ou para aqueles que estão concluindo em 2021. Dessa forma, os participantes que desejarem fazer o exame como forma de autoavaliação deverão se inscrever para o Enem impresso.

As provas digitais e impressas do exame irão ser aplicadas simultaneamente nos dias 21 e 28 de novembro, diferentemente das edições anteriores, que tiveram os dois modelos de prova aplicados em datas diferentes. Além disso, as duas versões do exame terão as mesmas listas de questões, com itens iguais.

Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), todos os interessados em fazer o ENEM deverão se inscrever, independentemente de terem recebido a isenção da taxa de inscrição e/ou justificado a sua ausência na edição anterior das provas.

Atendimento especializado
Os participantes que necessitarem de atendimento especializado deverão informar, conforme preveem os editais do exame, as condições que motivaram a sua solicitação. Neste ano, a versão digital contará com novos recursos de acessibilidade para a aplicação das provas: os candidatos poderão realizar, por exemplo, uma prova ampliada, superampliada ou com contraste.

Também será permitido, caso seja necessário, que os inscritos usem materiais pessoais que o auxiliem na realização das provas no computador. Os dias de realização também contarão com tradutores-intérpretes de Língua Brasileira de Sinais (Libras), tempos adicionais e salas acessíveis, conforme prevê o edital da modalidade digital do Enem 2021.

Carnaíba proíbe fogueiras no período junino

O prefeito de Carnaíba, Anchieta Patriota, estabeleceu, através de novo decreto, a proibição do acendimento de fogueiras em locais públicos ou privados, na zona rural e urbana, do município durante o período junino.

O decreto considerou os avanços da pandemia da Covid-19, “notadamente na Região do Pajeú, com ocupação da quase totalidade dos leitos de UTI”.

Foi considerado também, “que, tradicionalmente, durante o período dos festejos juninos, a população utiliza-se da prática do acendimento de fogueiras, o que agrava a situação de saúde dos que possuem problemas respiratórios, em função da fumaça lançada no meio ambiente”. O decreto foi editado nesta terça-feira, 15 de junho de 2021 e entrou em vigor na data de sua publicação.

De acordo com o último boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde, nesta terça-feira (15), Carnaíba registrou nas últimas 24 horas, 12 novos casos positivos e 1 novo óbito. O município conta com 1.803 casos confirmados, 1.652 recuperados, 34 óbitos e 117 casos ativos da doença. O 34º óbito se trata de paciente do sexo feminino de 58 anos.

SJE: prefeitura antecipa feira livre e proíbe fogueiras

Em novo decreto emitido nesta quarta (16), a Prefeitura de São José do Egito antecipou a feira livre do sábado (19), para a sexta (18), também determinou a proibição do acendimento de fogueiras em toda zona urbana, distritos e povoados ao longo do mês de junho.

As restrições quanto à abertura dos segmentos comerciais no próximo fim de semana também seguem valendo.

Somente é permitido a abertura de postos de combustíveis, farmácias, e unidades de saúde. Fica autorizada a venda via entrega em domicílio desde que o estabelecimento comercial esteja de portas fechadas, sem acesso ao público e respeitando todas as normas sanitárias de segurança.

Continuam proibidas por prazo indeterminado, a realização de quaisquer atividades festivas e/ou esportivas no território do município de São José do Egito-PE, inclusive jogos e treinos de futebol, vaquejadas e bolões de vaquejada, como também a comercialização de bebida alcoólica.

Julgamento do Cacique Marquinhos no TSE é suspenso

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) suspendeu o julgamento do Recurso Especial Eleitoral (Processo nº 0600136-96.2020.6.17.0055) que trata da inelegibilidade do prefeito indígena eleito da cidade de Pesqueira (PE), Cacique Marquinhos Xucuru (Republicanos), que venceu as eleições municipais na cidade com 51% dos votos válidos.

O relator do caso no TSE, ministro Sérgio Banhos, votou contra o recurso apresentado pelo candidato.

Para ele, a condenação em 2ª instância do prefeito eleito Marquinhos Xucuru em 2015, acusado de envolvimento em um incêndio em uma residência em 2003 foi legítimo, mantendo a causa de inelegibilidade.

Mas o Processo foi retirado de julgamento porque o Ministro Edson Faquin apresentou um pedido de destaque.

Nesse caso o julgamento sai do meio eletrônico e vai para a sessão de vídeoconferência com o debate entre todos os ministros, defesa e Procuradoria Geral Eleitoral.

O processo ainda não tem previsão de quando entrará na pauta do TSE. Como o recesso forense se aproxima é provável que fique para o 2° semestre.

Restam os votos de Luís Roberto Barroso, Edson Fachin, Alexandre de Moraes, Luiz Felipe Salomão e Mauro Campbell.

Queiroga passa a ser investigado na CPI

O relator da CPI da Pandemia, senador Renan Calheiros (MDB-AL), informou nesta quarta-feira (16) à CNN que vai incluir o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, na lista que de autoridades que passarão da condição de testemunhas para investigados.

Os senadores do G7, grupo de oposição e de independentes que comanda a comissão, avaliam que Queiroga demonstrou diversas vezes não ter autonomia para conduzir a pasta e que, apesar do discurso, submete-se ao que consideram negacionismo do presidente. Procurado, o ministro não se manifestou.

A ideia é que o relator da CPI, Renan Calheiros, faça um despacho transformando-os automaticamente em investigados. Uma mudança em relação à estratégia anterior, de votar um requerimento que seria apresentado pelo senador Alessandro Vieira.

Também deverão ser apresentados os crimes pelos quais eles passarão a ser investigados, como os previstos nos artigos 132 do Código Penal (Perigo para a vida ou saúde de outrem), 268 (Infração de medida sanitária preventiva), 315 (Emprego irregular de verbas ou rendas públicas) e 319 (Prevaricação).  

Cidades do Amapá enfrentam 5º apagão em menos de um ano

Pouco antes das 16h desta quarta-feira (16), cidades do Amapá voltaram a registrar um apagão total, com a suspensão do fornecimento de energia elétrica. Ainda não há informações exatas sobre quantos municípios foram atingidos.

O Ministério de Minas e Energia (MME) confirmou que o apagão aconteceu às 16h05, com desligamento da carga atendida pela Subestação Macapá, administrada pela Linhas de Macapá Transmissora de Energia (LMTE).

A nota do ministério informou que “as causas do desligamento deverão ser identificadas no Relatório de Análise de Perturbação”.

Esse foi o 5º apagão total registrado no estado desde novembro de 2020, quando o estado ficou 4 dias totalmente “no escuro” e quase 20 dias com o fornecimento precário do produto . A energia foi restabelecida gradativamente após cerca de 30 minutos.

A Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA) informou que a falta de energia desta quarta-feira “foi provocada pela saída da Linha de Transmissão de 230 KV entre Jurupari e Laranjal do Jari”, no Sul do estado.

Além disso, a distribuidora de energia informou que “já acionou o Operador Nacional do Sistema e está aguardando recuperação deste trecho para recompor os sistemas de distribuição”.

Em nota, o ONS informou que avaliará as causas da ocorrência junto aos agentes envolvidos e, posteriormente, fará um Relatório de Análise da Perturbação (RAP).

Ministério da Saúde diz que vai receber 15 milhões de doses da vacina da Pfizer em julho

O Ministério da Saúde informou nesta quarta-feira (16) que vai receber, em julho, 15 milhões de doses da vacina da Pfizer contra a Covid-19. De acordo com a pasta, a previsão inicial era a de que 8 milhões de doses chegassem no próximo mês, mas, após conversas com a farmacêutica, o Brasil vai receber uma quantidade maior.

O anúncio ocorre dois dias após uma reunião entre executivos da farmacêutica e representantes do governo, entre eles o presidente Jair Bolsonaro. Acompanhado de ministros, Bolsonaro conversou por videoconferência com o presidente da farmacêutica para a América Latina, Carlos Murillo.

A Pfizer é a empresa que teve ofertas de venda de vacinas contra Covid-19 rejeitadas pelo governo desde o segundo semestre de 2020. O governo afirma que o laboratório estabelecia condições “draconianas” nos contratos. A principal queixa de Bolsonaro e do então ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, era a de que a Pfizer não se responsabiliza por eventuais efeitos colaterais da vacina.

Cronograma atual
O governo federal assinou dois contratos com a Pfizer, cada um para a compra de 100 milhões de doses. A projeção de entregas de vacinas Covid-19 do Ministério da Saúde, atualizada semanalmente, da última quarta-feira (9) previa o seguinte cronograma de entrega de doses da Pfizer até o final de 2021:

Primeiro contrato:

12 milhões de doses em junho de 2021;
8 milhões de doses em julho de 2021;
76 milhões de doses em agosto e setembro de 2021.

Segundo contrato:

100 milhões de doses no quarto trimestre de 2021.

As remessas entregues até esta segunda-feira foram distribuídas em lotes:

29 de abril: 1 milhão de doses
5 de maio: 628.290 mil doses
12 de maio: 628.290 mil doses
19 de maio: 629.460 mil doses
26 de maio: 629.460 mil doses

1º de junho: 936 mil doses
2 de junho: 936 mil doses
3 de junho: 527.670 mil doses
8 de junho: 526.500 mil doses
9 de junho: 936 mil doses
10 de junho: 936 mil doses

PRF realiza operação no Sertão com apoio de cães farejadores

A Polícia Rodoviária Federal (PRF), através do Grupo de Operações com Cães (GOC), realizou uma operação de combate ao crime, em Salgueiro, Cabrobó e Belém de São Francisco. Durante a operação, foram realizados procedimentos de fiscalização em 158 veículos e 139 pessoas, com buscas detalhadas em bagagens transportadas em veículos. Um homem que era procurado pelo crime de receptação foi detido em Cabrobó.

A iniciativa intitulada “Nasus”- ou nariz, em latim, em função do olfato aguçado dos cães – teve como foco coibir assaltos, tráfico de drogas e de armas nas rodovias que cortam esses municípios. A operação ocorreu entre os dias 7 a 14 de junho.

Durante a operação, foram realizados procedimentos de fiscalização em 158 veículos e 139 pessoas, com buscas detalhadas em bagagens transportadas em ônibus, carros, caminhões e na carroceria de automóveis, mas não foram encontrados ilícitos. O trabalho com os cães farejadores permite otimizar a busca por entorpecentes, tendo em vista que o olfato deles é 50 vezes superior ao dos seres humanos.

Em uma abordagem realizada na quarta-feira (9), na BR 428 em Cabrobó, os policiais abordaram um carro que era ocupado por um homem procurado pelo crime de receptação, a partir de um mandado expedido em julho do ano passado, pelo Tribunal de Justiça do Estado da Bahia. Ele foi detido e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil do município.